Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23753
Title: Identificação de mecanismos de resistência antimicrobiana de bactérias Gram negativas prevalentes em superfícies e hemoculturas de unidades de terapia intensiva em Caruaru-PE
Other Titles: Identification of mechanisms of antimicrobial resistance of Gram negative bacteria prevalent on surfaces and blood cultures of intensive care units in Caruaru-PE
Advisor: Leal, Nilma Cintra
Members of the board: Leal, Nilma Cintra
Cavalcanti, Milena de Paiva
Morais, Márcia Maria Camargo de
Authors: Rocha, Igor Vasconcelos
Coadvisor: Xavier, Danilo Elias
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: As Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) são responsáveis por milhares de mortes em todo o mundo. No Brasil, este problema cresce ao longo dos anos, apresentando altos índices de morbidade e mortalidade. Em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), a presença de bactérias em superfícies inanimadas compreende um importante problema de saúde pública, possibilitando a colonização e infecção de pacientes e favorecendo surtos de IRAS, sobretudo quando causadas por microrganismos resistentes aos antimicrobianos utilizados na prática clínica. O objetivo do estudo foi identificar os mecanismos de resistência antimicrobiana de bactérias Gram negativas isoladas de superfícies de ambiente hospitalar e hemoculturas, e sua relação com isolados associados a infecções à assistência à saúde. A identificação dos isolados foi feita por espectrometria de massas do tipo MALDI-TOF e o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos foi determinado pela técnica de microdiluição em caldo. Os principais genes de resistência aos antimicrobianos foram identificados por PCR e pelo sequenciamento de DNA em larga escala, seguido pela comparação com bancos de dados disponíveis on-line. Os genes pesquisados incluíram blaOXA-23, -24, -51, -58 e -143-like, blaVIM-1, blaSPM-1, blaNDM-1, blaIMP-1, blaPER-1, blaKPC, blaBKC, mcr-1 e o elemento de inserção ISAba1. A relação genética entre os isolados foi estabelecida pela técnica de PFGE e MLST. Foram recuperados 70 isolados, dos quais 11 (15,7%) foram provenientes de hemoculturas e 59 (84,2%) provenientes das superfícies hospitalares distribuídas entre os leitos avaliados. As espécies bacterianas Gram negativas mais isoladas foram Acinetobacter baumannii e Klebsiella pneumoniae. Ambas as espécies apresentaram elevada resistência a antibióticos empregados na rotina clínica. Foram detectados genes de resistência aos β-lactâmicos, aminoglicosídeos, fluoroquinolonas, macrolídeos, fenicóis, sulfonamidas e trimetoprim dentre os isolados. A avaliação da relação clonal evidenciou a presença de pelo menos três clones entre os isolados de A. baumannii e cinco entre os isolados de K. pneumoniae. A presença das características de multirresistência e a ampla variedade de genes de resistência aos antimicrobianos encontrados em isolados provenientes de superfícies hospitalares reforça a importância que o ambiente desempenha como reservatório de microrganismos clinicamente relevantes.
Abstract: Health Care Associated Infections (HAI) are responsible for thousands of deaths worldwide. In Brazil, this problem has increased over the years, presenting high rates of morbidity and mortality. In Intensive Care Units (ICUs), the presence of bacteria on inanimate surfaces comprises an important public health problem, allowing the colonization and infection of patients and favoring HAI outbreaks, especially when caused by antimicrobial resistant microorganisms used in clinical practice. The objective of this study was to identify mechanisms of antimicrobial resistance of Gram negative bacteria isolated from hospital environment surfaces and its relation with isolates associated with health care infections. Isolates were identified by MALDI-TOF and the antimicrobial susceptibility profile was determinated by broth microdilution. The antimicrobial resistance genes were identified by PCR and by large-scale DNA sequencing, followed by comparison with databases available online. The genes studied included blaOXA-23, -24, -51, -58 and -143-like, blaVIM-1, blaSPM-1, blaNDM-1, blaIMP-1, blaPER-1, blaKPC, blaBKC, mcr-1 and the insertion sequence ISAba1. Genetic relationship between isolates was established by PFGE and MLST technique. Seventy isolates were recovered, of which 11 (15.7%) were from blood cultures and 59 (84.2%) from hospital surfaces distributed among the evaluated ICUs. The most isolated species were Acinetonacter baumannii and Klebsiella pneumoniae. Both species presented high rates of resistance to antibiotics used in the clinical routine. Resistance genes to β-lactams, aminoglycosides, fluoroquinolones, macrolides, phenicols, sulfonamides and trimethoprim were detected among the isolates. The evaluation of the clonal relationship showed the presence of three different clones of A. baumannii and five among the isolates of K. pneumoniae. The resistance profile and genes found in isolates from hospital surfaces reinforces the importance that the environment plays as reservoir of clinically relevant microorganisms.
Keywords: Cross Infection
Microbial Drug Resistance
Equipment Contamination
keywords: Infecção hospitalar
Resistência Microbiana a Medicamentos
Contaminação de Equipamentos
DeCS: Infecção Hospitalar
Farmacorresistência Bacteriana
Bactérias Gram-Negativas
isolamento & purificação
Contaminação de Equipamentos
Sensibilidade e Especificidade
Anti-Infecciosos
Genes bacterianos
DNA Bacteriano
análise
Proteínas de Bactérias
genética
Reação em Cadeia da Polimerase
métodos
Unidades de Terapia Intensiva
Serviço de Hemoterapia
Brasil
Estudos transversais
Issue Date: 2017
Citation: ROCHA, Igor Vasconcelos. Identificação de mecanismos de resistência antimicrobiana de bactérias Gram negativas prevalentes em superfícies e hemoculturas de unidades de terapia intensiva em Caruaru-PE. 2017. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia em Saúde) – Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2017.
Date of defense: 2017-02-21
Place of defense: Recife/PE
Department: Departamento de Microbiologia
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães.
Program: Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia em Saúde
Copyright: restricted access
Appears in Collections:PE - IAM - PPBBS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IVR_Dissertacao_2017.pdf2.95 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.