Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/24979
Title: Condições ambientais e riscos à saúde do contexto de construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro: um estudo de percepção dos atores sociais locais
Other Titles: environmental conditions and health risks of the construction context the Petrochemical Complex of Rio de Janeiro: a study of perceptions of local stakeholders
Advisor: Hacon, Sandra de Souza
Carmo, Cleber Nascimento do
Authors: Moniz, Marcela de Abreu
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O presente estudo teve por objetivo analisar a percepção de atores sociais sobre as condições ambientais das localidades próximas ao Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, evidenciando os impactos socioambientais e os riscos à saúde gerados pelo contexto de construção deste empreendimento. A tese é estruturada no formato de quatro artigos. O primeiro artigo consistiu no estudo de revisão de literatura para explorar a aplicabilidade da metodologia qualitativa em investigações de abordagem participativa na área da saúde ambiental. No segundo artigo, uma pesquisa-ação conduziu a aplicação de entrevistas, grupos focais, reuniões e oficina para diagnosticar os problemas socioambientais prioritários e os riscos à saúde das comunidades do entorno do COMPERJ. Para o desenvolvimento dos artigos 3 e 4, foi realizado um estudo transversal com 240 moradores de duas localidades com distâncias espaciais diferentes ao empreendimento. No terceiro artigo, objetivou-se verificar a diferença da percepção de residentes sobre a qualidade ambiental destas duas localidades. Já no quarto artigo, buscou-se analisar a percepção de riscos à saúde da fase de construção do COMPERJ. Os resultados da revisão incluíram 44 artigos, cujo predomínio foi de aplicação de instrumentos mistos em todos os três níveis de participação comunitária avaliados. Os resultados da segunda investigação incluíram uma análise estrutural de três problemas (oferta da água, tratamento de esgoto e risco de doenças transmissíveis; risco de poluição do ar e doenças respiratórias; ausência de segurança pública e risco de violência), esquematizando a relação causa-efeito-intervenção.
No terceiro artigo, a área de lazer foi o fator percebido igualmente pelos participantes das duas localidades do estudo com pior qualidade. A piora da qualidade ambiental foi relacionada, por 51por cento dos residentes da área do entorno do complexo, à ausência de medidas mitigatórias após a ocorrência de um acidente químico local em 2005. No quarto artigo, a análise de correspondência múltipla evidenciou que indivíduos do sexo feminino, adultos (faixa etária de 18 a 30 anos), com elevado nível de escolaridade e residentes na área do entorno do Complexo, tiveram maior percepção dos riscos à saúde e da ausência de benefícios decorrentes do processo de construção deste empreendimento. Conclui-se que os investimentos e a priorização de intervenções devem ser direcionados para a melhoria da qualidade dos serviços de saúde e para os setores de saneamento ambiental, vigilância ambiental em saúde, segurança pública e lazer e cultura, uma vez que existem impactos de deterioração das condições ambientais e de saúde no município de Itaboraí.
This study aimed to analyze the perception of stakeholders on environmental conditions of nearby locations to the Petrochemical Complex of Rio de Janeiro, highlighting the social and environmental impacts and health risks generated by the construction of the context of this enterprise. The thesis is structured in four articles format. The first study consisted of a study of critical review of literature to explore the applicability of qualitative methodology in participatory approach to research in environmental health. In the second article, an action research led to the application of interviews, focus groups, meetings and workshop to diagnose the priority environmental problems and health risks of the surrounding communities COMPERJ. For the development of articles 3 and 4 was a cross-sectional study with 240 residents of two locations with different spatial distances to the enterprise. The third article aimed to verify the difference of perception of residents about the environmental quality of these two locations. In the fourth article, it sought to analyze the perception of health risks to the construction of COMPERJ. The review results included 44 articles whose dominance was application of mixed instruments at all three levels of community participation evaluated. The results of the second investigation included a structural analysis of three issues (water supply, sewage treatment and risk of transmissible diseases; risk of air pollution and respiratory diseases, absence of public safety and risk of violence) sketched out the cause-effect-intervention relationship. ^ien
In the third article, leisure area was the factor perceived also by participants of both locations of the study with worse quality. The worsening of environmental quality was related by 51percent of the residents of surrounding area of the complex to the absence of mitigatory measures after the occurrence of a local chemical accident in 2005. In the fourth article, multiple correspondence analysis showed that females, adults (age 18-30 years) with high level of education and living in the surrounding area of the complex better perceived health risks and the lack of benefits of the construction of this development process. In conclusion, investments and prioritization of interventions should be directed to improving the quality of health services and environmental sanitation sectors, environmental health surveillance, public safety and recreation and culture, since there are impacts deterioration of environmental and health conditions in Itaboraí. (AU)^ien
DeCS: Impacto Ambiental
Risco
Indústria Petroquímica
Meio Ambiente
Saúde Pública
Issue Date: 2016
Citation: Moniz, Marcela de Abreu. Condições ambientais e riscos à saúde do contexto de construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro: um estudo de percepção dos atores sociais locais. 2016. 186 f. Tese (Saúde Pública e Meio Ambiente) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2016.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
59.pdf2.28 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.