Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/25149
Title: Identificação dos vetores da Leishmaniose tegumentar americana em Altos, Estado do Piauí
Advisor: Gomes, Regis Bernardo Brandim
Authors: Vasconcelos, Sílvia Alcântara
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A leishmaniose tegumentar americana (LTA) é uma antropozoonose tropical negligenciada que acomete o homem e animais silvestres. A transmissão ocorre através da picada do flebótomo infectado com a Leishmania. A LTA tem apresentado elevada incidência em algumas regiões do estado do Piauí e tem despertado a atenção da vigilância epidemiológica e dos serviços de saúde por ser uma patologia relativamente recente no estado. A procura por potenciais vetores da leishmaniose tegumentar no Piauí é de grande importância entomológica e epidemiológica pela carência de estudos nessa área, o qual permitirá estratégias de controle destes insetos. O objetivo deste estudo foi identificar os potenciais vetores da LTA em áreas de surto na cidade de Altos, município este que tem apresentado altas taxas de detecção de casos da doença nos últimos dez anos. Para este estudo, foram listados os endereços com registros de notificação da doença por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Foram instaladas armadilhas luminosas tipo CDC nas regiões com maior ocorrência de notificações, abrangendo zona urbana e zona rural. Oitenta e seis coletas foram realizadas em 12 bairros da cidade de Altos. As capturas ocorreram de outubro de 2016 a janeiro de 2017. O material capturado foi conduzido ao laboratório de entomologia para seleção dos flebótomos e preparo para identificação O método de preparo das espécies para identificação foi o de Young e Duncan (1994). Foram identificados 1.308 espécimes de flebótomos, sendo 1.300 de Lutzomyia longipalpis, 06 Lutzomyia whitmani, 01 Lutzomyia sordelli e 01 Lutzomyia carmelinoi. Destacou-se uma variação anatômica verificada em três espécimes de Lutzomyia longipalpis, o que demonstra o predomínio da referida espécie em Altos no período de captura. O presente trabalho traz uma contribuição ao identificar flebótomos presentes na cidade de Altos, entre eles Lutzomyia whitmani, flebótomo incriminado como transmissor da LTA no Brasil e nos ajuda a começar a entender os mecanismos de transmissão da LTA no Piauí
Abstract: American Cutaneous Leishmaniasis (ACL) is a neglected tropical zoonosis that affects humans and wild animals. Transmission occurs through the bite of the sandfly infected with Leishmania. ACL has a high incidence in some regions of Piauí state and it has attracted the attention of epidemiological surveillance and a health service is a relatively new disease in the state. The study of potential vectors of cutaneous leishmaniasis in Piaui still unknown and is of great epidemiological and entomological importance in this area and will enable control strategies. Previous studies have only address vectors of visceral leishmaniasis. The aim of this study was to identify potential vectors of American Cutaneous Leishmaniasis (ACL) in an area of outbreak in the city of Altos. This municipality has shown a high case detection rate of ACL in the past decade. For this study, we initially accessed notification records of ACL through the Information System for Notifiable Diseases Later luminous type CDC traps were installed in regions with higher incidence of notifications, including urban and rural areas. A total of 86 sand fly captures were performed in 12 different neighborhoods in Altos, between October 2016 and January 2017. Captured sand flies were taken to an entomology laboratory for separation of sandflies and preparation for identification. Identification of sand fly species was performed according to Young and Duncan (1994). A total of 1.308 specimens were identified, including Lutzomyia longipalpis (n= 1.300), Lutzomyia whitmani (n= 06), Lutzomyia sordelli (n= 01) and Lutzomyia carmelinoi (n= 01). An anatomical variation was identified in three Lutzomyia longipalpis specimens, the predominant sand fly species in Altos. This work suggests that Lutzomyia whitmani, among the captured sandflies, might be responsible for transmitting ACL in Brasil contributing to the understanding of ACL transmission in Piauí
keywords: Leishmaniose Cutânea
Phlebotomus
Epidemiologia
Issue Date: 2017
Citation: VASCONCELOS, Sílvia Alcântara. Identificação dos vetores da Leishmaniose tegumentar americana em Altos, Estado do Piauí. 2017. 53 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Teresina, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Teresina
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
silvia_vasconcelos_ioc_mest_2017.pdf3.5 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.