Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31065
Title: A salutogenic approach to oral health promotion
Other Titles: Uma abordagem salutogênica à promoção da saúde bucal
Authors: Silva, Andréa Neiva da
Mendonça, Maria Helena Magalhães de
Vettore, Mario Vianna
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Os referenciais teóricos para a promoção da saúde que priorizam os determinantes sociais da saúde bucal têm destacado abordagens promissoras para melhorar a saúde bucal das populações e reduzir as iniqüidades em saúde bucal. Nas duas últimas décadas, a teoria salutogênica tem merecido destaque no campo da promoção da saúde geral, mas não especificamente na promoção da saúde bucal. Ao invés de priorizar fatores de risco e mudanças comportamentais, a teoria destaca a importância dos recursos e da capacidade de utilizá-los. O constructo central do modelo, chamado senso de coerência (SOC), sugere explicações para a relação entre estressores e status de saúde. Quanto mais elevado o SOC, maior a capacidade dos indivíduos para lidar com os estressores e, portanto, manter a própria saúde. O artigo discute o potencial da teoria salutogênica no sentido de orientar o desenvolvimento de ações nos cinco campos da promoção da saúde bucal: criação de ambientes favoráveis à saúde; elaboração e implementação de políticas públicas saudáveis; fortalecimento da ação comunitária; desenvolvimento de habilidades pessoais e reorientação dos serviços de saúde. A teoria pode servir como referencial teórico para o desenvolvimento de ações de promoção da saúde bucal que objetivem fortalecer os recursos disponíveis,criar outros melhores e permitir que as pessoas os identifiquem e deles possam se beneficiar.
Abstract: Theoretical frameworks on health promotion focusing on social determinants of oral health have highlighted promising approaches for improving the oral health of populations and reducing inequities in oral health. In the last two decades the salutogenic theory has gained ground in the field of health promotion, but not in oral health promotion. Instead of focusing on risk factors and behavior change, the theory highlights the importance of resources and the ability to use them. The model's central construct, sense of coherence (SOC), suggests explanations of the relationship between life stressors and health status. The stronger the SOC, the more successfully people will cope with stressors and thus maintain their health. This paper discusses the potential of the salutogenic theory to guide the development of actions in the five fields of oral health promotion: creating supportive environments; promoting health through public policy; strengthening community action; developing personal skills; and reorienting health services. The theory can serve as a framework for oral health promotion measures that strengthen the available resources, create better ones, and enable people to identify and benefit from them.
Keywords: Health Promotion
Oral Health
Social Conditions
keywords: Promoção da Saúde
Saúde Bucal
Condições Sociais
DeCS: Health Promotion
Oral Health
Social Conditions
Issue Date: 2008
Publisher: Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca
Citation: SILVA, Andréa da; MENDONÇA, Maria Helena Magalhães de; VETTORE, Mario Vianna. A salutogenic approach to oral health promotion. Cadernos de Saúde Pública, v. 24, n. 16, p. 1-10, 2008.
DOI: 10.1590/S0102-311X2008001600005
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A salutogenic approach to oral health promotion.pdf105.32 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.