Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/25968
Title: Doença respiratória e sazonalidade climática em menores de 15 anos em um município da Amazônia brasileira
Other Titles: Respiratory disease and climatic seasonality in children under 15 years old in a town in the Brazilian Amazon
Authors: Rosa, Antonia Maria
Ignotti, Eliane
Botelho, Clóvis
Castro, Hermano Albuquerque de
Hacon, Sandra de Souza
Affilliation: Universidade do Estado de Mato Grosso. Cáceres, MT, Brasil
Universidade do Estado de Mato Grosso. Instituto de Saúde Coletiva. Cuiabá, MT, Brasil
Universidade do Estado de Mato Grosso. Cáceres, MT, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: OBJETIVO: Analisar a sazonalidade climática dos atendimentos ambulatoriais por doença respiratória (DR) em menores de 15 anos. MÉTODOS: Estudo epidemiológico descritivo, realizado com dados dos Registros de Ocorrências Ambulatoriais das unidades básicas de saúde referentes ao período 2004-2005, do município de Tangará da Serra (MT). As estimativas populacionais foram obtidas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e os dados de umidade relativa do ar e temperatura, do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Foram construídas taxas médias de atendimento ambulatorial por DR segundo sexo, faixa etária e localização anatômica. Calculou-se a razão seca/chuva dos atendimentos de acordo com a localização anatômica da DR. Utilizou-se o Epi-Info 3.2 para análise dos dados, com as diferenças de proporção testadas através do teste do qui-quadrado, ao nível de significância de 5%. RESULTADOS: Indivíduos do sexo masculino tiveram taxa quase 50% maior (37,3/25,0) de atendimentos ambulatoriais por doenças das vias aéreas inferiores que os do sexo feminino. As taxas de atendimentos ambulatoriais por DR em menores de 15 anos apresentaram variação com o aumento da idade, passando de 457,7‰ nos menores de 1 ano de idade para 133,5‰ no grupo de 10 a 14 anos. Os atendimentos por DR foram em média 21% menos freqüentes(4.148/5.231) no período seco (p = 0,000). Observou-se picos de atendimento nos meses de março e agosto, mais acentuados em março, período chuvoso na região. CONCLUSÃO: Os atendimentos ambulatoriais por DR, especialmente por doenças das vias aéreas superiores, estão relacionados ao período chuvoso no município.
Abstract: OBJECTIVE: To analyze the climatic seasonality of primary care visits for respiratory disease (RD) in children less than 15 years old. METHODS: This was a descriptive, epidemiological study based on data from the municipal records of primary care events from basic healthcare centers for the period 2004-2005, for the municipality of Tangará da Serra (MT), Brazil. Population estimates were obtained from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IGBE), and data on temperature and relative humidity of the air, from the National Meteorology Institute (Instituto Nacional de Meteorologia, INMET). Mean rates of primary care visits for RD were calculated according to sex, age group and anatomic location of complaint. The ratio of dry season to rainy season visits was calculated according to anatomic location of the RD. Data were analyzed using Epi-Info 3.2, testing differences between proportions using the chi-square test to a significance level of 5%. RESULTS: Male children had an almost 50% greater (37.3/25.0) rate of primary care visits for diseases of the lower respiratory tract than did females. The rates of primary care visits due to RD in children under 15 years of age varied as age increased, varying from 457.7‰ of children less than 1 year of age to 133.5‰ in the 10 to 14 years-of-age group. During the dry season there were an average of 21% (4,148/5,231) fewer visits for RD (p = 0.000). Peaks in numbers of visits were observed during the months of March and August, being more accentuated in March, which is the wet season in the region. CONCLUSION: Primary care visits for RD, especially those due to upper airway diseases, are related to the rainy season in this municipality.
Keywords: Respiratory Diseases
Climatic Seasonality
Upper Airway Diseases
Lower Respiratory Tract Diseases Climate
Season
keywords: Doenças Respiratórias
Sazonalidade Climática
Doenças das Vias Aéreas Superiores
Doenças das Vias Aéreas Inferiores
DeCS: Doenças Respiratórias
Estações do Ano
Issue Date: 2008
Publisher: SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA
Citation: ROSA, Antonia Maria et al. Doença respiratória e sazonalidade climática em menores de 15 anos em um município da Amazônia brasileira. J. Pediatria, v.84, n.6, p.543-549, 2008
DOI: 10.1590/S0021-75572008000700012
ISSN: 0021-7557
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DoençaRespiratória.pdf148.72 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.