Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/30338
Title: Propagação in vitro de Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes sob a ação de diferentes concentrações de Ácido Indolacético
Authors: Silva, Simone da
Pinheiro, Ester Neta
Assunção, Laís Medeiros
Silva, Efigênia Lopes
Rodrigues, Daniele Carvalho
Ferreira, Flávio Freires
Marinho, Vitor Rafael Pereira
Astolfi-Filho, Spartaco
Affilliation: Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Centro de Biotecnologia da Amazônia. Coordenação de Biotecnologia Vegetal. Manaus, AM, Brasil.
Universidade Federal do Amazonas. Centro de Apoio Multidisciplinar. Manaus, AM, Brasil.
Abstract: Psychotria ipecacuanha, é uma planta medicinal nativa da América com a maior área de ocorrência no Estado de Mato Grosso - Brasil, críticamente ameaçada devido à sobreexploração das populações naturais. Devido à dificuldades na propagação convencional, o objetivo deste estudo foi a avaliação do efeito de diferentes concentrações do regulador de crescimento ácido indolacético (AIA) na propagação in vitro de P. ipecacuanha. Segmentos nodais foram cultivados em meio de Murashige e Skoog (MS) sem reguladores de crescimento (controle) e suplementado com quatro concentrações (0,05; 0,5; 1,5 e 2,0 mg.L-1) de AIA, em meios semi-sólidos. Após 60 dias de cultivo, segmentos nodais (n=30) cultivados em meio de Murashige & Skoog (MS) suplementado com 0,05 mg.L-1 de AIA produziram, em média, 4,56 segmentos nodais por explante, cujas plântulas foram aclimatizadas com sucesso, sem exibição de qualquer anomalia morfológica ou variação.
Abstract: Psychotria ipecacuanha is a medicinal plant that is native to the Americas with the largest area of occurrence in the State of Mato Grosso in Brazil. It is critically endangered due to overexploitation of natural populations. Due to difficulties in conventional propagation, the aim of this study was to evaluate the effect of different concentrations of the growth regulator indoleacetic acid (IAA) on in vitro propagation of this species. Stem node explants were cultured in Murashige and Skoog medium (MS) without growth regulators (control) and supplemented with four concentrations (0.05, 0.5, 1.5 and 2.0 mg.L-1) of indoleacetic acid (IAA) in semisolid media. After 60 days of cultivation, nodal segments (n=30) grown in Murashige & Skoog (MS) medium supplemented with 0.05 mg.L-1 of IAA produced on average 4.56 nodal segments per explant. The seedlings were successfully acclimatized without detection of any morphological anomalies or variation.
keywords: Plant biotechnology
Tissue culture
Micropropagation
Rubiaceae
Ipecac
Issue Date: 2018
Citation: SILVA, Simone da et al. Propagação in vitro de Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes sob a ação de diferentes concentrações de Ácido Indolacético. Revista Fitos, Rio de Janeiro, v. 12, n. 3, p. 263-268, out. 2018.
DOI: 10.17648/2446-4775.2018.620
ISSN: 2446-4775
Copyright: open access
Appears in Collections:Farmanguinhos - Revista Fitos - Volume 12 - Número 3

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
simone_et_all.pdf205.97 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.