Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/22949
Title: Diversidade morfológica e genética de Rhipicephalus sanguineus (Latreille, 1806) em diferentes regiões do Brasil
Advisor: Gazêta, Gilberto Salles
Members of the board: Amorim, Marinete
Valim, Michel Paiva
Senra, Marcus Vinicius Xavier
Authors: Caetano, Rebecca Leal
Coadvisor: Voloch, Carolina Moreira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Dentro do gênero Rhipicephalus há o chamado complexo sanguineus formado por várias espécies presentes apenas no Velho Mundo, dais quais apenas Rhipicephalus sanguineus é considerada de ocorrência no Novo Mundo. Como as espécies desse complexo apresentam grande similaridade morfológica é possível que mais de uma espécie desse complexo esteja ocorrendo nas Américas. Rhipicephalus sanguineus é um parasito natural de cães que eventualmente pode parasitar outros hospedeiros, entre eles o homem, atuando como vetor potencial do bioagente causador da Febre Maculosa Brasileira, doença humana transmitida por carrapatos mais importante no Brasil. A maioria dos casos de Febre Maculosa Brasileira ocorre nas regiões Sul e Sudeste do país, com os óbitos concentrando-se na região Sudeste. A variabilidade genética nos ixodídeos pode influenciar sua habilidade em transmitir diferentes espécies ou linhagens de patógenos. Dessa forma, populações geneticamente distintas podem ter capacidades vetoriais diferentes. O objetivo desse trabalho é analisar a diversidade morfológica e genética de Rhipicephalus sanguineus em diferentes regiões do Brasil.
Abstract: Within the genus Rhipicephalus there is the so called sanguineus complex formed by several species presented only in the Old World, of which only Rhipicephalus sanguineus is considered to occur in the New World. As the species of this complex have great morphological similarity is possible that more than one species of this complex is occurring in the Americas. Rhipicephalus sanguineus is a natural parasite of dogs that may eventually parasitize other hosts, including humans, acting as a potencial vector of bioagent that causes Brazilian Spotted Fever, the most important human tick-borne disease in Brazil. Most cases of Brazilian Spotted Fever occurs in the South and Southeast of the country, with deaths concentrated in the Southeast region. Genetic variability in ticks can influence their ability to transmit different species or strains of pathogens. Thus, genetically distinct populations may have different vector capabilities. The objective of this project is to analyze the morphological and genetic diversity of Rhipicephalus sanguineus in different regions of Brazil.
Keywords: Ixodidae
Tick
Pathogen
Morphology
keywords: Ixodidae
Carrapatos
Noxas
Filogenia
DeCS: Ixodidae
Carrapatos
Noxas
Filogenia
Issue Date: 2016
Citation: CAETANO, Rebecca Leal. Diversidade morfológica e genética de Rhipicephalus sanguineus (LATREILLE, 1806) em diferentes regiões do Brasil. 2016. 106f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de janeiro, RJ, 2016.
Date of defense: 2016
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biodiversidade e Saúde
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Saúde
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IOC - PGBS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rebecca_caetano_ioc_dout_2016.pdf8.63 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.