Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/21125
Title: Sistema Nacional de Inovação em Saúde: um estudo dos movimentos governamentais recentes na área de fitoterápicos
Authors: Mattos, Aline Estacio Ribeiro de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Fármacos. Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Desde 2006 algumas políticas, visando a melhoria do setor saúde, passaram a incentivar a produção e a inovação em fitoterápicos. O objetivo deste trabalho é fazer um estudo descritivo dos movimentos governamentais recentes, a partir de 2006, para a inserção dos fitoterápicos no Sistema Nacional de Inovação em Saúde. Os fitoterápicos possuem potencial a ser explorado no desenvolvimento de pesquisas, resultando em novas tecnologias, produtos e serviços terapêuticos, a partir da inovação e políticas voltadas para o setor. Para tanto, foram feitas pesquisas bibliográficas e documentais, organização de dados utilizando a categoria cronológica de dados e fatos e conversas informais com colaboradores do Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde-NGBS. Como resultadodeste estudo observou-se que o desenvolvimento de políticas e programas, que articulam o conhecimento popular com o científico, tem sido alvo de interesse do governo que, ao longo dos anos, vem investindo em portarias e programas relacionados a plantas medicinais e fitoterápicos para o Sistema Único de Saúde-SUS. Esses medicamentos representam uma forma de tratamento de baixo custo. No entanto, a fitoterapia requer um custo inicial de implantação e, ainda, existem alguns desafios na produção de fitoterápicos levando em conta o uso da biodiversidade na produção de medicamentos.
Abstract: Since 2006 some policies aimed at improving the health sector, began to encourage the production and innovation in herbal medicines. The objective of this work is to make a descriptive analysis of recent government moves from 2006, for the inclusion of herbal medicines in the National Innovation System in Health. Herbal have the potential to be exploited in the development of research resulting in new technologies, products and therapeutic services, based on innovation and policies for the sector. Therefore, they made bibliographic and documentary research, data organization using the chronological category of informal data and facts and conversations with Management Core Employees Biodiversity and Health (NGBS). The results of this study it was observed that the development of policies and programs that articulate popular knowledge with the scientific has been government's interest to target, over the years, has been investing in ordinances and programs related to medicinal plants and herbal medicines for Unified Health system (SUS). These drugs represent a low-cost way of treatment. However, the herbal medicine requires an initial cost of implementation and there are still some challenges in the production of herbal washing into account the use of biodiversity in the production of medicines.
Keywords: Innovation
phytotherapy
National Innovation System
keywords: Inovação
Fitoterápicos
Sistema Nacional de Inovação
Issue Date: 2017
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz. Farmanguinhos. Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde.
Citation: MATTOS, Aline Estácio Ribeiro de. Sistema Nacional de Inovação em Saúde: um estudo dos movimentos governamentais recentes na área de fitoterápicos.Revista Fitos, [S.l.], v. 11, n. 1, p. 99-104, set. 2017.
DOI: 10.5935/2446-4775.20170020
ISSN: 2446-4784
Copyright: open access
Appears in Collections:Farmanguinhos - Revista Fitos - Volume 11 - Número 1 - Suplemento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
aline_estacio_ribeiro.pdf236.97 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.