Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/19127
Title: Produtos Naturais Ativos em Leishmaniose
Authors: Gilbert, Benjamin
Favoreto, Rita
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Fármacos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Uma variedade surpreendente de substâncias naturais inibe o crescimento experimental de parasitos do gênero Leishmania responsáveis pelas três principais formas da doença leishmaniose – a tegumentar, a muco-tegumentar e a visceral. Resultados obtidos com extratos de plantas, às vezes in vivo, mais freqüentemente in vitro, demonstram que a atividade pode ser encontrada numa extensa diversidade de familias, das quais se destacam, entre muitas outras, Crassulaceae (gênero Kalanchoe), Annonaceae (muitos gêneros). Piperaceae (especialmente o gênero Piper), Rutaceae (com destaque para o gênero Galipea) e Apocynaceae (gênero Peschiera entre outros). Classes químicas que se distinguem incluem alcalóides e chalconas que foram em alguns casos demonstradas agir diretamente sobre o parasito, enquanto outras classes que abrangem uma variedade de substâncias fenólicas, terpênicas, inclusive di- e triterpenóides, e polissacarídeos, agem, ou parecem agir, sobre o macrófago, célula hospedeira do parasito, estimulando-o a produzir óxido nítrico, mediadores como TNFa e INFs ou outros fatores da reação imunológica letais à Leishmania sem ser prejudiciais ao próprio macrófago. Os resultados, às vezes, confirmam usos tradicionais das plantas e, em conjunto, formam uma base sólida para o desenvolvimento de novos medicamentos para este grupo de doenças.
Abstract: A surprising variety of natural substances inhibit the experimental growth of Leishmania parasites, which are responsible for the three main forms of the disease leishmaniasis – cutaneous, muco-cutaneous and visceral. Results obtained with plant extracts, sometimes in vivo, although more frequently in vitro, demonstrate that the activity can be found in a wide variety of botanical families. Notable examples include Crassulaceae (genus Kalanchoe), Annonaceae (many genera). Piperaceae (especially Piper spp), Rutaceae (notably the genus Galipea) and Apocynaceae (genus Peschiera among others). Chemical classes that are important include alkaloids and chalcones that act directly on the parasite, while other classes embrace a variety of substances - phenolics, terpenoids, including di- and triterpenoids, and polysaccharides, whose action is often on the macrophage, host cell to the parasite, stimulating it to produce nitric oxide, mediators such as TNFa and INFs or other factors of the immune system lethal to Leishmania without being harmful to the macrophage itself. The results obtained sometimes confirm traditional uses of the plants and together form a solid basis for the development of new drugs to treat this group of diseases.
Keywords: Phytotherapy
Leishmania
Nitric Oxide
Immune System
keywords: Fitoterápicos
Leishmania
Óxido Nítrico
Fatores Imunológicos
Issue Date: 2005
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Farmanguinhos. Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde.
Citation: GILBERT, Benjamin; FAVORETO, Rita. Produtos Naturais Ativos em Leishmaniose. Revista Fitos, v. 1, n. 01, p. 43-51, jan. 2005.
ISSN: 2446-5024
Copyright: open access
Appears in Collections:Farmanguinhos - Revista Fitos - Volume 1 - Número 1

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
8.pdf120.82 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.