Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/27799
Title: Diferenciais intra-urbanos de vulnerabilidade da população idosa
Other Titles: Intra-urban differences in vulnerability among the elderly population
Authors: Braga, Luciana de Souza
Macinko, James
Proietti, Fernando Augusto
César, Cibele Comini
Costa, Maria Fernanda Furtado Lima
Affilliation: Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-graduação em Saúde Pública. Belo Horizonte, MG, Brasil
Department of Nutrition, Food Studies & Public Health, New York University. New York, USA
Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-graduação em Saúde Pública. Belo Horizonte, MG, Brasil
Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-graduação em Saúde Pública. Belo Horizonte, MG, Brasil/Universidade Federal de Minas Gerais. Departamento de Estatística. Belo Horizonte, MG, Brasil
Universidade Federal de Minas Gerais. Programa de Pós-graduação em Saúde Pública. Belo Horizonte, MG, Brasil/Fundação Oswaldo Cruz. Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento. Belo Horizonte, MG, Brasil/Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, Brasil
Abstract: Foi examinada a adequação de um Índice de Vulnerabilidade à Saúde (IVS) para identificar diferenciais intra-urbanos de vulnerabilidade da população idosa. Os participantes do estudo (n = 1.055) foram selecionados por meio de amostra probabilística de residentes no Município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, com mais de 60 anos de idade (média = 70,1 anos). O IVS é composto por medidas das condições socioeconômicas e por indicadores da mortalidade precoce do setor censitário. Com base no escore do IVS, o local de residência dos participantes foi classificado em estrato de riscos baixo, médio e alto. Os resultados da regressão logística ordinal multivariada mostraram associações graduadas e estatisticamente significantes entre o estrato de risco da área de residência e o ambiente físico e social, condições de saúde, comportamentos em saúde e necessidades de serviços de saúde (razões de prevalência variando entre 1,17; IC95%: 1,02-1,34 e 1,65; IC95%: 1,45-1,88). O IVS parece ser um instrumento útil para a identificação de áreas com maior necessidade de serviços sociais e de saúde entre os idosos.
Abstract: This study examined the adequacy of a health vulnerability index (HVI) for identifying intra-urban differences in vulnerability in the elderly population. Study participants (n = 1,055) were selected by probabilistic sampling of residents in the city of Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil, aged 60 years or older (mean = 70.1 years). The HVI was constructed with indicators of socioeconomic conditions and premature mortality at the census tract level. Based on its location and HVI value, each participant's household was classified as low, medium, or high-risk. Results of multivariate ordinal logistic regression models showed graded and statistically significant associations between the household's risk level and the social and physical environment, health conditions and behaviors, and health service needs (adjusted prevalence ratios ranging from 1.17; 95%CI: 1.02-1.34 to 1.65; 95%CI: 1.45-1.88). The HVI appears to be a useful instrument for identifying health and social service needs among the elderly
Keywords: Health Vulnerability
Urban Health
Aged
Health Services
keywords: Vulnerabilidade em Saúde
Saúde da População Urbana
idoso
serviços de saude
Issue Date: 2010
Publisher: Fundação Oswaldo Cruz
Citation: BRAGA, Luciana de Souza et al. Diferenciais intra-urbanos de vulnerabilidade da população idosa. Cad. Saúde Pública, v. 26, n. 12, p. 2307-2315, 2010.
DOI: 10.1590/S0102-311X2010001200009
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:MG - IRR - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diferenciais intra-urbanos de vulnerabilidade da população idosa.pdf91.14 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.