Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/28091
Title: Estudo da relação entre polimorfismos genéticos e hipermetilação de promotores gênicos e a progressão da hepatite crônica e desenvolvimento de carcinoma hepatocelular
Advisor: Araujo, Natalia Motta de
Authors: Araújo, Oscar Rafael Carmo
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O carcinoma hepatocelular (CHC) é o segundo tipo de câncer mais letal no mundo. Os principais agentes etiológicos para o CHC são os vírus da hepatite B (HBV) e da hepatite C (HCV). A hepatocarcinogênese é um processo de múltiplas etapas afetado por fatores genéticos e epigenéticos. O papel de diferentes genes, como GSTT1, GSTM1, TP53, MDM2, RASSF1A e DOK1, tem sido avaliado nesse processo. Estudos tem observado a associação de polimorfismos genéticos e da hipermetilação de regiões promotoras de genes com o desenvolvimento do CHC. Entretanto, poucos estudos analisaram pacientes brasileiros até o momento. Os objetivos deste estudo foram avaliar se a ocorrência de polimorfismos genéticos e da hipermetilação de DNA estão associados à progressão da doença hepática e o desenvolvimento de cirrose e carcinoma hepatocelular (CHC) em pacientes brasileiros com hepatite crônica. Os polimorfirmos GSTT1 nulo (deleção), GSTM1 nulo (deleção), TP53 R72P (rs1042522) e MDM2 T309G (rs2279744) foram genotipados por PCR multiplex ou PCR seguida por análise do polimorfismo dos fragmentos de restrição (PCR-RFLP) em 190 pacientes (60 com CHC, 83 com cirrose e 47 com apenas hepatite crônica) Os níveis de metilação dos promotores dos genes RASSF1A e DOK1 foram medidos por pirosequenciamento de DNA extraído de 41 amostras de tecidos de fígado conservadas em parafina (20 de CHC, 9 de cirrose e 12 de hepatite crônica), após tratamento com bisulfito de sódio e amplificação das regiões específicas por PCR. Nossos resultados demostraram que a ocorrência do genótipo polimórfico nulo para o gene GSTT1, em pacientes crônicos para a hepatite C, está associado à progressão da doença hepática para cirrose e indiretamente ao desenvolvimento de CHC (p = 0,032). Observamos também que a ocorrência do perfil genotípico simultâneo GSTT1 nulo e TP53 Pro/Pro, o perfil genotípico simultâneo GSTM1 nulo e TP53 Arg/Arg, além do perfil genotípico simultâneo GSTM1 nulo, MDM2 T/T e TP53 Arg/Arg, em pacientes crônicos para a hepatite C, estão associados ao desenvolvimento de CHC (p < 0,050). Além disso, os níveis de metilação de DNA nos promotores dos genes DOK1 e RASSF1A, em tecido hepático, foram associados a progressão da doença hepática, sendo encontrados níveis baixos em tecidos não cirróticos, intermediários em tecidos cirróticos e elevados em tecidos de CHC. Este é um estudo pioneiro no Brasil e contribui para a identificação de fatores genéticos e epigenéticos que poderão ser utilizados futuramente para a seleção de pacientes com hepatite crônica em alto risco para o desenvolvimento do CHC.
Abstract: Hepatocellular carcinoma (HCC) is the second most lethal type of cancer worldwide. The main etiological agents for CHC are hepatitis B virus (HBV) and hepatitis C virus (HCV). The hepatocarcinogenesis is a multistep process affected by both genetic and epigenetic factors. The role of different genes, such as GSTT1, GSTM1, TP53 and MDM2, has been evaluated in this process. Studies have observed the association of genetic polymorphisms and gene promoter hypermethylation with the HCC development. However, few studies have analyzed Brazilian patients so far. The aims of this study were to evaluate whether the occurrence of genetic polymorphisms and DNA hypermethylation are associated with the progression of hepatic disease and the development of cirrhosis and hepatocellular carcinoma (HCC) in Brazilian patients with chronic hepatitis. The polymorphisms GSTT1 null (deletion), GSTM1 null (deletion), TP53 R72P (rs1042522) and MDM2 T309G (rs2279744) were genotyped by multiplex PCR or PCR followed by restriction fragment length polymorphism (PCR-RFLP) analysis in 190 patients (60 with HCC, 83 with cirrhosis and 47 with only chronic hepatitis) Methylation levels of RASSF1A and DOK1 gene promoters were measured by bisulfite pyrosequencing of DNA extracted from 41 paraffin-embedded liver tissues samples (20 of HCC, 9 of cirrhosis and 12 of chronic hepatitis), after treatment with sodium bisulfite and PCR amplification of specific regions. Our results showed that the occurrence of GSTT1 null genotype in hepatitis C chronic patients is associated with the progression of liver disease to cirrhosis and indirectly to HCC development (p = 0.032). We also observed that the occurrence of the simultaneous genotypic profile GSTT1 null and TP53 Pro/Pro, the simultaneous genotypic profile GSTM1 null and TP53 Arg/Arg, and the simultaneous genotypic profile GSTM1 null, MDM2 T/T and TP53 Arg/Arg in hepatitis C chronic patients, are associated with HCC development (p < 0,050). In addition, the DNA methylation levels in DOK1 and RASSF1A gene promoters in liver tissue were associated with liver disease progression, with low levels found in noncirrhotic tissues, intermediate levels in cirrhotic tissues and elevated levels in HCC tissues. This is a pioneering study in Brazil and it contributes to the identification of genetic and epigenetic factors that may be used in the future as a selection tool of chronic hepatitis patients at high risk of HCC development.
Keywords: Hepatocellular Carcinoma
Cirrhosis
Polymorphism
DNA Methylation
keywords: Carcinoma Hepatocelular
Fibrose
Polimorfismo Genético
Metilação de DNA
Issue Date: 2018
Citation: ARAÚJO, Oscar Rafael Carmo. Estudo da relação entre polimorfismos genéticos e hipermetilação de promotores gênicos e a progressão da hepatite crônica e desenvolvimento de carcinoma hepatocelular. 2018. 159 f. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018.
Date of defense: 2018
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Parasitária
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBP - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
oscar_araujo_ioc_dout_2018.pdf4.98 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.