Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31239
Title: Atenção ao pré-natal em uma Unidade Básica de Saúde Fluvial de Manaus
Advisor: Pereira, Maria Luiza Garnelo
Members of the board: Parente, Rosana Cristina Pereira
Leal, Maria do Carmo
Authors: Souza, Eidie do Vale
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Pesquisas Leônidas e Maria Deane. Manaus, AM, Brasil.
Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar a adequação do pré-natal realizado em Unidade Básica de Saúde Fluvial rural, no Amazonas. Estudo quali-quantitativo de avaliação de conformidade da estrutura da unidade, processo organizativo do cuidado e adequação do pré-natal ofertado às gestantes inscritas na UBSF entre 2015-2016. Quanto à estrutura, incluiu a avaliação da rede física, equipamentos e insumos para o cuidado ao pré-natal, a qual foi guiada por uma matriz avaliativa com seis dimensões. A organização do atendimento pré-natal na UBSF foi analisada através da caracterização de fluxo de atendimento da UBSF e principais ações desenvolvidas pela equipe multiprofissional. A avaliação de adequação foi empreendida por meio de de parâmetros clínico-operacionais do PHPN e indicadores de Kessner e Kotelchuck modificados. Para o eixo estrutura os dados demostraram que a adequação global alcançada foi parcialmente adequada. O fluxograma descritor da trajetória da gestante na unidade evidenciou singularidades como oferta mensal concomitantes das consultas médicas e de enfermagem, a realização e pronta entrega do teste rápido de gravidez e exames básicos preconizados, as consultas farmacêuticas, a consulta odontológica puerperal e o atendimento aos agravos. A adequação segundo os índices de Kessner e Kotelchuck modificados demonstrou que 62,4% gestantes tiveram pré-natal adequado. Na avaliação das atividades preconizadas pelo PHPN, predominaram os percentuais de inadequação 87,1% e adequação intermediária (12,9%), resultados próximos aos encontrados em outras regiões do país. Quando se avaliou os itens agrupados por níveis, observou-se que a baixa adequação em comparação a outros índices, pode estar relacionada à mensuração de um conjunto mais amplo de variáveis, tornando o processo avaliativo mais exigente. No nível 2 baixos percentuais no registro da ausculta do BCF e movimentos fetais (37,6%) e mensuração da altura uterina (6,5%) podem ter impactado negativamente a adequação global. De modo semelhante, no nível 3, a adequação global foi de 15,1%, devido ao baixo desempenho dos exames de repetição (34,4%), mesmo com elevada porcentagem dos exames básicos na primeira consulta (98,8%). No nível 5, destacou-se a prescrição de sulfato ferroso, item para o qual foram encontradas somente 11,8% das cadernetas com pelo menos uma prescrição a cada trimestre. Conclui-se que mesmo com o regime intermitente de atendimento, o cuidado pré-natal realizado na UBSF tem as condições necessárias para uma oferta plenamente adequada e em consonância as normas e atividades preconizadas pelas autoridades sanitárias. Recomendam-se melhorias para aprimorar o registro eficiente das ações desenvolvidas e estimular a realização regular de cuidados obstétricos.
Abstract: Evaluate the adaptation of prenatal accomplished in rural Fluvial Health Basic Unit in Amazon, was the objective this study. The quali-quantitative study of conformity evaluation of the unit structure, organizing process of the care and adaptation of the prenatal offered to the pregnant women enrolled in the UBSF between 2015-2016. Related to the structure it included the evaluation of the physical net, equipments and inputs to the care to the prenatal, which was guided by a evaluating matrix with six dimensions. The organization of the prenatal service in UBSF was analyzed through the characterization of the UBSF flow service and main actions developed by a multi-professional team. The adaptation evaluation was undertaken through clinical-operational parameters of PHPN and modified indicators of Kessner and Kotelchuck. For the axis of structure the data show that the reached global adaptation was partially appropriate. The flowchart descriptor of the path of pregnant woman in the unit evidenced singularities as the offer of monthly concomitant consultations of medical and of nursing, the accomplishment and ready delivery of the fast test of pregnancy and recommended basic exams, the pharmaceutical consultations, the puerperium dental consultation and the service to the injuries. The adaptation according to the modified indexes of Kessner and Kotelchuck demonstrated that 62,4% pregnant women had appropriate prenatal. In the evaluation of the activities extolled by the PHPN, the percentile of inadequacy 87,1% and intermediate adaptation prevailed (12,9%), close results to those found in another areas of the country. When the items contained by levels was evaluated, it was observed that the low adaptation in comparison with other indexes, can be related to a wider group of mesuring variables, turning the evaluation process more demanding. In the level 2 the low percentile in the registration of the auscultate of BCF and fetal movements (37,6%) and mensuring of the uterine height (6,5%) can have impacted negatively on the global adaptation. In a similar way, in the level 3 the global adaptation was 15,1%, due to the low performance of the repetition exams (34,4%), even with high percentage of the basic exams in the first consultation (98,8%). In the level 5 the prescription of ferrous sulfate stood out, item to which only 11,8% of the notebooks were found with at least a prescription to every quarter. It is ended that even with the intermittent regime of service, the prenatal care accomplished in UBSF has the necessary conditions to an offer fully appropriate and in consonance with the norms and activities recommended by the sanitary authorities. Improvements are recommended to improve the efficient registration of the developed actions and to stimulate the regular accomplishment of obstetric cares.
Keywords: Rural Health
Prenatal Care
keywords: Serviços de saúde rural
Cuidado pré-natal,
Issue Date: 2018
Citation: SOUZA, Eidie do Vale. Atenção ao pré-natal em uma Unidade Básica de Saúde Fluvial de Manaus. 2018. 103f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz, Manaus, 2018.
Date of defense: 2018-03-16
Place of defense: Manaus, AM
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Leônidas e Maria Deane
Program: Programa de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia
Copyright: open access
Appears in Collections:AM - ILMD - PPGVIDA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Eidie Souza.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.