Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31096
Title: O público potencial escolar do Museu da Vida: um estudo exploratório em escolas da zona norte da cidade do Rio de Janeiro
Advisor: Guimarães, Vanessa Fernandes
Authors: Cabral, Eliza da Cunha
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Casa de Oswaldo Cruz. Programa de Pós-Graduação em em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: O mundo contemporâneo é cercado pela ciência e tecnologia, o que torna o conhecimento sobre esses assuntos fundamentais para as pessoas. Um dos fatores para a inclusão social do brasileiro, segundo Moreira (2006), é ter a oportunidade de adquirir conhecimento básico sobre ciência e o seu funcionamento, para que assim possa compreender o seu entorno e opinar politicamente com conhecimento de causa. O acesso e o contato com informações sobre a ciência e tecnologia podem acontecer em diversos locais e o museu de ciência é um deles. De acordo com Falk e Dierking (2010), a maior parte da aprendizagem no campo de ciências é realizada nas atividades fora da escola e os museus de ciência desempenham um importante papel neste processo. Neste sentido, o objetivo desta pesquisa foi investigar os motivos pelos quais escolas públicas situadas em áreas próximas ou de influência do Museu da Vida, ainda não o visitaram. Para tal, o estudo empregou uma abordagem qualitativa, com uma amostra não probabilística e não representativa de 14 escolas públicas municipais situadas em bairros vizinhos. O instrumento de pesquisa foi um questionário semiestruturado composto de questões abertas e fechadas, aplicado pela pesquisadora à equipe diretiva, coordenadores pedagógicos e professores de ciências, os quais disseram ser responsáveis pelo processo de seleção das atividades complementares realizadas pelas escolas em questão. As questões fechadas foram tabuladas no software Microsoft Excel® e as respostas às questões abertas foram analisadas pelo método do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados indicaram que os principais fatores que dificultam a realização de atividades complementares no espaço extraescolar são a falta de transporte, verba reduzida da escola e a violência urbana. Com relação ao Museu da Vida, os respondentes expressaram o desejo e apontaram a necessidade de uma aproximação maior do Museu com as escolas, além da diversificação e ampliação da divulgação feita por este. Os respondentes também levantaram a questão da oferta de ônibus, o que mostrou que muitos deles não sabiam da existência do “Expresso da Ciência”, o ônibus ofertado pelo Museu para as visitas escolares. Devido a importância do Museu da Vida para a educação não formal de ciência nesta região, que dispõe de tão poucos equipamentos culturais desta natureza, é essencial que este se aproxime dessas escolas localizadas em comunidades carentes. Esta aproximação possibilitará aos alunos destas instituições ter um maior contato com o conhecimento científico. Além disso, é recomendável que o Museu da Vida diversifique suas formas de divulgação para que possa atingir um número maior de escolas e busque outras maneiras de aproximação destas.
Abstract: The contemporary world is surrounded by science and technology, which makes knowledge about these issues fundamental for people. Moreira (2006) postulates that one of the factors that contributes for the social inclusion of Brazilians is to have opportunity to acquire basic knowledge about science and how it works, so they can understand their surroundings and be able to exercise an informed citizenship. Access and contact with information about science and technology can happen in several places, including science museums. Falk and Dierking (2010), advocates that most of the science learning takes place in activities outside the school and that science museums play an important role in this process. In this context, this research aimed to investigate why public schools located in nearby neighbors have not yet visited the Museum of Life. This study adopted a qualitative approach, with a non-probabilistic and nonrepresentative sample of 14 public schools. The research instrument was a questionnaire composed of open and closed questions, applied by the researcher to the school staff, mostly directors, pedagogical coordinators and science teachers, who claimed to be responsible for the selection of the complementary activities carried out by the sampled schools. The closed questions were processed using Microsoft Excel® software and the answers to the open questions were analyzed by the method of the Discourse of Collective Subject. The results suggested that the main factors that hinder the development of complementary activities out of school, specially visits to museums, are the lack of transportation, reduced budget of the school and urban violence. In relation to the Museum of Life, the respondents expressed a desire for a greater proximity between the museum and the schools. It was also suggested that the Museum should diversify and expand the media used for advertising it’s activities to schools. Many of the subjects ignored the existence of the "Science Express", the bus offered on demand by the museum for school trips. The Museum of Life has an important role for the non-formal science education in this region of the city of Rio de Janeiro, which has so few cultural facilities, so it is essential that it approaches those schools specially the ones located in poor communities. This approach will enable students of these institutions to have greater contact with scientific knowledge. Moreover, it is essential that the Museum of Life diversify its forms of advertises so that it can reach a larger number of schools and seek other ways of approaching these.
Keywords: Science communication
Science museums
Schools
Non-formal education
keywords: Divulgação científica
Museus de ciência
Escolas
Educação não formal
DeCS: Exposições Científicas
Comunicação e Divulgação Científica
Museus
Instituições Acadêmicas
Issue Date: 2018
Citation: CABRAL, Eliza da Cunha. O público potencial escolar do Museu da Vida: um estudo exploratório em escolas da zona norte da cidade do Rio de Janeiro. 2018. 94f. Dissertação (Mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde) – Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018
Date of defense: 2018
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Casa de Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde
Copyright: open access
Appears in Collections:COC - PPGDC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_eliza_cunha.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.