Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24662
Title: História, saúde e seus trabalhadores: da agenda internacional às políticas brasileiras
Other Titles: History, health and its workers: from the international agenda to the Brazilian policies
Authors: Pires-Alves, Fernando Antônio
Paiva, Carlos Henrique Assunção
Hochman, Gilberto
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: O artigo discute, em perspectiva histórica, as agendas dirigidas para a formação de trabalhadores e para a gestão do trabalho em saúde no Brasil, em especial as suas relações com os programas desenvolvidos pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Na primeira seção, discute-se o papel da história no campo da saúde coletiva. A priorização do tema do trabalho em saúde na agenda internacional parece apontar para uma potencial renovação das relações entre história e saúde. Na segunda seção, realiza-se um balanço histórico a respeito das agendas da OMS em torno do tema recursos humanos. Na terceira parte, constrói-se balanço similar a respeito das ações da OPAS. Na quarta parte, discute-se - a partir da experiência do Programa de Preparação Estratégica de Pessoal de Saúde (PPREPS) - a relação da agenda de trabalho nacional com a internacional em torno do desenvolvimento de recursos humanos, bem como se aponta para um conjunto de respostas adaptadas e soluções originais aos problemas da formação de pessoal de saúde dadas pelos técnicos brasileiros. Ao final, são levantadas algumas questões para discussão sobre a articulação entre história e as agendas de recursos humanos para a saúde discutida ao longo do artigo.
Abstract: This article discusses the agenda for the training and management of the health workforce in Brazil from a historical viewpoint, especially as refers to its relations with the programs in this field developed by the Pan American Health Organization (PAHO) and by the World Health Organization (WHO). In the first section one discusses the role of history in the field of community health. The priority given to the topic health work in the international agenda seems to point to a potential renewal of the relations between history and health. The second section provides a historical examination of the human resources programs of the WHO. In the third section, a similar examination is conducted with respect to the actions of PAHO in the same field. The fourth part of the article discusses - on the basis of the experience called "Program for Strategic Preparation of Health Personnel - PPREPS" - the relations between the national and international policies for the development of human resources in health. Moreover it describes a number of adapted responses and original solutions for facing the health workforce problem proposed by the Brazilian technicians. Finally, some questions are raised for discussion regarding the articulation between history and health workforce policies.
Keywords: History
Workers
International health
Health policy
Brazil
keywords: História
Trabalhadores
Saúde internacional
Política de saúde
Brasil
DeCS: Atenção a saúde do trabalhador
OPAS
OMS
Saúde coletiva
Política de saúde
Brasil
Issue Date: 2008
Citation: PIRES-ALVES, Fernando et al. História, saúde e seus trabalhadores: da agenda internacional às políticas brasileiras. Ciência & Saúde Coletiva, v.13, n.3, p.819-829, 2008.
ISSN: 1413-8123
Copyright: open access
Appears in Collections:COC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pdf67.pdf58.75 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.