Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/18365
Title: Conhecimento sobre tuberculose e adesão às medidas profiláticas entre os indivíduos contatos em Recife-PE
Other Titles: Knowledge about tuberculosis and adherence to prophylactic measures among contacts in Recife / PE
Advisor: Schindler, Haiana Charifker
Members of the board: Santos, Ana Maria Aguiar dos
Cessse, Eduarda Ângela Pessoa
Schindler, Haiana Charifker
Authors: Teixeira, Amanda Queiroz
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil / Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A tuberculose, considerada um grave problema de saúde pública mundial, possui, no controle de contatos, uma ferramenta importante para a prevenção da doença e seu diagnóstico precoce. Apesar da efetividade do uso da Isoniazida no tratamento da Infecção Latente por Tuberculose, a não adesão dos contatos de TB às medidas profiláticas preconizadas pelo Programa Nacional do Controle da Tuberculose continua desafiadora. Neste estudo objetivou-se analisar o conhecimento sobre a TB e adesão dos contatos às medidas profiláticas no Distrito Sanitário II em Recife/PE. Foi realizado um estudo quantitativo, descritivo, tipo corte seccional, através da administração de questionários padronizados, aplicados pela pesquisadora a 140 contatos de casos índices de TB notificados pelas Equipes de Saúde da Família do Distrito Sanitário II, de janeiro a dezembro de 2015. Os dados foram analisados utilizando frequências simples e apresentados em tabelas. Dentre os entrevistados, 75,7 por cento eram do sexo feminino, 55 por cento pardo, com baixos níveis de escolaridade e renda familiar. Apesar de 84,3 por cento dos entrevistados acreditarem que a TB é grave, 48,6 por cento deles consideram que a transmissão se faz por compartilhamento de utensílios. Apenas 55 por cento foram convidados para serem examinados e 76 por cento referiram não saber que deveriam ir à consulta. Diante do que foi obtido, havendo a percepção e compreensão do indivíduo sobre o processo saúde-doença da tuberculose, acredita-se que ocorrerá maior participação e adesão às ações preventivas ou intervencionistas. A formação da consciência coletiva sobre tuberculose pode influenciar nos resultados e corroborar para a eliminação da doença. Nesse sentido, como proposta de intervenção, elaborou-se um fluxograma para captação e acompanhamento de contatos em unidades básicas de saúde (AU)
keywords: Tuberculose
Prevenção de Doenças
Busca de Comunicante
Adesão à Medicação
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Controle de Doenças Transmissíveis
Estratégia Saúde da Família
Planos e Programas de Saúde
DeCS: Tuberculose
prevenção & controle
Prevenção de Doenças
Busca de Comunicante
Adesão à Medicação
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Processo Saúde-Doença
Profilaxia Pré-Exposição
Profilaxia Pré-Exposição
Equipe de Assistência ao Paciente
Estratégia Saúde da Família
Planos e Programas de Saúde
Brasil
Epidemiologia
Issue Date: 2017
Date of defense: 2016-11-10
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Instituto Aggeu Magalhães
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IAM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Amanda Queiroz produto final revisado para confecção de capa.pdf1.68 MBAdobe PDF    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.