Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26341
Title: Estudo enzoótico em uma área de doença de Chagas aguda, no município de Guarapari (Espírito Santo): plasticidade biológica e diversidade da classe Kinetoplastea
Advisor: Jansen, Ana Maria
Authors: Dario, Maria Augusta
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Os protozoários do gênero Trypanosoma são capazes de infectar uma diversidade de hospedeiros vertebrados e invertebrados. Dentro desse universo, destaca-se o clado Trypanosoma cruzi que tem como um dos seus componentes o T. cruzi, agente etiológico da doença de Chagas (DC) nas Américas. Trypanosoma cruzi é um parasito heterogêneo, multihospedeiro, capaz de infectar centenas de espécies de mamíferos e ser transmitido por dezenas de espécies de triatomíneos. O mesmo inclui sete genótipos ou Unidades Discretas de Tipagem (DTUs) (TcI-VI e TcBat). Casos de DC vêm ocorrendo em cenários enzoóticos distintos, no qual cada região apresenta uma rede de transmissão específica, tornando o conhecimento dessas redes fundamentais para possível orientação de moradores e agentes de saúde, evitando novos casos da doença. O nosso objetivo foi compreender a ecologia do ciclo enzoótico de tripanosomatídeos, com foco especial em T. cruzi, no ambiente silvestre da Mata Atlântica, no municipío de Guarapari, estado do Espírito Santo (ES), em uma área de ocorrência de um caso fatal de DC aguda, por via oral. Nós obtivemos o tecido cardíaco do paciente que veio a óbito e realizamos a caracterização molecular do DNA de T. cruzi. Foi determinada a composição e a abundância relativa de espécies de pequenos mamíferos não-voadores e voadores. Através de exames parasitológicos e sorológicos, avaliou-se o papel desses e também dos cães no ciclo de transmissão do T. cruzi. Triatomíneos foram examinados para determinação de sua taxa de infecção pelo parasito As amostras de mamíferos e triatomíneos foram caracterizadas por métodos moleculares, para determinação de DTUs de T. cruzi, bem como outras espécies de tripanosomatideos. Devido a diversidade de tripanosomatídeos observada em morcegos, nós caracterizamos amostras de sangue total utilizando o sequeciamento de nova geração. Além disso, avaliamos a distribuição geográfica das DTUs de T. cruzi TcIII e TcIV em hospedeiros mamíferos e triatomíneos em diferentes biomas brasileiros. Foi relatado o encontro de infecção mista por quatro DTUs de T. cruzi e T. dionisii em humano. Infecções mistas em humanos devem ser levadas em consideração, uma vez que as mesmas podem ser muito mais frequentes do que se tem relatado. Trypanosoma dionisii é capaz de infectar tecido cardíaco humano. Nós observamos que o ciclo enzoótico de T. cruzi ocorre longe das residências, não há transmissão peridomiciliar e os hospedeiros vertebrados e invertebrados apresentam infecções mistas. Os morcegos são os hospedeiros de Trypanosoma spp. na região. Espécies de cinetoplastídeos aparentam ser muito menos específicas quanto ao hospedeiro, do que se tem relatado até o momento e a espécie Bodo Saltans, cinetoplastídeo de vida-livre, pode estar passando por processo de adaptação. Por fim, as DTUs TcIII e TcIV são muito mais dispersas em hospedeiros e biomas, não apresentando nenhum tipo de associação
Abstract: Trypanosoma genus protozoa are capable to infect a variety of vertebrate and invertebrate hosts. In this context, we highlight the Trypanosoma cruzi clade, in which includes T. cruzi, the aetiological agent of Chagas disease (CD) in the American continent. Trypanosoma cruzi is heterogeneous, multi-host, capable of infecting hundreds of mammals\2019 species and it is transmitted by dozens of triatomines. This species includes seven genotypes or Discrete Typing Units (DTUs) (TcI-VI and TcBat). Chagas disease cases are occuring in different enzootic scenarios, in which each region presentes a specific transmission web making its knowledge essencial to residents and health service orientation, avoiding new disease\2019s cases. The aim of this study was to understand tripanosomatids ecological enzootic cycle, focus on T. cruzi, in the sylvatic enviromment on the Atlantic forest of Guarapari municipality, Espírito Santo (ES) state, in an area where a fatal acute CD occured by oral route. We obtained the pacient cardiac tissue and performed DNA molecular characterization for T. cruzi identification. We determinated non-volant mammals and bats species composition and their relative abundance By parasitological and serological exams, we evaluated the role played by these mammals and dogs on T. cruzi transmission cycle. Triatomines were examined to determinate parasite infection rate. Mammal and triatomine samples were submitted to molecular characterization for T. cruzi DTU and other tripanosomatids species identification. Due to tripanosomatid diversity observed in bats, we characterized bats blood sample using next generation sequencing. In addition, we evaluated T. cruzi TcIII and TcIV DTUs geographical distribution in mammals and triatomines in Brazilian biomes. Human mixed infections should be taken into consideration, since they can be more frequent than has been reported. Trypanosoma cruzi DTUs I, II, III and IV and T. dionisii were found infecting human. Trypanosoma dionisii is capable to infect human cardiac tissue. We observed that T. cruzi enzootic cycle is occuring far from the residences, there is no peridomiciliar transmission and invertebrate and verterbrate hosts present mixed infections. Bats are the main Trypanosoma spp. host in the area. Kinetoplastid species appear to be less specific than has been reported until now and Bodo saltans species, a free-living kinetoplastid, may be going through adaptation process. Trypanosoma cruzi DTUs TcIII and TcIV are more dispersed in hosts and biomes, not presenting any association type
keywords: Trypanosoma
Mamíferos
Tripanominae
Issue Date: 2017
Citation: DARIO, Maria Augusta. Estudo enzoótico em uma área de doença de Chagas aguda, no município de Guarapari (Espírito Santo): plasticidade biológica e diversidade da classe Kinetoplastea. 2017. 162 f. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
maria_dario_ioc_dout_2017.pdf17.4 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.