Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/28599
Title: Uso do pyriproxyfen em novas abordagens para controle de formas jovens e adultas de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae)
Other Titles: Use of pyriproxyfen in new approaches to control young and adult’s forms of Aedes aegypti (Diptera: Culicidae)
Advisor: Santos, Maria Alice Varjal de Melo
Members of the board: Oliveira, Cláudia Maria Fontes e
Leandro, Danilo de Carvalho
Santos, Maria Alice Varjal de Melo
Authors: Pessoa, Luiz Fernando de Freitas
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: As fêmeas de Aedes aegypti são capazes de colonizar os mais variados locais que possam acumular água no ambiente. A permanência de áreas infestadas pelo mosquito no Brasil aponta para a baixa efetividade das estratégias de controle voltadas a eliminação de criadouros do mosquito. Inseticidas químicos como o análogo do hormônio juvenil dos Insetos, pyriproxyfen (Pyr), são utilizados no tratamento de reservatórios de água potável, um dos principais tipos de criadouros no Brasil. O uso do composto associado à ovitrampa tem revelado que o mesmo pode ser levado mecanicamente para outros criadouros pelos próprios mosquitos. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar efeitos primários e secundários do Pyr sobre o potencial reprodutivo de Ae. aegypti, com ênfase aplicada ao desenvolvimento de iscas tóxicas. A exposição direta de ovos a superdosagens e de larvas a subdosagens do Pyr, revelou a inexistência de efeito ovicida e de custo biológico associado a sobrevivência dos indivíduos. Quanto à ingestão do Pyr, os mosquitos, machos e fêmeas, alimentados com 50 mg/L do composto em sangue, solução de mel (50%) ou de sacarose (20%), observou-se uma redução significativa sobre a fecundidade e a fertilidade dos indivíduos, principalmente quando alimentados com mel ou sangue tratados. Os testes em condições simuladas de campo revelaram que as fêmeas foram capazes de carrear o Pyr das unidades disseminadoras (UD) para criadouros crípticos ou não, em quantidades suficientes para eliminar mais de 90% dos indivíduos expostos. Ao combinar iscas tóxicas de carboidratos e UD tratadas com Pyr, os resultados encontrados revelaram um efeito de potencialização desta última ferramenta. O nosso estudo, de modo geral, revela que o uso conjunto das duas técnicas pode ser uma estratégia integrada e inovadora no controle de Aedes aegypti.
Abstract: The females of Aedes aegypti are able to colonize the most varied places that can accumulate water in the environment. The permanence of mosquito-infested areas in Brazil points to the low effectiveness of control strategies aimed at eliminating mosquito breeding sites. Chemical insecticides such as the insect juvenile hormone analog, pyriproxyfen (Pyr), are used in the treatment of drinking water reservoirs, one of the main types of breeding grounds in Brazil. The use of the compound associated with trap has revealed that it can be taken mechanically to other breeding sites by the mosquitoes themselves. Thus, the objective of this study was to investigate the primary and secondary effects of Pyr on the reproductive potential of Ae. aegypti, with emphasis applied to the development of toxic baits. The direct exposure of eggs to overdoses and of larvae to sub-doses of Pyr revealed the absence of ovicidal effect and biological cost associated with the survival of individuals. As for the intake of Pyr, male and female mosquitoes fed 50 mg / L of the compound in blood, honey (50%) or sucrose (20%) solution, there was a significant reduction in fecundity and fertility of individuals, especially when fed with honey or blood treated. Tests in simulated field conditions revealed that females were able to carry the Pyr from the disseminator units (UD) to cryptic breeding sites or not, in amounts sufficient to eliminate more than 90% of the exposed individuals. By combining toxic baits of carbohydrates and UD treated with Pyr, the results found revealed a potentiating effect of this latter tool. Our study, in general, reveals that the joint use of the two techniques can be an integrated and innovative strategy in the control of Aedes aegypti.
Keywords: Vector control
Insect growth regulators
Mosquitoes
keywords: Controle vetorial
Reguladores de crescimento de insetos
Mosquitos
DeCS: Aedes/efeitos de drogas
Aedes/crescimento & desenvolvimento
Controle de Mosquitos/métodos
Piretrinas/administraçäo & dosagem
Piretrinas/toxicidade
Controle de Vetores
Hormônios Juvenis
Insetos Vetores/efeitos de drogas
Inseticidas/farmacologia
Análise de Sobrevida
Bioensaio
Brasil
Reprodução/efeitos de drogas
Animais
Issue Date: 2018
Citation: PESSOA, Luiz Fernando de Freitas. Uso do pyriproxyfen em novas abordagens para controle de formas jovens e adultas de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae). 2018. 72 f. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia em Saúde) – Instituto Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2018.
Date of defense: 2018-06-26
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães.
Program: Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia em Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPBBS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Luiz Fernando - FINAL.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.