Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/29382
Title: A formação de competências para inovar através de processos de transferência de tecnologia: um estudo de caso
Advisor: Bomtempo, José Vitor
Baetas, Rosiceli
Members of the board: Martins, José Vitor Bomtempo
Baeta, Rosiceli Barreto Gonçalves
Proença, Adriano
Homma, Akira
Quental, Cristiane Machado
Seidl, Peter
Borschiver, Suzana
Authors: Barbosa, Antonio de Pádua Risolia
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este trabalho analisa como a capacitação tecnológica e inovadora de indústrias baseadas em ciências, que operam em países de industrialização tardia, pode ser desenvolvida através de processos de transferência de tecnologia. Para verificar essa hipótese são identificados quais os fatores envolvidos nos processos de transferência de tecnologia que influenciam na formação de capacidade tecnológica. Realiza-se um estudo de caso na indústria de imunobilógicos, analisando quais dos fatores que influenciam na formação de capacidade tecnológica estavam presentes em quatro processos de transferência de tecnologia, realizados por um Instituto produtor em décadas distintas. Por fim, verifica-se o grau de desenvolvimento atual das competências para inovar da organização. O estudo mostrou que dependendo dos fatores internos à organização a transferência de tecnologia pode ou não formar competências inovadoras. Essa formação é fortemente favorecida pela existência prévia de uma estrutura formal de desenvolvimento tecnológico e, no caso analisado, verificou-se que a aprendizagem de atividades subjacentes à tecnologia impulsionou o sistema de qualidade do Instituto, permitindo que os conhecimentos adquiridos fossem estendidos aos demais processos produtivos existentes na Unidade. O Instituto desenvolveu capacidades tecnológicas básicas através de aquisição externa de tecnologia e que busca atingir características inovadoras. A percepção atual dos funcionários do Instituto, em relação ao nível de desenvolvimento das competências organizacionais para inovar no Instituto, indica que apesar do esforço na aquisição de tecnologias e conhecimento externo esse ainda não se traduz na conversão do conhecimento individual em conhecimento organizacional. A visão das pessoas que trabalham no Instituto é que o Instituto encontra-se em fase de transição onde ele já desenvolveu competências tecnológicas, possui um grande estoque de conhecimentos, porém ainda precisa desenvolver novas formas de gestão para formar as competências essências para inovar.
Abstract: This study analyzes how the technological and innovative competence in the sciences based industries which operate in developing countries can be developed through technology transfer processes. To verify this it is identified which factors are involved in the technology transfer processes that influence in the formation of technological capability. A case study id done in the vaccine industry analyzing which identified factors influenced in the formation of technological capacity in the four technology transfer processes carried by the organization through distinct decades. Finally, the current development degree of the competences to innovate is verified by organization employee’s view. The study showed that depending on the internal factors owned by the organization the technology transfer can or can not form innovative capabilities. This formation is strongly favored by the previous existence of technological development activities and in the analyzed case was verified that the learning of technology underlying activities stimulated the Institute quality system, allowing that the acquired knowledge were extended to the other existing productive processes in the organization. The Institute developed basic technological capacities through external acquisition of technology and it is searching to reach innovative competences. The current perception of its employees on the development level of the organizational capabilities to innovate indicates that although the effort in the acquisition of technologies and external knowledge this is not yet expressed in the conversion of the individual knowledge in organizational knowledge. The employee’s sight is that the Institute meets the transition phase where it already developed technological abilities, possess a great stock of knowledge, however still needs to develop new management ways to form the core competences to innovate.
Keywords: Organizational capabilities to innovation
Technological competence
Technology transfer
Imnunobiological
keywords: Tecnologia
Competências organizacionais para inovar
Capacidade tecnológica
Transferência de tecnologia
Imunobiológicos
DeCS: Tecnologia
Transferência de Tecnologia
Issue Date: 2009
Citation: BARBOSA, Antonio de Pádua Risolia. A formação de competências para inovar através de processos de transferência de tecnologia: um estudo de caso. 2009. 234 f. Tese (Doutorado em em Ciências) - Escola de Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.
Date of defense: 2009
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Química. Sub Área de Gestão e Inovação Tecnológica.
Defense institution: Universidade Federal do Rio de Janeiro. Escola de Química. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Program: Programa de Pós-Graduação em Processos Químicos e Bioquímicos.
Copyright: open access
Appears in Collections:Biomanguinhos - Teses de Doutorado dos Profissionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bio-0029.pdf2.37 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.