Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31848
Title: Suicídio na área urbana de São Gabriel da Cachoeira: estudo com autópsias psicossociais
Advisor: Souza, Maximiliano Loiola Ponte de
Members of the board: Schweickardt, Júlio Cesar
Scopel, Raquel Dias
Authors: Sousa, Adriana Duarte de
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Leônidas e Maria Deane. Manaus, AM, Brasil / Universidade Federal do Amazonas. Manaus, AM.
Abstract: Objetivo: Analisar os significados atribuídos por indígenas, aos suicídios ocorridos na área urbana de São Gabriel da Cachoeira. Metodologia: Foram selecionados os casos de suicídio ocorridos na área urbana de São Gabriel da Cachoeira no período de 2001 a 2014. Agentes Comunitários de Saúde mediaram o contato com os familiares dos casos selecionados. Aos familiares foi aplicado um roteiro de entrevista semiestruturado chamado Autópsia Psicossocial, por meio do qual foram extraídas narrativas dos familiares sobre o suicídio dos casos selecionados. As entrevistas, realizadas após obtenção do termo de consentimento livre e esclarecido, foram gravadas e transcritas. Após a transcrição, foi realizada a leitura compreensiva das narrativas para a identificação das categorias empíricas, as narrativas foram então decompostas em recortes de trechos para que fossem identificadas tanto as ideias explícitas, quanto as implícitas presentes no texto. Para finalizar, foi realizada a síntese interpretativa das narrativas, privilegiando os sentidos mais amplos presentes em cada caso, através da articulação entre os objetivos propostos, o referencial teórico e os dados empíricos. A Autópsia Psicossocial foi utilizada de duas maneiras: com a finalidade de reconstruir os discursos proferidos durante as narrativas e como meio de elencar as categorias utilizadas na análise. Resultados: Os suicidas em sua maioria eram jovens do sexo masculino e que não costumavam apresentar comportamento violento. O método preferencial utilizado para cometer o suicídio foi o enforcamento. Identificou-se através das Autópsias Psicossociais que os parentes associaram os suicídios aos conflitos familiares existentes, ao consumo elevado de álcool e outras drogas ou, ainda devido a algum feitiço xamânico, como “sopro” ou “estrago”, motivado pela inveja de uma outra pessoa. Destaca-se ainda a preocupação dos parentes em saber o que ocorreu com o suicida após a sua morte. Conclusão: Os familiares por meio de suas narrativas buscam compreender o suicídio de seus parentes por meio de um complexo sistema de causalidade no qual se articulam conflitos familiares, uso de substancias e feitiços, que em última análise remetem a um contexto relacional. Tal modelo não se prende ao modelo biomédico clássico que tende a associar o suicídio a problemas psiquiátricos ou psicológicos individuais. Ademais a narrativa da morte não termina com a morte em si, preocupações com o post-mortem permeiam as aflições dos familiares. Tais aspectos deveriam ser considerados a se buscar estratégias tanto de prevenção, como de pósvenção ao suicídio.
Abstract: Objective: To analyze meanings attributed by indigenous to suicides occurred in the urban area of São Gabriel da Cachoeira city. Methodology: Cases of suicide were selected on the urban area of São Gabriel da Cachoeira city in period 2001 to 2014. Community Health Agents mediate contact with the families of the selected cases. To family members were applied a semi-structured interview guide called Psychosocial Autopsy, through which were drawn family narratives about the suicide of the selected cases. The interviews, conducted after obtaining the free and informed consent, were recorded and transcribed. After transcription, comprehensive analysis of the narratives was performed for the identification of empirical categories, the narratives were divided into sections so both were identified explicit ideas as implied in the text. The Psychosocial Autopsy was employed in two ways: in order to reconstruct the speeches made during the narratives and as a means of listing the categories used in the analysis. Results: Suicidal were mostly young males and used not to show violent behavior. The preferred method used to commit suicide was hanging. It was identified through the Psychosocial Autopsies that relatives associated suicides existing family conflicts, the high consumption of alcohol and other drugs, or even due to a shamanic witchery, as "blowing" or "damage" poisoning, motivated by envy of another person. It also highlights the concern of relatives to know what happened to the suicidal after his death. Conclusion: Family through their narratives seek to understand the suicide of their relatives through a complex system causality in which articulate family conflicts, use of substances and witchery, which ultimately leads to a relational context. This model does not relate to classic biomedical model that tends to associate suicide to individual psychiatric or psychological problems. In addition the narrative of death does not end with death itself, concerns the post-mortem permeate the afflictions of the family. These aspects should be considered when seeking strategies both prevention and post event to suicide.
Keywords: Suicide
Psychosocial autopsies
Indigenous peoples
keywords: Suicidio
Autópsias psicossociais
Povos indígenas
Issue Date: 2016
Citation: SOUSA, Adriana Duarte de. Suicídio na área urbana de São Gabriel da Cachoeira: estudo com autópsias psicossociais, Manaus, Amazonas. 2016. 122 f. Dissertação (Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias da Amazônia) - Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz; Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.
Date of defense: 2016-12-22
Place of defense: Manaus, AM
Defense institution: Universidade Federal do Amazonas
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Copyright: open access
Appears in Collections:AM - ILMD - PPGSSEA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Adriana Duarte Sousa.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.