Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26399
Title: Soroprevalência e variáveis epidemiológicas associadas à Leishmaniose visceral canina em área endêmica no Município de São Luís, Maranhão, Brasil.
Other Titles: Seroprevalence and associated epidemiologic variables with canine visceral leishmaniasis in endemic area, São Luis, Maranhão State, Brazil
Authors: Barbosa, David Soeiro
Rocha, Alessandra Lima
Santana, Andressa Almeida
Souza, Celeste da Silva Freitas de
Dias, Ricardo Augusto
Costa Junior, Livio Martins
Silva, Ana Lucia Abreu
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Pós-Graduando. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.
Universidade Estadual do Maranhão. Curso de Medicina Veterinária. São Luis, MA, Brasil
Rede Nordeste de Biotecnologia – Renorbio. Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.
Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade Federal do Maranhão. Centro de Ciências Agrárias e Ambientais. MA, Brasil.
Universidade Federal do Maranhão. Centro de Ciências Agrárias e Ambientais. MA, Brasil.
Abstract: Este trabalho teve como objetivos determinar a soroprevalência e as variáveis epidemiológicas associadas com a infecção de Leishmania spp. em cães de cinco localidades no Distrito do Tirirical no município de São Luís, Maranhão. Foram visitadas 72 moradias, perfazendo uma amostra de cem cães domiciliados, e aplicados questionários com o objetivo de determinar os fatores que poderiam estar relacionados com a ocorrência da infecção. Utilizaram-se como variáveis: proximidade da moradia com a mata, existência de criação/abrigo de animais de produção e de animais silvestres, sexo, idade, raça, além de exame clínico do animal, com observação da presença de sinais clínicos compatíveis com a doença. A análise sorológica demonstrou que 67 amostras apresentaram-se positivas para Leishmania spp. Os sinais clínicos observados foram linfadenopatia localizada, alopecia, pelo opaco, emagrecimento, úlceras cutâneas, descamação furfurácea, ceratoconjuntivite, e onicogrifose. Animais das localidades Cruzeiro de Santa Bárbara e Cajupari, ambas localizadas próximas de matas, têm 3,4 e 12,0 vezes mais chances de serem soropositivos para Leishmania spp. do que aqueles das outras localidades estudadas. Não se verificou correlação entre as outras variáveis estudadas e soropositividade para Leishmania spp.
Abstract: This work aimed to determine the seroprevalence and epidemiological variables associated to Leishmania spp. infection in dogs from five locations of Tirirical District, in São Luís, Maranhão State, Brazil. Seventy-two houses were visited and samples of one hundred dogs were taken. A questionnaire was applied in order to investigate the possible factors related to the Leishmania infection. The following variables were used: forest proximity from the residence, livestock of domestic animals or shelter of wild animals, sex, age and breed. Clinical examination was also performed looking for clinical signs compatible to the infection. The serological analysis revealed that 67 samples were reactive. The clinical signs observed were focal lymphadenophaty, alopecia, weight loss, cutaneous ulcers, skin desquamation, keratoconjuntivitis and onycogrifosis. Animals from Cruzeiro de Santa Bárbara and Cajupari, both locations near the forest, have 3.4 and 12.0 more chances of being reactive to Leishmania spp. than the ones in the other studied locations. No statistical relation was found between seropositive dogs and any other variables.
Keywords: Associated factors
canine visceral leishmaniasis
epidemiology
seroprevalence
keywords: Epidemiologia
fatores associados
leishmaniose visceral canina
soroprevalência
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal de Goiás. Escola de Veterinária e Zootecnia.
Citation: BARBOSA, David Soeiro; et al. Soroprevalência e variáveis epidemiológicas associadas à Leishmaniose visceral canina em área endêmica no Município de São Luis, Maranhão, Brasil. Ci. Anim. Bras., Goiânia, v. 11, n.3, p. 653-659, jul./set. 2010.
ISSN: 1518-2797
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
celeste_souza_etal_IOC_2011.pdf313.71 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.