Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26446
Title: Atividade mitocondrial no córtex de camundongos Swiss Webster machos altamente agressivos: Há relação entre o comportamento agressivo e a capacidade de respiração celular?
Advisor: Araújo-Jorge, Tania Cremonini de
Members of the board: Oliveira, Gabriel Melo de
Frajblat, Marcel
Valle, Tânia Zaverucha do
Filgueiras, Cláudio Carneiro
Castro, Solange Lisboa de
Authors: Hoppe, Luanda Yanaan
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A violência é um grave problema de saúde pública. O desenvolvimento de modelos experimentais para o estudo do comportamento agressivo torna-se altamente relevante. Através da aplicação do Modelo Espontâneo de Agressividade (MEA), observamos que alguns camundongos machos adultos Swiss Webster apresentaram comportamento altamente agressivo, enquanto em outros grupos os animais demonstraram uma interação social harmônica. O objetivo deste estudo foi investigar a capacidade de respiração celular, autofagia e morte celular por apoptose no córtex frontal cerebral de camundongos. O MEA foi estruturado, basicamente, pelo agrupamento de camundongos jovens e o reagrupamento dos mesmos indivíduos na idade adulta. Este reagrupamento promove uma situação de estresse social onde observamos indivíduos altamente agressivos (Agg), subordinados (Sub) e harmônicos (Har) Nossas análises basearam-se na avaliação do metabolismo energético mitocondrial, quantificação da expressão de proteínas mitocondriais, autofagia e apoptose através dos métodos de Respirometria de Alta Resolução, Western blotting, imunofluorescência por LC3-II e ensaio TUNEL, respectivamente. As avaliações do metabolismo mitocondrial e da expressão proteica revelaram que os camundongos Agg apresentaram uma significativa redução da atividade e da expressão da enzima citocromo c oxidase (COX) em comparação aos indivíduos não reagrupados (NR). Além disso, houve um aumento do percentual de células apoptóticas, porém, não observamos alteração no percentual de células autofágicas. Em conclusão, nossos resultados demonstram que o comportamento altamente agressivo foi, em parte, relacionado com o comprometimento da atividade de COX, prejudicando o complexo metabólico mitocondrial no córtex frontal cerebral dos camundongos e sua adaptação ao estresse social
Abstract: Violence is a serious public health problem. The development of experimental models for the study of aggressive behavior becomes highly relevant. By applying the Model of Spontaneous Aggression (MSA), we observed that some of Swiss Webster adult males presented a highly aggressive behavior, while others animal groups demonstrated harmonious social interaction. The aim of this study was investigated cellular respiratory capacity, autophagy and cell death by apoptosis in the mice frontal cerebral cortex. The MSA was structured, basically, by grouping young mice and regrouping the same individuals in adulthood. The respective regrouping, promotes a situation of social stress where we observe highly aggressive (Agg), subordinate (Sub) and harmonic (Har) individuals Our analyzes were based on the evaluation of mitochondrial energy metabolism, quantification of mitochondrial protein expression, autophagy and cell death by the methods of High-Resolution Respirometry, Western blotting, immunofluorescence by LC3-II, and the TUNEL test, respectively. Evaluations of mitochondrial metabolism and of protein expression revealed that Agg mice showed a significant reduction of the activity and expression in cytochrome c oxidase (COX) when compared to non-regrouped individuals (NR). In addition, there was increase in the apoptotic cells percent, however we did not observe alteration in the quantification of the autophagic cells. In conclusion, our results demonstrate that a highly aggressive behavior (after regrouping), was in part, involved with a impairment of COX activity and disturbance the mitochondrial metabolic complex in the brain frontal cortex of the mice and their adaptation to social stress
keywords: Violência
Autofagia
Apoptose
Camundongos
DeCS: Dinâmica Mitocondrial
Violência
Autofagia
Apoptose
Camundongos
Issue Date: 2018
Citation: HOPPE, Luanda Yanaan. Atividade mitocondrial no córtex de camundongos Swiss Webster machos altamente agressivos: Há relação entre o comportamento agressivo e a capacidade de respiração celular? 2018. 81 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular)-Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro,, 2018.
Date of defense: 2018
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IOC - PGBCM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
luanda_hoppe_ioc_mest_2018.pdf2.43 MBAdobe PDF    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.