Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/32061
Title: Análise dos atendimentos ambulatoriais por doenças respiratórias no Município de Alta Floresta Mato Grosso Amazônia brasileira
Other Titles: Analysis of Outpatient Visits for Respiratory Diseases in the Municipality of Alta Floresta, State of Mato Grosso – Brazilian Amazon
Authors: Pereira, Viviane Solange
Rosa, Antonia Maria
Hacon, Sandra de Souza
Castro, Hermano Albuquerque de
Ignotti, Eliane
Affilliation: Universidade do Estado de Mato Grosso. Alta Floresta, MT, Brasil.
Universidade do Estado de Mato Grosso. Cáceres, MT, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Programa de Mestrado e Doutorado em Saúde Ambiental. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Programa de Mestrado e Doutorado em Saúde Ambiental. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Universidade do Estado de Mato Grosso. Programa de Mestrado em Ciências Ambientais. Cáceres, MT, Brasil / Universidade Federal de Mato Grosso. Programa de Mestrado em Saúde Coletiva. Cuiabá, MT, Brasil.
Abstract: Analisar a sazonalidade climática dos atendimentos por doenças respiratórias (DR) nas unidades básicas de saúde de Alta Floresta-MT, Amazônia brasileira. Metodologia: estudo transversal dos atendimentos ambulatoriais por DR em residentes do Município de Alta Floresta no período de julho de 2006 a junho de 2007. Resultados: foram registrados 11.818 atendimentos por DR, dos quais 9.174 (77,6%) por doenças das vias aéreas superiores e 2.644 (22,4%) por doenças das vias aéreas inferiores; verificaram-se dois picos sazonais de atendimentos, em setembro (seca) e março (final das chuvas); os atendimentos por doenças das vias aéreas inferiores em crianças menores de cinco anos de idade foram 53,0% mais frequentes na seca (?2= 21,87; ?=0,000); em todos os grupos, as DR foram, em média, 36,0% mais frequentes na seca (?2=206,40; ?=0,000). Conclusão: os atendimentos por DR foram mais frequentes na seca, para todas as faixas etárias; crianças e idosos configuram-se como grupos mais vulneráveis à sazonalidade climática.
Abstract: OBJECTIVE: to analyze the seasonality of the ambulatory care due to respiratory disease (RD) in the Municipality of Alta Floresta, State of Mato Grosso, Brazilian Amazon. METHODOLOGY: cross-sectional study of the ambulatory care for RD records including inhabitants of Alta Floresta-MT from July 2006 to June 2007. RESULTS: the ambulatory care facilities registered 11,818 patients due to RD, 9,174 (77.6%) due to upper airways diseases, and 2,644 (22.4%) for lower airways diseases; two seasonal peaks in the number ofconsultations were verified, in September - dry season - and March - rainy season end -; the consultations related to lower airways diseases in children underfive years of age were 53% more frequent during the dry season (χ2=21.87; p=0.000); for all age groups, the RD was 36% more frequent during the dry season (χ2=206.40; p=0.000). CONCLUSION: the visitsfor RD were more frequent during the dry season, in all age groups; children and elderly were the most vulnerable age groups to seasonal climate..
Keywords: Respiratory Diseases
Seasonal Climate
Brazilian Amazon
Atmospheric Pollution
Ambulatory Assistance
keywords: Doenças Respiratórias
Sazonalidade Climática
Amazônia Brasileira
Poluição Atmosférica
Atendimento Ambulatorial
DeCS: Doenças Respiratórias
Poluição do Ar
Issue Date: 2011
Publisher: Ministério da Saúde
Citation: PEREIRA, Viviane Solange et al. Análise dos atendimentos ambulatoriais por doenças respiratórias no Município de Alta Floresta – Mato Grosso – Amazônia brasileira. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 20, n. 3, p. 1-8, 2011
DOI: http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742011000300014
ISSN: 1679-4974
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaliseAtendimentos.pdf830.99 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.