Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23189
Title: Sistema de Informações Hospitalares Fonte Complementar na Vigilância e Monitoramento das Doenças de Transmissão Vetorial
Other Titles: Hospital Information System - Complementary Source for Surveillance and Monitoring of Vector - Borne Diseases
Authors: Mendes, Antônio da Cruz Gouveia
Albuquerque, Paulette Cavalcanti de
Lessa, Fábio Delgado
Maciel Filho, Rômulo
Farias, Sidney Feitosa
Montenegro, Tadzia Oliveira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Ageu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Ageu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Ageu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Ageu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Ageu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva. Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Ageu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva. Recife, PE, Brasil.
Abstract: Este trabalho teve como objeto explorar as potencialidades do Sistema de Informações Hospitalares - SIH/SUS na vigilância epidemiológica e monitoramento de doenças de transmissão vetorial (dengue, leishmaniose e febre amarela). Foram utilizados dados de internações do SIH, do período de 1984 a 1998, e de notificação de casos do Centro Nacional de Epidemiologia-CENEPI, do período de 1980 a 1997. Os dados demonstram que houve ressurgimento da dengue em 1982, registrando-se até 1997 poucas internações, quando se elevou a freqüência dos internamentos nas Regiões Sudeste, Nordeste e Norte, indicando ocorrência de formas mais graves da doença. Já para a febre amarela, há incoerência entre os aspectos clínicos da doença e o grande número de internações registradas, sugerindo erro sistemático na informação hospitalar. Para a leishmaniose, observa-se coerência entre os dados do SIH e CENEPI, seguindo o caráter cíclico descrito para a doença. De forma geral, o SIH demonstrou qualidade como fonte complementar de informações na vigilância da dengue hemorrágica e leishmaniose, e apresentou problemas no monitoramento da febre amarela, sugerindo ajustes ao sistema.
Abstract: The objective of this paper was to explore the potentialities of the Hospital Information System - SIH/SUS for epidemiologic surveillance and monitoring of vector-borne diseases (dengue, leishmaniasis, and yellow fever). Hospital admittance data from the SIH, during the period from 1984 to 1998, and from the case reporting system of the National Center of Epidemiology – CENEPI, during the period from 1980 to 1997 were used. The data demonstrate that there was resurgence of dengue in 1982, with small amount of hospital admittances up to 1997. In the latter year the frequency of admittances increased, mainly in the Southeast, Northeast and North regions, indicating the occurrence of severe dengue cases. Already for yellow fever, incoherence between the clinical aspects of the disease and the large number of admittances reported was observed, suggesting systematic errors in the hospital information system. For leishmaniasis, coherence was observed between SIH and CENEPI data, which showed the recurrent character described for this disease. In a general way, SIH demonstrated quality as a complementary source of information for surveillance of hemorrhagic dengue and leishmaniasis however, problems were detected for monitoring yellow fever, suggesting the need for system adjustments.
Keywords: Hospital Information Systems
Vector-Borne Diseases
Epidemiologic Surveillance
Monitoring
keywords: Sistemas de Informações Hospitalares
Doenças de Transmissão Vetorial
Vigilância Epidemiológica
Monitoramento
Issue Date: 2000
Publisher: Centro Nacional de Epidemiologia, Fundação Nacional de Saúde, Ministério da Saúde
Citation: MENDES, Antônio da Cruz Gouveia etal. Sistema de Informações Hospitalares Fonte Complementar na Vigilância e Monitoramento das Doenças de Transmissão Vetorial. Informe Epidemiológico do SUS. v. 9, n.2, 2017.
ISSN: 0104-1673
Copyright: open access
Appears in Collections:IAM - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Antônio_Mendes_etal_IAM_2000.pdf70.76 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.