Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31084
Title: Evidências de Sinatropização de mosquitos (DIPTERA: Culicidae) em um assentamento rural na Amazônia brasileira
Advisor: Pessoa, Felipe Arley Costa
Members of the board: Luz, Sergio Luiz Bessa
Sampaio, Vanderson de Souza
Authors: Feijó, Jéssica Almeida
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Pesquisas Leônidas e Maria Deane. Manaus, AM, Brasil.
Abstract: A fragmentação de florestas, ocasionada pelo homem, modifica os ecossistemas e estruturas de comunidades da flora e fauna, incluindo a composição da fauna de mosquitos; devido aos impactos nos seus ciclos de vida, taxas de reprodução, abundância e riqueza de espécies, essas alterações provocam a emergência e reemergência de doenças veiculadas por mosquitos. Este estudo avaliou a sinantropização de mosquitos, por meio da presença de imaturos, em uma comunidade rural amazônica, em duas paisagens com diferentes graus de antropização. Para a coleta dos imaturos foram utilizadas larvitrampas de internódio de bambu, recipiente plástico e pneu, entre os ambientes de floresta, borda de floresta e peridomicílio. Estes ambientes foram alocados dentro de duas paisagens, delimitadas em perímetros de 200m dos seguintes critérios: com alta densidade populacional (>15 moradores) e alto desmatamento (>43% de área desmatada) e outra com baixa densidade populacional (<=15 moradores) e baixo desmatamento (<=43% área desmatada). Foram coletados 10.131 imaturos, e em seguida criados em laboratório até larva madura ou adultos, e identificados em 20 espécies. As espécies de mosquitos mais abundantes foram Culex urichii (29,5%), Trichoprosopon digitatum (27,1%) e Cx. (Melanoconion) spp (10,4%). Não houve diferença entre diversidade e equitabilidade da composição de espécies entre as categorias (p=0.7495). Nos ambientes amostrados em relação às comunidades de mosquitos, borda de floresta apresentou maior diversidade, peridomicílio com maior equitabilidade e em floresta, maior abundância (p=0,0010). Entre as larvitrampas analisadas, o recipiente plástico registrou maior diversidade e equitabilidade de espécies, enquanto que pneu foi mais abundante, essas diferenças foram significantes (p=0,0005). Neste estudo, Aedes albopictus demonstrou ser uma espécie sinantrópica, enquanto que Cx. urichii e Limatus durhamii tenderam à sinantropização. Espécies tipicamente silvestres, Sabethes chloropterus e Sa. glaucodaemon, foram coletadas em peridomicílio. Os resultados indicaram que os mosquitos da região exploraram ambientes florestais e antrópicos para a reprodução, o que representa um risco de transmissão de diversas doenças zoonóticas aos moradores do assentamento.
Abstract: The forest fragmentation caused by humans, modifies ecosystem structures of flora and fauna communities, including mosquitoes. Forest fragmentation can impacts on mosquito species life cycles, reproduction rates, abundance and richness of species and then may affect the emergence and reemergence of mosquito-borne diseases. This study used the presence of mosquitoes immature, in a rural Amazon community in two of different degrees of anthropic impact landscapes, to evaluate the synanthropization process. Bamboo internode, plastic containers and tires were used as larval-traps to cacth immatures from the three different environments: forest, forest edge and peridomicile. These environments were allocated within two landscapes, delimited in perimeters of 200m, according to two criteria, a high population density (> 15 residents) and high deforestation (> 43% of deforested area) and another one with low population density (< = 15 residents) and low deforestation (< = 43% deforested area). A total of 10.131 immature mosquitoes were collected and reared in the laboratory to mature larvae or adults from which 20 species were identified. The most abundant mosquitoes species were Culex urichii (29,5%), Trichoprosopon digitatum (27,1%) and Cx. (Melanoconion) spp (10,4%). No difference between diversity and equitability of species composition among the categories was detected (p = 0.7495). In relation to mosquitos community composition, the forest edge zone presented greater diversit; peridomicile greater equitability; forest greater abundance (p = 0.0010). Comparing the larval-traps analyzed, the plastic container captured greater diversity and equitability of species, while the tire trap caught greater abundance of species (p = 0.0005). In the study, Aedes albopictus appeared as a synanthrope species, whereas Cx. urichii and Limatus durhamii tended to synanthropization. Other typically wild species such as Sabethes chloropterus and Sa.glaucodaemon, were collected in the peridomicile, as well as the household species Ae.albopictus in the forest. The results indicated that the region´s mosquitoes exploit both forest and anthropic environments for breeding, which present a variety zoonotic disease risks for the residents of this settlement.
Keywords: Anthropic processes
Environmental changes
keywords: Processos antrópicos
Sinantropização
Issue Date: 2018
Citation: FEIJÓ, Jéssica Almeida. Evidências de Sinatropização de mosquitos (DIPTERA: Culicidae) em um assentamento rural na Amazônia brasileira. 2018. 124 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz, Manaus, 2018.
Date of defense: 2018-08-24
Place of defense: Manaus, AM
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Leônidas e Maria Deane
Program: Programa de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia
Copyright: open access
Appears in Collections:AM - ILMD - PPGVIDA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Jéssica Almeida Feijó.pdf5.31 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.