Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/31931
Title: Análise do impacto das condições bucais autopercebidas na qualidade de vida dos servidores da região metropolitana do Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco
Other Titles: Analysis of the Impact of Oral Conditions Self Perceived in Quality of Life Servers in the Metropolitan Region of the Regional Labor Court of Pernambuco
Advisor: Moreira, Rafael da Silveira
Members of the board: Moreira, Rafael da Silveira
Medeiros, Kátia Rejane de
França Júnior, Arnaldo de Caldas
Authors: Melo, Ana Cláudia de Souza
Coadvisor: Gurgel, Idê Gomes Dantas
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: Tradicionalmente a odontologia utiliza recursos clínicos para diagnosticar as condições de saúde bucal, sendo estes limitados por não informarem o impacto que a condição bucal gera na qualidade de vida dos trabalhadores. A Odontologia do Trabalho, especialidade que tem como objetivo a busca permanente da compatibilidade laboral e a preservação da saúde bucal do trabalhador; entende que aquele que trabalha com satisfação, produz com maior desempenho e qualidade suas tarefas. Dessa forma, o objetivo do estudo foi analisar o impacto das condições bucais autopercebidas na qualidade de vida dos servidores da região metropolitana do TRT de Pernambuco. Trata-se de um Estudo quantitativo de corte transversal, utilizando uma amostra estratificada de 360 indivíduos. Dados foram coletados por meio de questionários autopreenchidos contendo os seguintes domínios: Questionário sobre o perfil sócio-demográfico e funcional da amostra, Códigos e critérios para a necessidade autoreferida de tratamento odontológico para cárie, prótese e doença periodontal e Oral Health Impact Profile (OHIP-14). Na análise dos dados foram utilizados testes estatísticos de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis com nível de significância de 5%. Os resultados mostraram média de idade de 43,9 anos, predominância do sexo feminino (57,5%), nível superior (88,9%), lotação na Área Judiciária (43,9%), tendo a maioria (67,2%) jornada maior ou igual a 40 horas semanais. Precisam de tratamento estético para algum dente (60,8%). Diferença significativa na avaliação para necessidade ou não de tratamento nas gengivas, mau hálito ou mobilidade dentária no OHIP-14 estando a “Limitação funcional” e o “Desconforto psicológico” presentes. A prevenção de doenças e a promoção de saúde bucal no ambiente de trabalho interferem no cotidiano dos servidores com reflexos sobre sua qualidade de vida.
Abstract: Dentistry uses traditionally clinical resources to diagnose oral health conditions, which do not describe the impact upon the workers' life quality generated by oral condition. Labour Dentistry, specialty which permanently searches for compatibility between employment and preservation of worker's oral health, advocates who works with satisfaction produces higher performance and quality on your tasks. Therefore, the Study aims to analyze the impact of self perceived oral conditions upon the workers' life quality in metropolitan area under Regional Labor Court of Pernambuco jurisdiction. It is a cross-sectional quantitative study using a stratified sample of 360 individuals. Collecting data used self filled questionnaires, including: Questionnaire on the social-demographic and functional sample, Codes and criteria for self reported need of dental treatment for caries, periodontal disease and prosthetic, and Oral Health Impact Profile (OHIP-14). Mann-Whitney and Kruskal-Wallis' statistical tests were used to analyze data with a significance level of five percent. The results presented average age of 43,9 years, female predominance (57.5%), higher education (88.9%), located in Judicial Area (43.9%), journey greater than or equal to 40 hours per week (67.2%). Need cosmetic treatment for any tooth (60.8%). Significant difference in the evaluation of necessity treating the gums, bad breath or tooth mobility in OHIP-14 considering presence of "functional limitation" and "psychological discomfort". Disease prevention and oral health promotion in the workplace affect the workers' everyday with effects on their life quality.
Keywords: Labour Dentistry
Quality of Life
Labour Environment
keywords: Odontologia do Trabalho
Qualidade de Vida
Ambiente de Trabalho
DeCS: Odontologia do Trabalho
Qualidade de Vida
Ambiente de Trabalho
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde
Saúde Bucal
Nível de saúde
Fatores Socioeconômicos
Cárie Dentária
Prótese dentária
Doenças Periodontais
Issue Date: 2013
Citation: MELO, Ana Cláudia de Souza. Análise do Impacto das Condições Bucais Autopercebidas na Qualidade de Vida dos Servidores da Região Metropolitana do Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco. 2013. 141f. Dissertação (Mestrado Profissional em Saúde Pública) - Departamento de Saúde Coletiva, Instituto Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2013.
Date of defense: 2013-05-22
Place of defense: Recife/PE
Department: Departamento de Saúde Coletiva
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães.
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013melo-acs.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.