Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23663
Title: Caracterização Molecular da Deficiência de Fator VIII em Pacientes hemofílicos de Minas Gerais
Advisor: Oliveira, Guilherme Corrêa
Members of the board: Rezende, Suely Meireles
Carvalho, Maria das Graças
Fernandes, Ana Paula Salles Moura
Oliveira, Edward José de
Brito, Cristiana Ferreira Alves de
Authors: Pio, Simone Ferreira
Coadvisor: Rezende, Suely Meireles
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Rene Rachou. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Abstract: Hemofilia A, uma doença hemorrágica ligada ao cromossomo X, é causada pela deficiência ou disfunção do fator VIII da coagulação (FVIII). A doença resulta de alterações genéticas no gene do fator VIII (F8). Clinicamente, a hemofilia A é caracterizada por hemorragias em diferentes partes do corpo e o tratamento recomendado é a reposição do fator FVIII deficiente. O desenvolvimento de anticorpos inbidores para o FVIII é a principal complicação do tratamento. Estes anticorpos neutralizam a atividade do FVIII e, portanto invalidam a terapia. Os riscos para o desenvolvimento destes anticorpos são multifatoriais e envolvem fatores genéticos e ambientais. O objetivo deste estudo foi determinar as bases moleculares da hemofilia A grave e sua correlação com o desenvolvimento de inibidores em associação com o perfil sorológico par doenças virais. As análises moleculares consistiram da determinação da inversão do íntron 1 e do íntron 22 (inv1 e inv 22), além da determinação de outras alterações genéticas presentes na região codificadora de F8. Inicialmente, 150 pacientes, com hemofilia A grave (níveis de atividade de fator VIII inferior a 1%) registrados no Hemominas, foram selecionados para este estudo. Nós caracterizamos 50 pacientes, dos quais, 8 tinham inv1, 29 tinham inv22 e os pacientes restantes apresentaram mutações sem sentido, mutações de sentido trocado e mutações de mudança de fase de leitura. Posteriormente, um grupo de 40 pacientes, registrados no hemocentro de Campinas e com diagnóstico molecular (32 tinham inv 22 e os pacientes restantes apresentaram mutações sem sentido, mutações de sentido trocado e mutações de mudança de fase de leitura) foram arrolados em nosso estudo. Informações a cerca de inibidores e perfil sorológico de 90 pacientes foram coletadas a partir de prontuários médicos. Dados moleculares e clínicos foram comparados por meio de análises estatísticas. As análises estatísticas não revelaram uma correlação positiva entre as diferentes categorias de mutação e a presença/ausência de inibidores sob influência do perfil sorológico.
Abstract: Hemophilia A, an X-linked bleeding disorder, is caused by the deficiency or dysfunction of coagulation factor VIII (FVIII). The disease results from genetic alterations in the factor VIII gene (F8). Clinically, the HA is characterized by bleeding in various part of the body and the recommended treatment is the replacement of deficient FVIII. The development of inhibitory antibodies to the FVIII is the greatest complication in the management of hemophilia A. These antibodies neutralize the activity of FVIII and therefore invalidate the therapy. The risks for development these antibodies are multifactorial and involve genetic and environmental factors. The aim of this study was to determine the molecular basis of severe hemophilia A and its correlation with the development of inhibitors in association with the serological profile for viral diseases. The molecular analysis consisted of determining the intron 1 and 22 inversions (inv1 and inv22) and other genetic alterations present in F8 coding region by sequencing. Initially, 150 patients with severe HA (factor VIII activity levels below 1%) registered in Hemominas treatment center were selected for this study. We characterized 50 patients, in whom 8 had inv1 and 29 had inv22. The remaining patients presented nonsense, missense and frameshift mutations. Later, a group of 40 patients, registered in Unicamp treatment Center and with molecular diagnosis (32 had inv22 and the remaining patients present nonsense, missense and frameshift mutations) were enrolled in our study. Information about inhibitors and serological profile of 90 patients were collected from medical records. Molecular and clinical date was compared using statistical analysis. Statistical analysis did not reveal a positive correlation between the different categories of mutation and the presence / absence of inhibitors under the influence of the serologic profile.
keywords: Hemofilia A
Fator VIII
Íntrons
Genética
Issue Date: 2010
Citation: PIO, Simone Ferreira. Caracterização Molecular da deficiência de Fator VIII em pacientes hemofílicos de Minas Gerais. 2010. 153 f. Tese (Doutorado em Biologia Celular e Molecular)-Centro de Pesquisas René Rachou, Fundação Oswaldo Cruz, Belo Horizonte, 2010.
Date of defense: 2010
Place of defense: Belo Horizonte/MG
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:MG - IRR - PPGCS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Simone Ferreira Pio.pdf3.57 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.