Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23377
Title: À deriva: juventude e masculinidades
Other Titles: Adrift: youth and masculinity
Advisor: Najar, Alberto Lopes
Authors: Matos, Maíra de Mello Cabral e
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A presente dissertação aborda a questão da juventude na atualidade e o que seconvencionou chamar de masculinidades. Compreende-se as masculinidades não como algofixo, ou processo, mas como algo fluído, objeto de estudo de nosso tempo, e por isso, transformado em conceito. A fim de compreender essa problemática, esta pesquisa visa investigar os diferentes modos e concepções dos jovens, hoje, em relação ao ser jovem, àsexualidade, às questões de gênero, de corpo, e à saúde. Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo, de caráter etnográfico, e uma pesquisa de cunho bibliográfico. Procedemos,primeiramente, uma investigação teórica acerca das possíveis imbricações entre juventude, masculinidades e saúde, percorrendo tanto autores que problematizaram o conceito de juventude, como os estudos de sexualidade, de inspiração foucaultiana e ainda novas pesquisas no campo damasculinidade e da saúde. Em seguida, descrevemos e analisamos nossa pesquisa de campo, realizada em uma escola de ensino médio, e dividida em dois momentos: um primeiro em queforam realizadas 30 entrevistas individuais com jovens de 14 a 21 anos, e um segundo em foram discutidas cenas pré-selecionadas de filmes sobre o tema da pesquisa, em dois pequenos grupos. Para finalizar, fizemos uma síntese entre os autores investigados e o material etnográfico, na tentativa de refletir sobre as possibilidades presentes para os jovens no contexto contemporâneo, e as do grupo estudado. A pesquisa se propõe como meio através do qual pretendemos pensar e destacar, no contemporâneo, os movimentos e as inércias presentes na juventude, no que tange à sexualidade e às masculinidades, e como estes se relacionam com a saúde e com o projeto biopolítico.
Abstract: This dissertation addresses the question of youth today and what has been called "masculinity." It is understood masculinity not as something fixed, or process, but as something fluid, the object of study of our time, and therefore transformed into the concept. To understand this problem, this research aims to investigate the different ways and ideas of young people today about young, sexuality, gender issues, body, and health. We carried out a search field, ethnographic, and a bibliographical study. We proceed, first, a theoretical investigation of the possible interplay between youth, masculinity and health, covering both authors that problematized the concept of youth, as studies of sexuality, Foucault-inspired and still further research in the field of masculinity and health. Then, we describe and analyze our field research, conducted in a high school, and divided into two phases: the first one in which individual interviews were conducted with 30 young people aged 14 to 21 years, and a second scenes were discussed in pre -selected films on the theme of the research in two small groups. Finally, we made a synthesis of the research authors and ethnographic material in an attempt to reflect on the present possibilities for young people in the contemporary context, and the group studied. The research is intended as a means through which we intend to think and to highlight, in contemporary movements and inertia present in youth, when it comes to sexuality and masculinity, and how they relate to health and the biopolitical project.
Keywords: Youth
Masculinity
Sexuality
Health
Biopolitics
keywords: Juventude
Masculinidades
Sexualidade
Saúde
Biopolítica
DeCS: Adolescente
Sexualidade/psicologia
Gênero e Saúde
Estética
Issue Date: 2011
Citation: MATOS, Maíra de Mello Cabral e. À deriva: juventude e masculinidades. 2011. 164 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2011.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1010.pdf940.09 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.