Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/19123
Title: Micropropagação de Quimiotipos de Lippia Alba Mill. N. E. Br Produtores de Citral, Carvona e Linalol.
Authors: Tavares, E. S.
Leitão, Suzana Guimarães
Reinert, F.
Lage, C. L. S.
Affilliation: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Biologia. Centro de Ciências da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Faculdade de Farmácia. Centro de Ciências da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Biologia. Centro de Ciências da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Biofísica. Centro de Ciências da Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O trabalho descreve um protocolo de micropropagação de três quimiotipos de Lippia alba, produtores de citral, carvona e linalol como componentes majoritários do óleo essencial. A espécie é amplamente utilizada na medicina tradicional e de grande interesse econômico devido, dentre outros fatores, às propriedades dos componentes majoritários do óleo essencial. Segmentos nodais de ramos dos três quimiotipos, foram introduzidos in vitro. Foi utilizado o meio de cultura Murashigue e Skoog, suplementado com sacarose e vitaminas, e desprovido de hormônios (MS), com e sem adição de norbixina. As plantas obtidas foram subcultivadas com concentrações variadas de AIA (ácido indolacético) e cinetina. A adição de norbixina foi eficaz em diminuir a morte dos explantes por oxidação. Os hormônios testados não são necessários para a multiplicação dos três quimiotipos de L. alba in vitro. Este protocolo mais rápido e econômico não afetou a aclimatação das plantasmicropropagadas, a qual foi obtida com sucesso.
Abstract: This work describes a micropropagation protocol for three different chemotypes of Lippia alba, which essential oil’s major components are citral, carvone and linalol. L. alba is widely used in traditional medicine and among other characteristics, is of great economical interest for its essential oils. Nodal segments of three chemotypes, were cultured in vitro. Plants were grown in Murashigue and Skoog (MS) medium supplemented with sucrose and vitamins but not hormones, with and without norbixin. Plants obtained in this way were then subcultured to identify if the addition of IAA and kinetin optimized plant growth. The results showed that these hormones were not required to successfully culture and multiply the three chemotypes of L. alba in vitro. Addition of norbixin was efficient in decreasing plant tissue oxidation. This faster and more economical protocol did not affect ex vitro acclimation of plants that was also successful.
Keywords: Lippia Alba
Verbenaceae
Tissue Culture
Citral
Carvone
Linalool
keywords: Lippia Alba
Verbenaceae
Cultura de Tecidos
Citral
Carvona
Linalol
Issue Date: 2013
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Farmanguinhos. Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde.
Citation: TAVARES, E. S. et al. Micropropagação de Quimiotipos de Lippia Alba Mill. N. E. Br Produtores de Citral, Carvona e Linalol. Revista Fitos, [S.l.], v. 1, n. 01, p. 67-73, out. 2013.
ISSN: 2446-5028
Copyright: open access
Appears in Collections:Farmanguinhos - Revista Fitos - Volume 1 - Número 1

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4.pdf89.81 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.