Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/30860
Title: Um estudo qualitativo sobre a circulação institucional de adolescentes em situação de rua em Niterói, Rio de Janeiro: percursos e percalços
Other Titles: A qualitative study on the institutional circulation of street adolescents in Niterói, Rio de Janeiro: pathways and mishaps
Advisor: Avanci, Joviana Quintes
Silveira, Liane Maria Braga
Authors: Gonçalves, Juliana Maciel
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este trabalho tem como objetivo compreender a circulação institucional dos adolescentes em situação de rua no contexto do uso de drogas no município de Niterói/Rio de Janeiro. Situa a discussão a partir de referenciais teóricos sobre o fenômeno da população de rua de crianças e adolescentes, das questões suscitadas no contexto da exclusão social e da mobilidade, dos conceitos de circulação e viração, a caracterização da adolescência e dos serviços voltados a garantia dos direitos, proteção e cuidado com os mesmos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa baseada no método etnográfico e realizada no município de Niterói, Rio de Janeiro. Participaram do estudo dois adolescentes em situação de rua e que fazem uso de drogas, e quatro profissionais que atuam na assistência e no cuidado desta população na rede do município citado. Os resultados mostram que existe falta de integralidade dos serviços destinados ao cuidado e proteção da população estudada, e ausência de constituição desses espaços enquanto lugares que considerem suas escolhas, suas urgências e sua subjetividade. Esses aspectos foram pontos cruciais e críticos nos processos de desvinculação dos adolescentes em situação de rua aos serviços pesquisados, questão característica dessa população. Os históricos de vida dos adolescentes em situação de rua demonstrou que, apesar de haver uma cobertura dos serviços nos territórios, a exclusão e a violência também se reproduziram nos espaços institucionais e se perpetuam nas experiências de rua. A partir da fixação nos territórios das ruas e da natureza da realidade vivenciada neste contexto, onde a transitoriedade impõe circular e se virar entre diferentes espaços, incluindo os institucionais, é possível refletir sobre o papel e o lugar das instituições atuantes na garantia de direitos e proteção desta população. Neste sentido, observou-se que, além das instituições serem constituídas enquanto pontos estratégicos dentro da lógica da viração e da circulação, a apropriação destes espaços, dada através da construção de vínculos e afetos é potencialmente capaz de interferir na lógica permanente da circulação, observada pela capacidade de perspectivar o futuro fora do âmbito das ruas.
Abstract: This paper presents the trajectories carried out by street adolescents in the city of Niterói, RJ, focusing the discussion on theoretical references to the street population as a phenomenon and the context of social exclusion and mobility. We also focus on the characterization of adolescence and the services aimed at guaranteeing the rights, protection and care to the adolescents. We analyze their institutional trajectories, especially from the point of drug consumption, and identify the perceptions of professionals who work in the service network to this population segment, especially in relation to the current models of care and protection to childhood and adolescence. The analysis of the trajectories in the network showed that even in some services and institutions that had been accessed by the adolescents in their life previously to the street situation, the lack of integrality and the non-constitution of these spaces as places even within community and territorial care services were crucial points in the untying process, which is typical in this population. The life story of some street adolescents has shown that, despite the coverage of services in the territories before and after the connection with the street, exclusion and violence have also been reproduced in the institutional spaces and perpetuated in the experiences in the street. From the fixation in the territories of the streets and the nature of the reality lived in this context, where the transitoriness imposes to circulate and get by between different spaces including the institutional ones it is possible to reflect on the role and the place of the institutions acting in the guarantee of rights and protection for this population. In this sense, it was observed that besides the institutions being constituted as strategic points within the logic of getting by and circulation, the appropriation of these spaces, given through the construction of bonds and affections, is potentially able to interfere in the permanent logic of circulation, observed by the ability to forecast the future outside the scope of the streets.
Keywords: Adolescent
People in street situation
Drugs consumption
keywords: Rede de atenção à infância e adolescência
Situação de rua
Uso de drogas
DeCS: Adolescente Institucionalizado
Sistemas de Apoio Psicossocial
Jovens em Situação de Rua
Issue Date: 2018
Citation: GONçALVES, Juliana Maciel. Um estudo qualitativo sobre a circulação institucional de adolescentes em situação de rua em Niterói, Rio de Janeiro: percursos e percalços. 2018. 126 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018.
Place of defense: Rio de Janeiro
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
juliana_maciel.pdf932.5 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.