Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/28760
Title: Perfil de virulência de Paecilomyces lilacinus em modelo experimental murino imunocompetente e imunossuprimido
Advisor: Borba, Cíntia de Moraes
Conceição-Silva, Fátima
Authors: Brito, Marcelly Maria dos Santos
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Duas cepas, uma de origem humana e outra de origem ambiental, de Paecilomyces lilacinus foram avaliadas quanto à virulência utilizando dois modelos murinos experimentais: imunocompetente e imunossuprimido. Os critérios para a avaliação do perfil de virulência das cepas foram sinais clínicos e sobrevivência dos camundongos, alterações histopatológicas, índice esplênico e reisolamento de células fúngicas de diferentes órgãos. Os camundogos foram avaliados quanto ao perfil imunológico pela análise da resposta proliferativa in vitro, dosagem de IFN-y e fenótipo de células respondedoras. Na analise as cepas apresentaram características morfológicas compatíveis com as descritas na literatura. Na avaliação da virulência, no modelo murino imunocompente utilizado, foi demonstrada infecção causada pelo fungo, porém os animais não desenvolveram a doença, diferentemente do modelo imunossuprimido, o qual apresentou sinais clínicos. Ambas as cepas foram capazes de infectar os camundongos, porém a cepa de origem humana foi mais virulenta pelos critérios analisados.. Não foi possível confirmar a hipótese de reativação de infecção latente nos camundongos imunocompetentes. Na avaliação imunológica dos animais foi observado que a infecção não alterou a competência imunológica do modelo murino imunocompetente. Os camundongos imunossuprimidos não apresentaram resposta proliferativa in vitro específica nem inespecífica, o que permitiu considerar que a infecção ocorreu em ambiente de supressão da resposta imune celular
Abstract: Two strains of Paecilomyces lilacinus from humans and the environment were evaluated regarding virulence using two experimental murine models: immunocompetent and immunosuppressed. The criteria for assessment of the virulence profile of the strains were mouse clinical signs and survival, histopathological alterations, splenic index and the number of fungal cells reisolated from different organs. The mice were assessed for immunological profile by in vitro lymphoproliferative response assay, analysis of cell surface phenotyping and IFN-\03B3 production. Morphological evaluation showed that the strains presented morphological characteristics consistent with those described in the literature Use of the immunocompetent murine model demonstrated infection caused by the fungus, but the mice did not develop the disease, unlike the immunosuppressed model, which presented clinical signs. Both strains were able to infect mice, but the isolate from humans was considered more virulent according to the criteria analyzed. It was not possible to confirm the hypothesis of latent infection reactivation in immunocompetent mice. During the immunological response evaluation, observation revealed that infection did not alter the immune competence of the immunocompetent mice. The immunosuppressed mice showed no proliferative response in specific or nonspecific in vitro assays, suggesting that the infection occurred in an environment of suppressed cellular immune response
keywords: Paecilomyces
Virulência
Modelos Animais
Imunossupressão
Issue Date: 2008
Citation: BRITO, Marcelly Maria dos Santos. Perfil de virulência de Paecilomyces lilacinus em modelo experimental murino imunocompetente e imunossuprimido. 2008. 86 f. Dissertação (Mestrado em pesquisa clínica em doenças infecciosas)-Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2008.
Date of defense: 2008
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas
Program: Programa de Pós-Graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas
Copyright: restricted access
Appears in Collections:INI - PCDI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
marcelly_brito_ipec_mest_2008.pdf1.1 MBAdobe PDF    Request a copy



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.