Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26857
Title: Diversidade genética de Plasmodium falciparum em amostras de crianças menores de 5 anos em dois distritos de Moçambique
Advisor: Suárez Mutis, Martha Cecilia
Enosse, Sónia
Mabunda, Nédio Eugénio Jonas
Authors: Sarmento, Deonilde Deolinda
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A diversidade genética do Plasmodium falciparum é um dos maiores obstáculos para o desenvolvimento da imunidade assim como para a eficácia terapêutica de antimaláricos, pois confere ao parasita habilidade para evadir a resposta imune do hospedeiro, gerando mudanças na sua composição antigénica, favorecendo resistência às drogas antimaláricas; essa diversidade permite estabelecer a intensidade de transmissão da malária numa região. Os genes msp1, msp2, e glurp, que codificam proteínas antigénicas, são altamente polimórficos e por isso são comumente usados como marcadores de diversidade genética do P. falciparum. Neste contexto, avaliou-se a diversidade genética do P. falciparum usando como alvo os genes que codificam as proteínas MSP 1, MSP 2 e GLURP de isolados clínicos de crianças menores de 5 anos, da província de Tete e de Gaza. O estudo foi transversal e foram analisadas amostras do estudo sobre \201CEficácia e segurança de Artemether- Lumefantrina no tratamento da malária não complicada por Plasmodium falciparum\201D, aprovado pelo Comité Nacional de Bioética (115/CNBS/2014) Foram analisadas 163 amostras colhidas em papel de filtro e foi feita a amplificação da região 2 do gene msp1, a região central do gene msp2 e a região R2 do gene glurp pela técnica Nested PCR usando os primers e seguindo o protocolo descrito por Snounou et al (1999). Das 163 amostras, 154 (94,5%) amplificaram o gene msp1, 153 (93.9%) amplificaram o gene msp2 e 122 (74.8%) o gene glurp. Foram observados 17 genótipos para o gene msp1, correspondentes às 3 famílias alélicas (6 para K1, 6 para MAD20 e 5 para RO33). Para o gene msp2 foram encontrados 27 genótipos das duas famílias (18 para IC/3D7 e 9 para FC27) e 9 genótipos para o gene glurp, sendo detectados 17 haplótipos no total. Verificou-se um alto grau de diversidade genética o que sugere um grande tamanho na população de parasitas e alta intensidade de transmissão. Estudar a dinâmica de populações de P. falciparum é importante para monitorar a possivel surgimento e dissiminação de resistência aos antimalaricos.
Abstract: The genetic diversity of Plasmodium falciparum is one of the major obstacles to the development of immunity as well as to the therapeutic efficacy of antimalarials, since it gives the parasite the ability to evade the host immune response, generating changes in their antigenic composition, favoring the drug resistance antimalarial; This diversity allows us to establish the intensity of malária transmission in a region. The msp1, msp2, and glurp genes, which encode antigenic proteins, are highly polymorphic and therefore are commonly used as markers of P. falciparum genetic diversity. In this context, the genetic diversity of P. falciparum was evaluated using the genes coding for the MSP 1, MSP 2 and GLURP proteins of clinical isolates of children under 5 years of age in the province of Tete and Gaza. The study was cross-sectional and samples from the study "Efficacy and safety of Artemether-Lumefantrine in the treatment of uncomplicated malaria by Plasmodium falciparum", approved by the National Bioethics Committee (115 / CNBS / 2014) were analyzed A total of 163 samples collected on filter paper were analyzed and the msp1 gene region 2, the central region of the msp2 gene and the R2 region of the glurp gene were amplified using the Nested PCR technique using the primers and following the protocol described by Snounou et al (1999). Of the 163 samples, 154 (94.5%) amplified the msp 1 gene, 153 (93.9%) amplified the msp 2 gene and 122 (74.8%) the glurp gene. Seventeen genotypes for the msp1 gene, corresponding to the 3 allelic families (6 for K1, 6 for MAD20 and 5 for RO33) were observed. For the msp2 gene, 27 genotypes of the two families were found (18 for IC / 3D7 and 9 for FC27) and 9 genotypes for the glurp gene, with 17 haplotypes detected in the total. There was a high degree of genetic diversity, suggesting a large size in the parasite population and high intensity of transmission. Studying the dynamics of populations of P. falciparum is important for the monitoring of possible emergence and spread of resistance to antimalarial drugs.
keywords: Plasmodium Falciparum
Variação Genética
Issue Date: 2017
Citation: SARMENTO, Deonilde Deolinda. Diversidade genética de Plasmodium falciparum em amostras de crianças menores de 5 anos em dois distritos de Moçambique. 2017. 74 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Maputo, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Maputo
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
deonilde_sarmento_ioc_mest_2017.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.