Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/30259
Title: Qualidade das revisões sistemáticas brasileiras da área médica e saúde pública em periódicos nacionais
Authors: Berbert, Martha Silvia Martínez Silveira
Calcagno, Juan Ignácio
Silva, Cícera Henrique da
Sampaio, Ana Maria Fiscina Vaz
Boa Morte, Adelvani Araújo
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz. Salvador, Bahia, Brasil
Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Maternidade de Referencia Prof. José Maria de Magalhães Netto
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz. Salvador, Bahia, Brasil
Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz. Salvador, Bahia, Brasil
Abstract: As revisões sistemáticas (RS) são um método para reunir, avaliar criticamente e sintetizar informações validas provenientes dos estudos originais com o propósito de responder perguntas importantes para a saúde. Constituem fonte de informação para as decisões de saúde do mais alto valor. A qualidade das RS é um ponto crucial para os tomadores de decisões, e há dificuldades na aplicação do método. Frequentemente revisões avaliadas apresentam baixa ou moderada qualidade. Os periódicos científicos aumentaram a publicação de RS e através da revisão por pares e normas de submissão podem contribuir com sua qualidade. OBJETIVO: verificar a qualidade das RS brasileiras publicadas em periódicos brasileiros e confrontar com as normas de publicação destes periódicos. METODOLOGIA: Levantamento das RS brasileiras quantitativas publicadas em 2011 em periódicos brasileiros da área de medicina e saúde pública. Aplicação da ferramenta AMSTAR. Levantamento de normas de publicação dos periódicos selecionados para saber se estabelecem normas especificas e ferramentas validadas para submissão de RS. Confronto entre a qualidade das RS selecionadas e as normas de submissão. RESULTADOS: A qualidade das revisões publicadas em 2011 em periódicos brasileiros é predominantemente baixa, apenas 2 atingiram alta qualidade, entanto que 13 foram de moderada e 28 de baixa qualidade. Um periódico tem normas específicas e exige seguir um modelo validado e não obteve nenhuma RS de baixa qualidade. 53,8% especifica que aceita RS, mas não exige padrão para a submissão. CONCLUSOES: Para que as revisões sistemáticas brasileiras posam ser levadas em consideração para decisões em saúde é necessário que se preze pela alta qualidade, especialmente procurando seguir padrões validados internacionalmente. As normas de submissão em periódicos brasileiros selecionados neste estudo evidencia que não há, em sua maioria, exigência explícita sobre qualidade da RS submetida, ficando a pergunta: como será que estão sendo avaliadas estas revisões antes de serem publicadas.
keywords: Revisão sistemática
Periódicos nacionais
Saúde pública
Issue Date: 2012
Citation: BERBET MARTINEZ-SILVEIRA, Martha Silvia et al. Qualidade das revisões sistemáticas brasileiras da área médica e de saúde pública publicadas em periódicos nacionais. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 13., 2012. Rio de Janeiro. Comunicação oral... Rio de Janeiro: PPGCIS/ICICT/FIOCRUZ/ANCIB, 2012
Description: CONFLITOS DE INTERESSE: Os autores declaram não existirem conflitos de interesse para a realização deste trabalho
Copyright: open access
Appears in Collections:ICICT - Trabalhos Apresentados em Eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QUALIDADE DAS REVISOES.pdf128.57 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.