Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/27467
Title: Caracterização comportamental e morfométrica da seleção sexual em machos do complexo Triatoma brasiliensis
Advisor: Costa, Jane Margaret
Members of the board: Gonçalves, Teresa Cristina Monte
Silva, Elidiomar Ribeiro da
Almeida, José Mário de
Galvão, Cleber
Felix, Márcio Eduardo
Authors: Antunes, Cauan Augusto de Oliveira
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Membros do complexo Triatoma brasiliensis são capazes e competentes de formar híbridos experimentais. Analisando suas características morfológicas, foi levantada uma hipótese sobre a possível especiação híbrida homoploidal, que poderia ter originado Triatoma brasiliensis macromelasoma no Estado de Pernambuco. Os estudos realizados sobre cruzamentos experimentais em laboratório, com várias combinações entre diferentes espécies do complexo T. brasiliensis, formaram casais que revelaram diferentes graus de afinidades reprodutivas entre as espécies. No entanto, pouco se sabe sobre o comportamento reprodutivo dos machos, frente a múltiplas escolhas. Neste estudo, foi feito um experimento inédito no grupo dos triatomíneos, onde foi analisado o comportamento de cópula de machos do complexo T. brasiliensis e, como grupo externo, Triatoma infestans, com as respectivas fêmeas. Foi analisada também a existência de possíveis características morfológicas das asas que possam estar correlacionadas aos comportamentos de cópula registrados. Espécimes do complexo T. brasiliensis (Triatoma brasiliensis brasiliensis, Triatoma sherlocki e Triatoma juazeirensis) e Triatoma infestans, como grupo externo, foram observados quanto aos seguintes parâmetros de comportamento de cópula: escolha da fêmea, tempo de deslocamento (até a fêmea e até a intenção de cópula), e cópula propriamente dita (número de tentativas, número e tipo de rejeição e ocorrência) O experimento em laboratório foi desenvolvido em uma arena na qual um macho, uma fêmea coespecífica e duas fêmeas não coespecíficas foram observados pelo período de 15 minutos. Os machos que não copularam ou copularam e fêmeas que copularam foram mantidos em etanol 70%, para posterior análise da morfometria geométrica das asas, onde foram usados os programas livres COO, Versão 45c, MOG versão 92. Os resultados demonstram que machos de T. sherlocki e T. infestans são mais ávidos à cópula, sendo aceitos pelas fêmeas de todas as espécies testadas, enquanto fêmeas de T. sherlocki só aceitaram machos coespecíficos. Fêmeas de T. b. brasiliensis são as mais suscetíveis, superando as demais em aceitação pelos machos das outras espécies. A morfometria geométrica corrobora os resultados observados no comportamento de cópula seletiva, onde o tamanho e conformação das asas não demonstraram características específicas que estivessem correlacionadas aos comportamentos de cópula mais efetivos, como os apresentados por T. sherlocki e T. infestans. As fêmeas de T. b. brasiliensis apresentam solapamento com T. juazeirensis, T. sherlocki e T. infestans, demonstrando ecletismo quanto à aceitação do parceiro. Desta forma, os resultados sugerem que a escolha para a cópula nem sempre é pela fêmea coespecífica, o que induz a uma maior diversidade genética e a formação de híbridos. Sendo assim, nas áreas de simpatria das espécies estudadas, caso não ocorram barreiras ecológicas, há a possibilidade de um processo de hibridação natural, o que pode refletir no aspecto epidemiológico, uma vez que se trata de uma região endêmica da doença de Chagas.
Abstract: Members of the Triatoma brasiliensis complex are capable and competent to form experimental hybrids. Analyzing their morphological characteristics, it was raised a hypothesis about the possible homoploidal hybrid speciation that could have originated Triatoma brasiliensis macromelasoma in the state of Pernambuco. Studies on experimental crosses in the laboratory with various combinations of different species of the T. brasiliensis complex formed couples that revealed different degrees of reproductive affinities between species. However, little is known about the reproductive behavior of males, facing multiple choices. In this study, an unprecedented experiment was carried out in the triatomine group, where the mating behavior of Triatoma brasiliensis males and as an external Triatoma infestans group were analyzed with the respective females. It was also analyzed, the existence of possible morphological characteristics of the wings that could be correlated to the recorded copula behaviors. Specimens of the T. brasiliensis complex (Triatoma brasiliensis brasiliensis, Triatoma sherlocki and Triatoma juazeirensis) and Triatoma infestans, as external group, were observed for the following copulation behavior parameters: choice of the female, time of displacement (up to the female and even the intention of copulation) and copulation itself (number of attempts, number and type of rejection and occurrence) The laboratory experiment was carried out in an arena in which one male, one female and two non-specific females were observed for a period of 15 minutes. The males that did not copulate or copulate and females that copulated were kept in 70% ethanol, for later analysis of the geometric morphometry of the wings, where they were used the free programs COO, Version 45c, MOG version 92. The results show that males of T. sherlocki and T. infestans are more frequent to copulation, being accepted by females of all species tested, whereas T. sherlocki females only accepted males. Females of T. b. brasiliensis are the most susceptible surpassing the others in acceptance by the males of the other species. Geometric morphometry corroborates the results observed in the selective copula behavior, where the size and conformation of the wings did not show specific characteristics that were correlated to the more effective copula behaviors such as those presented by T. sherlocki and T. infestans. The females of T. b. brasiliensis present overlap with T. juazeirensis, T. sherlocki and T. infestans demonstrating eclecticism regarding the acceptance of the partner. In this way, the results suggest that the choice for copulation is not always the conspecific female, which leads to greater genetic diversity and the formation of hybrids. Therefore, in the areas of sympatry of the species studied, if there are no ecological barriers, there is the possibility of a natural hybridization process, which may reflect in the epidemiological aspect, since it is an endemic region of Chagas' disease.
keywords: Etologia
Triatominae
Hibridização Genética
Doença de Chagas
DeCS: Etologia
Triatominae
Hibridização Genética
Doença de Chagas
Issue Date: 2017
Citation: ANTUNES, Cauan Augusto de Oliveira. Caracterização comportamental e morfométrica da seleção sexual em machos do complexo Triatoma brasiliensis. 2017. 78 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Saúde)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Biodiversidade e Saúde
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Saúde
Copyright: restricted access
Appears in Collections:IOC - PGBS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cauan_antunes_ioc_mest_2017.pdf3.58 MBAdobe PDF    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.