Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26559
Title: Perfil etio-epidemiológico das dermatofitoses em pessoas atendidas em um Serviço Público de Micologia de Manaus/AM e investigação das possíveis fontes de infecção
Advisor: Matsuura, Ani Beatriz Jackisch
Members of the board: Andrade, Suanni Lemos de
Fernandes, Tiótrefis Gomes
Authors: Barroso, Layssa do Carmo
Coadvisor: Gonçalves, Maria Jacirema Ferreira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Leônidas e Maria Deane. Laboratório de Ecologia de Doenças Transmissíveis na Amazônia. Manaus, AM, Brasil.
Abstract: Os dermatófitos constituem um grupo de fungos que apresentam afinidade queratinofílica, e estão grupados em três gêneros: Trichophyton, Microsporum e Epidermophyton. Podem acometer pele, pelos/cabelos e unhas de pessoas e animais causando infecções, as chamadas dermatofitoses. Estes fungos são cosmopolitas e adaptados a clima quente e úmido podendo apresentar variação de incidência conforme a localização geográfica. O presente estudo teve como objetivo avaliar fatores associados às pessoas com dermatofitoses atendidas na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado em Manaus/AM no período de junho/2015 a junho/2016 e determinar os agentes etiológicos dessas dermatofitoses e possíveis fontes de contaminação. No período do estudo, foram aplicados questionários (considerando dados demográficos, clínicos e epidemiológicos) para 202 pessoas com suspeita de dermatofitoses, que foram coletadas amostras de pele, cabelo e unhas, sendo 66,3% do sexo feminino e 33,7% do masculino, com idades variando de 1 a 64 anos. As amostras foram submetidas a análise utilizando método de exame direto e cultivo conforme rotina do laboratório da FMT/HVD. Das pessoas com suspeita de dermatofitose foram confirmadas 32. Trichophyton rubrum foi o dermatófito mais frequente (isolado em 46,9% dos casos) e na maioria dos casos os pacientes apresentaram lesões em múltiplos sítios anatômicos. Trichophyton tonsurans e Microsporum canis foram encontrados na mesma proporção (cada uma em 15,6% de casos). Foram isolados em menor número Trichophyton mentagrophytes (12,5%), Microsporum gypseum (6,1%) e Trichophyton verrucosum (3%). Após a confirmação dos casos positivos de dermatófitos, foram realizadas visitas domiciliares na casa de alguns pacientes. Dos 32 pacientes positivos, foram realizadas visitas em nove residências, onde foram coletadas amostras de poeira domésticas, proveniente da limpeza realizada diariamente, solo peridomiciliar e de animais domésticos, totalizando 25 amostras. Destas, 6 amostras coletadas de pelo de gato foram positivas, sendo 5 para M. canis e 1 para M. gypseum, 1 amostra de solo positiva para M. gypseum e 1 amostra de poeira doméstica positiva para M. canis. Nos relatos dos pacientes constatamos que a grande maioria procurou serviço especializado após meses do aparecimento da lesão, ou ainda, quando a mesma se tornou mais evidente ou ocasionou lesão em outro sítio anatômico e ainda, quando houve reincidência. Com a análise a partir de fatores sociodemográficos, concluímos que gênero, fatores econômicos e habitacionais não apresentaram significância neste estudo, o que nos levou a considerar que estes aspectos não são fatores possivelmente associados as dermatofitoses diagnosticadas nas pessoas que procuraram o serviço de micologia da FMT/HVD. A pesquisa nas amostras ambientais mostrou que, embora não tenhamos obtido isolados semelhantes aos dos agentes causadores das lesões nos pacientes, temos que os fungos se encontram em circulação nos ambientes onde há movimentação de pessoas, podendo constituir fontes de infecções futuras.
Abstract: Dermatophytes are a group of fungi that are keratinophilic and grouped into three genera: Trichophyton, Microsporum and Epidermophyton. They can attack skin, hairs / nails of people and animals causing infections, such as dermatophytoses. These fungi are cosmopolitan and adapted to hot and humid climate and can present variation of incidence according to a geographical location. The present study aimed to evaluate the factors associated people with dermatophytoses treated at the Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado em Manaus/AM from June / 2015 to June / 2016 and to determine the etiological agents are dermatophytosis and possible sources of contamination. In the study period inquiry form were applied (considering demographic, clinical and epidemiological data) for 202 people with suspected dermatophytosis and skin samples, hair and nails were collected, being 66.3% females and 33.7% of males, with ages varying from 1 to 64-year-old. As samples were analysis by method of direct examination and culture according to laboratory routine. About People with suspected dermatophytosis, 32 were with dermatophytosis. Trichophyton rubrum was the most frequent dermatophyte (isolated in 46.9% of cases) and in most cases patients presented lesions at several anatomical sites. Trichophyton tonsurans and Microsporum canis were in the same proportion (each in 15.6% of cases). Trichophyton mentagrophytes (12.5%), Microsporum gypseum (6.1%) and Trichophyton verrucosum (3%) were isolated in less number. After confirming the positive cases of dermatophytes, home visits have performed at the nine residences of 32 positive patients. Where samples of domestic dust have collected, from daily cleaning, peridomiciliary soil and domestic animals, totaling 25 samples of these, 6 samples collected from cat fur (5 for M. canis and 1 for M. gypseum), 1 positive soil sample for M. gypseum and 1 positive domestic dust sample for M. canis. In the patients’ reports, we found that majority sought specialized service after months of onset of injury, or when it became more evident or caused injury in another anatomical site and when there was recurrence. With an analysis of sociodemographic factors, we concluded that: gender, economic factors, and housing did not present significance in this study. Which led us to consider these are not possibly associated factors as diagnostic dermatophytosis in the people who sought the FMT/HVD mycology service. The research on the samples sent has not been isolated, in the causative agents of the lesions in the patients, that are in environments where there is flow of people, and may constitute sources of future infections.
Keywords: Dermatophytosis
Epidemiology
Trichophyton rubrum
Sources of infection
keywords: Dermatofitose
Epidemiologia
Trichophyton rubrum
Fontes de Infecção
DeCS: Epidemiologia
Issue Date: 2017
Citation: BARROSO, Layssa do Carmo. Perfil etio-epidemiológico das dermatofitoses em pessoas atendidas em um Serviço Público de Micologia de Manaus/AM e investigação das possíveis fontes de infecção. 2017. 84 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública)-Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz, Manaus, 2017.
Date of defense: 2017-08-31
Place of defense: Manaus, Amazonas
Defense institution: Universidade do Estado do Amazonas - UEA
Universidade Federal do Amazonas – UFAM
Copyright: open access
Appears in Collections:AM - ILMD - PPGVIDA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Layssa Barroso.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.