Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/2547
Title: Parasitismo em populações pré-colombianas: helmintos de animais em coprólitos de origem humana do Parque Nacional Serra da Capivara, PI, Brasil
Other Titles: Parasitism in pre-Columbian populations: helminths of animals in human coprolites from the National Park Serra da Capivara, PI, Brazil
Advisor: Araújo, Adauto José Gonçalves de
Members of the board: Gonçalves, Marcelo Luiz Carvalho
Maldonado Junior, Arnaldo
Silva, Luiz Fernando Rocha Ferreira da
Chaves, Sergio Augusto de Miranda
Araújo, Adauto José Gonçalves de
Authors: Sianto, Luciana
Coadvisor: Santos, Marcia Chame dos
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O parque Nacional Serra da Capivara possui os mais antigos registros de presença humana das Américas, com datações que superam 50.000 anos. Apresenta, em sua história de ocupação, grupos caçadores coletores e grupos agricultores. Por possuir sítios arqueológicos em áreas de diferentes fisionomias, oferece uma excelente oportunidade para aprofundar o conhecimento da diversidade parasitária das espécies humana e da fauna silvestre em populações pré-históricas e suas modificações/adaptações ao longo do tempo. Coprólitos e sedimentos de até 30.000 anos, de origem humana e animal, retirados de escavações de 16 sítios arqueológicos foram reidratados e analisados em microscópio óptico. Das 204 amostras analisadas, 110 foram positivas e pelo menos 24 parasitos identificados. Foram identificadas 37 amostras de origem humana, destas 19 (51,35%) foram positivas para: Ancylostomidae, Ascaridae, Oxyuridae, Trematoda, Trichuris sp., Parapharyngodon sp., Hymenolepis nana, Eimeria sp. além de Nematoda não identificado e um possível Acanthor. Nas amostras de animais foram identificados parasitos capazes de causar zoonoses em humanos como Spirometra sp., Toxocara sp., Capillaria sp. e Acanthocephala. Os resultados obtidos fornecem oportunidade de se construir cenários a respeito das relações parasitárias existentes entre os diversos hospedeiros e a evolução destas relações no tempo e no espaço.
Abstract: The National Park of Serra da Capivara has the oldest records for the human presence in the Americas, dating to 50,000 years. Hunter-gatherers and agricultural populations occupied the region. Archaeological sites in areas of different physiognomies offer an excellent opportunity to the knowledge on the diversity of parasite species of wildlife and human populations in prehistoric times, and changes and adjustments along time. Coprolites and sediments of human and animal origin dated up to 30,000 years found in 16 archaeological sites were rehydrated and examined at the microscope. Of 204 analyzed samples, 110 were positive and 24 parasites identified. 37 samples were identified as of human origin, and 19 (51.35%) were positive for Ancylostomidae, Ascaridae, Oxyuridae, Trematoda, Trichuris sp., Parapharyngodon sp., Hymenolepis nana, Eimeria sp., unidentified Nematoda and a possible Acanthor. Spirometra sp., Toxocara sp., Capillaria sp. and Acanthocephala eggs were identified in animal coprolites, and all are able to cause zoonose in humans. Results provide data to rebuilt scenarios regarding host-parasite relationships in time and space.
Keywords: Paleopathology
Paleoparasitology
Coprolites
America
Zoonoses
Public health
keywords: Paleoepidemiologia
Paleoparasitologia
Coprólitos
América
Zoonoses
Saúde Pública
DeCS: Paleopatologia
Epidemiologia
Doenças Parasitárias/parasitologia
Américas/epidemiologia
Zoonoses/epidemiologia
Saúde Pública
Brasil/epidemiologia
Issue Date: 2009
Citation: SIANTO, Luciana. Parasitismo em populações pré-colombianas: helmintos de animaisem coprólitos de origem humana do Parque Nacional Serra da Capivara, PI, Brasil. 2009. 184 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública)-Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2009.
Date of defense: 2009
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz.
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - PPG-SP - Teses de Doutorado
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENSP_Tese_Sianto_Luciana.pdf8.19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.