Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/26887
Title: Tendência da mortalidade por diabetes melito no Brasil: 1950 a 2000
Other Titles: Mortality trends by the diabetes mellitus in Brazil: 1950 to 2000
Authors: Cesse, Eduarda Angela Pessoa
Carvalho, Eduardo Freese de
Souza, Wayner Vieira de
Luna, Carlos Feitosa
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva (NESC). Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva (NESC). Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva (NESC). Recife, PE, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Departamento de Saúde Coletiva (NESC). Recife, PE, Brasil.
Abstract: OBJETIVO: Analisar a tendência da mortalidade por diabetes melito em capitais brasileiras. MÉTODOS: Foi analisada a tendência temporal da mortalidade por diabetes melito em capitais brasileiras, a partir das Razões de Mortalidade Padronizadas construídas com dados de óbitos dos anuários estatísticos do IBGE e do Sistema de Informação de Mortalidade do Ministério da Saúde, no período de 1950 a 2000. RESULTADOS: Foi observado crescimento da mortalidade proporcional e da Razão de Mortalidade Padronizada por diabetes na maioria das capitais. São Paulo (SP) se destacou por apresentar mortalidades proporcionais expressivas e constantes ao longo da série, particularmente a partir de 1960. Quanto às Razões de Mortalidade Padronizadas nessa capital, bem como em Belo Horizonte (MG), onde foi observada a oscilação desses indicadores tendendo a diminuição nos últimos anos, não foram verificadas tendências significantes. CONCLUSÕES: A tendência da mortalidade por diabetes é crescente na maioria das capitais com exceção de São Paulo e Belo Horizonte, que apresentaram padrões diferentes das demais capitais.
Abstract: OBJECTIVE: To analyze mortality trend by diabetes mellitus in Brazilian capitals. METHODS: It was analyzed mortality temporal trend by diabetes mellitus in Brazilian capitals, from the death data of the statistic directory of IBGE and the System of Mortality Information of the Ministry of Health, in the period from 1950 to 2000. RESULTS: It was observed the growth of proportional mortality and the Standard Mortality Ratio by diabetes in most of the capitals. São Paulo (SP) outstood for presenting expressive and constant proportional mortalities along the series, particularly from 1960. As to the Standard Mortality Ratio in this capital, as well as in Belo Horizonte (MG), where it was noticed the oscillation of these indicators tending to decrease in the last years, it was not observed significant trends. CONCLUSIONS: Mortality trend by diabetes is increasing in most of the capitals, with the exception of São Paulo and Belo Horizonte, which have shown different patterns from the other capitals.
Keywords: Diabetes mellitus
Mortality
Trends
keywords: Diabetes melito
Mortalidade
Tendências
DeCS: Brasil / epidemiologia
Causa da Morte / tendências
Demografia
Diabetes Mellitus / mortalidade
Humanos
População urbana
Issue Date: 2009
Citation: CESSE, E. Â. P. et al. Tendência da mortalidade por diabetes melito no Brasil: 1950 a 2000. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 53, n. 6, p. 760–766, ago. 2009.
DOI: 10.1590/S0004-27302009000600011
ISSN: 1677-9487
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tendência da mortalidade por.pdf123.48 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.