Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/2294
Title: Análise espacial e temporal da dengue no contexto sócio-ambiental do município do Rio de Janeiro, 1996 - 2006
Other Titles: Examine the spatial and temporal distribuition of dengue in city Rio de Janeiro
Advisor: Cruz, Oswaldo Gonçalves
Members of the board: Medronho, Roberto de Andrade
santos, Reinaldo Souza dos
Cruz, Oswaldo Gonçalves
Authors: Teixeira, Tatiana Rodrigues de Araujo
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este estudo seguiu desenho ecológico analítico e teve por objetivo analisar a distribuição espacial e temporal da dengue no município do Rio de Janeiro, investigando possíveis associações entre a incidência de dengue e os níveis médios de exposição a variáveis ambientais, sócio demográficas e à infestação pelo vetor. A dengue é uma doença reemergente, e constitui hoje a mais importante doença viral humana transmitida por mosquito. No Brasil, o vetor encontrou, desde sua reintrodução em 1976, condições muito favoráveis à sua dispersão, como o acelerado processo de urbanização e de crescimento populacional, aliados à ineficiência dos programas de controle do vetor. Ocorreram sete epidemias de dengue no município do Rio de Janeiro: 1986/1987, 1990/1991, 1995, 1998, 2001/2002, 2006e 2007/2008. Neste estudo, elaborou-se a série temporal e analisou-se a distribuição espacial do agravo no município, no período de 1996 a 2006. O universo amostral foi representado pelos casos de dengue notificados e residentes no município do Rio de Janeiro durante o período citado, dados secundários compilados através do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Utilizou-se o indicador taxa de incidência por 100.000 habitantes. Foram exploradas as seguintes variáveis: Índice Pluviométrico, Índice de Breteau (para Aedes aegyptie Aedes albopictus), Índice de Gini, e o indicador sintético IDS (Índice de Desenvolvimento Social). Foram criados mapas temáticos, com a utilização do estimador de intensidade Kernel para alisamento espacial. Foi mensurada a auto correlação espacial da dengue entre bairros vizinhos, por meio dos Índices Global e Local de Moran. Na etapa de modelagem espacial, foram utilizados o modelo linear generalizado de família gaussiana e o modelo espacial global CAR (Conditional Auto Regressive). Foi encontrada auto correlação espacial positiva pelo Moran Global, e identificados alguns clusters através da análise gráfica do Moran Local. O modelo GLM final apresentou associação direta entre a incidência de dengue e: a pluviosidade; o time-lag de um mês para pluviosidade; o Índice de Gini e o IB para Aedes albopictus; e associação inversa com o IB para Aedes aegypti. Foi encontrada ainda associação direta para os meses fevereiro, março, abril e maio; e inversa para outubro e novembro. Nos modelos CAR, realizados para cada mês isoladamente, foram encontradas associações diretas com a pluviosidade nos meses de janeiro, março, maio e junho; com o time-lag de chuva no mês de julho, e com o Índice de Gini no mês de fevereiro.
Abstract: This study is an ecological analysis design, aimed to examine the spatial and temporal distribution of dengue in Rio de Janeiro, in order to investigating possible associations between the incidence of dengue and the average levels of exposure to evironmental nde socio-demographic variables, and infestation by vecto. Dengue is a reemerging disease, ande nowadays is the most important human viral disease transmitted by mosquito. In Brazil, the vector hs found, since its reintroduction in 1976, fvorable conditions to their dispersion, ande the accelerated process of urbanization and population growth combined with the inefficiency of the vector-control programs. There were seven outbreaks of dengue in Rio de Janeiro: 1986/1987, 1990/1991, 1995, 1998, 2001/2002, 2006 and 2007/2008. In this study, was created a time series and was analyzed the spatial distribution of disease in the city, during the period 1996 to 2006. The samples was represented by reported neighborhood. the data was obtained from SINAN (National Surveillance System). We created an indicator of the incidence rate per 100.000 in habitants. The following variables were employed: rain index, Breteau index (for Aedes aegypti and Aedes albopictus), Gini index, ande IDS, synthetic indicator for social developmente. Thematic maps were built, using the Kernel estimator of intensity for spatial smoothing. The spatial autocorrelation of dengue between neighbors was calculated by the global and the locl Morn Index. For modeling, we used the generalized linear model and the spatial model CAR (Conditionl Auto Regressive). It was found positive spatial autocorretion bya Moran Global, and some clusters were identified by graphical analysis of the Local Morn. The final GLM model pointed out direct association between the incidence of dengue and rainfall; the time-lag of a month for rainfall; the Gini index for Aedes aegypt IB. Direct association was observed also for the months February, March, April and May, and inverse association for Octuber and November. CAR spatial models were conducted separately for each month. We found direct association with the rainfall in January, March, May and June; with the time-lag of rainfall in July, and with the Gini index in February.
Keywords: Dengue
Epidemiologia
Análise Espacial
Contexto Sócio-ambiental
Keywords: Dengue
Epidemiology
Spatial analysis
Socio-evironmental context
keywords: Dengue/epidemiologia
Meio Ambiente
Conglomerados Espaço-Temporais
DeCS: Dengue/epidemiologia
Meio Ambiente
Fatores Epidemiológicos
Distribuição Temporal
Conglomerados Espaço-Temporais
Issue Date: 2009
Citation: Rio de Janeiro s.n 2009 129p
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENSP_Dissertação_Teixeira_Tatiana_Rodrigues_de_Araujo.pdf2.57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.