Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/23756
Title: Avaliação da vigilância do óbito infantil na cidade do Recife-PE
Other Titles: Evaluation the monitoring of infant death in city of Recife-PE
Advisor: Medeiros, Zulma Maria de
Bonfim, Cristine Vieira do
Members of the board: Medeiros, Zulma Maria de
Vasconcelos, Ana Lúcia Ribeiro de
Cesse, Eduarda Ângela Pessoa
Vidal, Suely Arruda
Gaspar, Gabriela da Silveira
Authors: Oliveira, Conceição Maria de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: A vigilância do óbito infantil (VOI) tem a finalidade de investigar e apontar fatores que contribuem para mortes em menores de um ano, identificar a evitabilidade e especificar medidas preventivas. Essa tese objetivou avaliar a VOI no Recife-PE. Realizou-se quatro estudos: a) revisão documental para descrição da VOI, que no primeiro ano da implantação (2003) foram investigados e discutidos 27,5% (82) dos óbitos sem malformação congênita, alcançando 97,7% (172) em 2015 (último ano com informações finalizadas disponíveis). b) análise de série temporal (1980 a 2012) do coeficiente de mortalidade infantil (CMI) e seus componentes etários por regressão exponencial; e um estudo transversal para avaliar a proporção de óbitos com variáveis ignoradas ou em branco antes e após a realização da VOI e as retificadas com este procedimento. O CMI, neonatal e pós-neonatal apresentaram tendência decrescente. Constatou-se que após a investigação nenhuma variável da declaração de óbito ficou incompleta e, em 52,0% (143) dos óbitos, a causa básica foi melhor definida. c) avaliação de 120 variáveis da ficha de investigação do óbito infantil, agrupadas em seis dimensões, ponderadas pela técnica de consenso e analisadas quanto à adequação do preenchimento, para construção de um indicador composto de avaliação da VOI. Em 56,2% (319) das fichas estudadas a investigação foi adequada. A ocorrência do óbito foi a dimensão melhor avaliada e pré-natal a mais deficiente. d) pesquisa avaliativa do tipo análise de implantação, com estudo de caso único. A VOI foi considerada implantada (82,3%), entretanto, os componentes identificação (79,3%) e discussão dos óbitos infantis (73,2%) foram classificados como parcialmente implantados. A avaliação da VOI indicou que a estratégia não apresenta completa adesão as normas e diretrizes estabelecidas. Identificou-se alguns aspectos com maior fragilidade, a serem necessariamente abalizados em intervenções direcionadas à melhoria desta vigilância.
Abstract: The monitoring of infant death (VOI) aims to investigate and finds factors contributing to deaths in children under one year, identify the preventability and specifying preventive measures. This thesis evaluates the VOI in Recife-PE. We conducted four studies: a) document review for a description of the VOI, the first year of implementation (2003) were investigated and discussed 27.5% (82) of the deaths without congenital malformation, reaching 97.7% (172) in 2015 (latest year for which information available). b) time series analysis (1980-2012) of the infant mortality rate and its components by age exponential regression; and a cross-sectional study to assess the proportion of deaths with ignored or blank variables. Infant mortality, neonatal and post-neonatal showed a downward trend. It was found that no death variable declaration was incomplete, and 52.0% (143) of the deaths, the cause was better defined. c) evaluation of 120 variables of infant death investigation form, grouped into six dimensions, weighted consensus technique and analyzed for suitability filling for construction of a composite indicator assessment VOI. The investigation was considered appropriate in 56.2% (319) of the studied records. The occurrence of death was the best evaluated dimension and prenatal the poorest. d) evaluative research of implementation analysis with single case study. The VOI was considered deployed (82.3%), however, the identification components (79.3%) and discussion of infant deaths (73.2%) were classified as partially implemented. The evaluation of the VOI indicated that the strategy does not show full compliance with established rules and guidelines. It identified some ways for interventions directed at the improvement of surveillance.
Keywords: Infant mortality
Epidemiological surveillance
Health Evaluation
Vital statistics
keywords: Mortalidade infantil
Vigilância epidemiológica
Avaliação em saúde
Estatísticas vitais
DeCS: Mortalidade infantil
Vigilância epidemiológica
Avaliação em saúde
Estatísticas vitais
Área urbana
Estudos transversais
Brasil
Issue Date: 2016
Citation: OLIVEIRA, Conceição Maria de. Avaliação da vigilância do óbito infantil na cidade do Recife-PE. 2016. Tese (Doutorado em Saúde Pública) – Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2016.
Date of defense: 2016-08-02
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães.
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016oliveira-cm.pdf6.48 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.