Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/30228
Title: Taxonomia integrada de espécies de Triatoma Laporte, 1832 (Hemiptera: Reduviidae: Triatominae) do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil
Advisor: Galvão, Cleber
Braga, Marina Vianna
Authors: Coutinho, Carolina Branco Dale
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A doença de Chagas tem como agente etiológico o Trypanosoma cruzi, que é transmitido ao homem e a outros mamíferos através das fezes infectadas de triatomíneos. Na década de 1980, o Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, apresentava um dos maiores índices de infestação domiciliar e altas taxas de soroprevalência do país. Após a eliminação do Triatoma infestans, outros vetores vêm sendo mais frequentemente encontrados em domicílios e peridomicílios. Das 80 espécies do gênero Triatoma, dez podem ser encontradas no Rio Grande do Sul. Devido à ausência de uma vacina e drogas mais eficazes, os programas de controle permanecem fundamentados no combate aos vetores, sendo preciso investir na elaboração de planos de vigilância e controle baseados na correta identificação desses insetos. Os objetivos do presente trabalho foram analisar e comparar, através da taxonomia integrada (morfologia, morfometria geométrica, análise de hidrocarbonetos cuticulares e biologia molecular), as espécies afins de Triatoma encontradas no Estado do Rio Grande do Sul. Foram coletados espécimes de triatomíneos em 13 municípios, identificados como Triatoma. circummaculata, Triatoma pintodiasi e Triatoma rubrovaria. Foi constatado que estas espécies apresentam um polimorfismo cromático de pronoto muito maior do que aqueles descritos na literatura, porém distinguir essas espécies utilizando essa característica não é possível Nossos resultados de morfometria geométrica associados aos de hidrocarbonetos cuticulares mostram que os espécimes de T. rubrovaria que apresentam coloração amarela parecem ser uma espécie diferente das demais, e que T. pintodiasi mesmo apresentando variação cromática aparece como uma linhagem independente. A análise dos hidrocarbonetos cuticulares se mostrou como uma ferramenta útil na diagnose desse grupo de espécies de triatomíneos e esta foi a primeira vez que se utilizou toda a série tipo desse grupo para comparação de seus espécimes. A análise morfométrica da espécie T. circummaculata demonstra que os espécimes coletados no Estado do Rio Grande do Sul diferem da sua série tipo indicando que são uma entidade taxonômica diferente. Os dados de biologia molecular foram inconclusivos para caracterização dessas espécies, sendo necessárias outras análises.
Abstract: Chagas disease is transmitted to man and other mammals through infected feces of triatomines containing the ethiological agent Trypanosoma cruzi. During the 1980\2019s, the State of Rio Grande do Sul, Brazil, presented one of the highest rates of house infestation and high rates of seroprevalence in the country. After the elimination of Triatoma infestans, other vectors have been found more frequently in households and peridomestic places. Of the 80 species of the Triatoma genus, ten can be found in Rio Grande do Sul. Due to the absence of a vaccine and more effective drugs, control programs remain based on the vector control, and it is necessary to invest in surveillance programs and control plans based on the correct identification of these insects. The objectives of the present work were to analyze and compare, using integrated taxonomy (morphology, geometric morphometry, cuticular hydrocarbon analysis and molecular biology), the related Triatoma species found in the State of Rio Grande do Sul. Triatomine specimens were collected in 13 municipalities, identified as Triatoma circummaculata, Triatoma pintodiasi and Triatoma rubrovaria Those species showed a higher chromatic polymorphism of the pronotum than described in the literature. but distinguishing these species using this character, was not possible. Our results of geometric morphometry associated with cuticular hydrocarbon analysis show that T. rubrovaria specimens presenting yellow coloration appear to be a different species, and T. pintodiasi, even presenting chromatic variation, appears as an independent lineage. The analysis of cuticular hydrocarbons proved to be a useful tool in the diagnosis of this group of species, and this was the first time that the type series was used to compare their specimens. The morphometric analysis of T. circummaculata demonstrated that the specimens collected in the State of Rio Grande do Sul differ from their type series, indicating that they are a different taxonomic entity. Molecular biology data were inconclusive for the characterization of these species, and other analyses are necessary.
keywords: Doença de Chagas
Insetos Vetores
Hidrocarbonetos
Triatoma
Classificação
Issue Date: 2017
Citation: COUTINHO, Carolina Branco Dale. Taxonomia integrada de espécies de Triatoma Laporte, 1832 (Hemiptera: Reduviidae: Triatominae) do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. 2017. 100 f. Tese (Doutorado em Biodiversidade e Saúde)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2017.
Date of defense: 2017
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGBS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
carolina_coutinho_ioc_dout_2018.pdf6.05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.