Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/18833
Title: Frequência de estruturas parasitárias em banheiros e salas aula de escolas públicas de Teresina, Piauí
Authors: Albano, Fellype Antonio Pinto
Santos, Jarrel Henrique Silva dos
Santos, Jéssica Pereira dos
Freire, Simone Mousinho
Affilliation: Universidade Estadual do Piauí. Teresina, PI, Brasil.
Universidade Estadual do Piauí, Teresina, PI, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escritório Técnico Regional Fiocruz. Teresina, PI, Brasil.
Universidade Estadual do Piauí, Teresina, PI, Brasil.
Abstract: No cenário atual, as infecções por helmintos e protozoários estão entre as mais frequentes, apresentando elevadas taxas de prevalência, sobretudo em localidades onde há grande fluxo de pessoas e precárias condições sanitárias. Com base nestas informações, propôs-se a realização de um levantamento das estruturas parasitárias mais frequentes em banheiros e salas de aula de escolas públicas na cidade de Teresina-PI. As coletas foram realizadas em 24 escolas públicas de Teresina, sendo 12 escolas estaduais e 12 municipais. A técnica de swab adaptada para superfícies foi utilizada para a verificação das estruturas parasitárias dos objetos em cada escola. Nas escolas municipais, foram analisadas 105 lâminas, das quais 22 (20,9%) apresentaram algum tipo de estrutura parasitária. Nas escolas da rede estadual de educação, foram analisadas 102 lâminas e, destas, 25 (24,5%) apresentaram positividade para algum tipo de estrutura parasitária. A maior frequência foi de ovos de Ascaris sp. (88,9%), seguidos de cisto de Balantidium sp. (5,6%), ovos de Enterobius sp. (2,8%) e ovos de Taenia sp. (1,9%). Foi encontrado um total de 107 parasitos nas estruturas escolares da rede pública de educação
Abstract: In the present scenario, infections by helminthes and protozoans are among the most frequent, presenting high rates of prevalence especially in locations where there is great flow of people associated with poor sanitary conditions. Based on this information, we proposed an investigation of the parasitic structures most frequently found in bathrooms and classrooms in public schools in the city of Teresina (PI, Brazil). The collection was carried out in 24 public schools in Teresina – 12 state schools and 12 municipal establishments. The swab technique, adapted for surfaces, was applied to verify the parasitic structures detected in each school. A total of 105 slides from the municipal schools were analyzed; of these, 22 slides (20.9%) presented some type of parasitic structure. For the state schools, 102 slides were analyzed, of which 25 (24.5%) tested positive for different types of parasite. Among these, the most frequently found were Ascaris sp. eggs (88.9%), followed by Balantidium sp. cysts (5.6%), Enterobius sp. (2.8%) eggs and Taenia sp. eggs (1.9%). In total, 107 parasites were identified in the school buildings of the public education network
Keywords: Schools
Infections
Parasites
keywords: Escolas
Infecções
Parasitos
DeCS: Parasitos
Issue Date: 2017
Citation: ALBANO, Fellype Antonio Pinto et al. Frequência de estruturas parasitárias em banheiros e salas aula de escolas públicas de Teresina, Piauí. Revista de Patologia Tropical, Goiania, v. 45, n. 2, p. 192-202. abr./jun. 2016.
DOI: 10.5216/rpt.v45i2.41776
ISSN: 1980-8178
Copyright: open access
Appears in Collections:PI - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Fellype_Albano_et_al_2016.pdf753.14 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.