Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/30991
Title: Detecção de vírus gastroentéricos e caracterização molecular dos rotavírus em crianças hospitalizadas com diarreia aguda e comorbidades na cidade de Maputo, Moçambique
Advisor: Carvalho-Costa, Filipe Anibal
Jani, Ileshi Vinodrai
Authors: Chilaúle, Jorfélia José
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: As gastroenterites virais estão entre as mais importantes causas de morbidade e mortalidade em crianças com menos de cinco anos de idade, principalmente nos países em desenvolvimento. Este estudo teve como objetivos i) descrever a frequência de detecção de rotavírus do grupo A (RV-A), norovírus (NoV) e astrovírus humanos (HAstV); ii) caracterizar molecularmente os RV-A. Para tal, foram coletadas 123 amostras fecais de crianças no Hospital Geral de Mavalane, cidade de Maputo, Moçambique, entre novembro 2011 e fevereiro de 2012. Os testes laboratoriais foram realizados no Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental (LVCA). O RV-A foi detectada por electroforese em gel de poliacrilamida (PAGE) e ensaio imunoenzimático (EIE), enquanto NoV e HAstV foram detectadas por RT-PCR. A caracterização molecular de G-tipo dos RV-A foi realizado pelo sequenciamento da VP7 e P-tipo através de semi-nested PCR multiplex Todas crianças foram hospitalizadas com diarréia, entretanto, a maioria também apresentava outros quadros infecciosos (comorbidades), como a malária (23,6%), infecções respiratórias agudas (21,1%), HIV / SIDA (13,8%) e desnutrição protéico-calórica (30,1%). Os agentes virais foram detectados em 27 (22%) das crianças estudadas. RV-A, NoV e HAstV foram detectadas em 4 (3,3%), 13 (10,6%), e 10 (8,1%) crianças, respectivamente. Das treze amostras positivas para NoV, oito foram classificadas como sendo do genogrupo II (GII) e uma do genogrupo I (GI). Três amostras positivas para RV-A foram genotipadas, duas foram caracterizadas como G12P[6] e outra como G12P[8]. A alta frequência de comorbidades pode explicar a detecção relativamente baixa de agentes virais, especialmente RV-A. A presença de RV-A G12 em Moçambique ilustra a emergência deste genótipo, como observado em outros países. Este é o primeiro estudo que aborda a caracterização molecular de RV-A e a descrição da ocorrência de NoV e HAstV em Moçambique. Os resultados encontrados neste estudo demonstram a importância de se estabelecer uma vigilância ativa da síndrome diarréica no país.
Abstract: Viral gastroenteritis is considered one of the most important causes of morbidity and mortality in children under five years old, mainly in developing countries. This study aims to describe i) the frequency of rotavirus (RV-A), norovirus (NoV) and human astrovirus (AstV) and ii) molecular characterization of RV-A. Among 123 fecal samples of children hospitalized with diarrheal disease were collected at the Mavalane General Hospital, City of Maputo, Mozambique, between November 2011 and February 2012. Laboratory tests were performed at the Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental (LVCA). RV-A was detected by polyacrylamide gel electrophoresis (PAGE) and EIE while NoV and HAstV were detected by RT-PCR. The molecular characterization of G-type RV-A was performed by sequencing the VP7 and p-type through semi-nested nultiplex PCR Most of the children also had other infectious condictions (comorbidities) such as malaria (23.6%), acute respitratory infection (21.1%), HIV (13.8%) and protein-caloric malnutrition (30.1%). Viral agents were detected in 27 (22%) of children. RV-A, NoV and HAstV were detected in 4 (3.3%), 13 (10.6%), and 10 (8.2%) children, respectively. Of the thirteen samples positive for norovirus, eight belonged to genogroup II (GII) and one genogroup I (GI). Three RV-A-positive samples could be genotyped, two were characterized as G12P[6] and one as G12P[8]. The high frequency of comorbid conditions may explain the relatively low detection rate of viral agents, especially RV-A. In this context, in the studied setting, hospitalization for diarrheal disease seems to be part of a more complex clinical picture, with the primary diagnosis of acute gastroenteritis being less common. The presence of RV-A G12 in Mozambique illustrates the emergence of this genotype, as observed in other countries. This is the first study of RV-A molecular characterization and description of occurrence of norovirus and astrovirus in Mozambique. The results found in this study demonstrate the importance of active surveillance in this country.
keywords: Gastroenterite
Infecções por Rotavirus
Comorbidade
Criança Hospitalizada
Issue Date: 2012
Citation: CHILAÚLE, Jorfélia José. Detecção de vírus gastroentéricos e caracterização molecular dos rotavírus em crianças hospitalizadas com diarreia aguda e comorbidades na cidade de Maputo, Moçambique. 2012. 107 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2012.
Date of defense: 2012
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
jorfelia_chilaule_ioc_mest_2012.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.