Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/32585
Title: Intensificação de processos e química verde: importância para as indústrias farmacêutica, cosméticos, alimentícia e biorrefinarias
Authors: Bastos, João Bruno Valentim
Goulart, Adriana Karla
Coutinho, Paulo Luiz de Andrade
Alijó, Pedro Henrique Rodrigues
Affilliation: Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos, SENAI CETIQT, Rua Magalhães Castro,174, Riachuelo, CEP: 20961-020, Rio de Janeiro/RJ, Brasil. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Química, Centro de Tecnologia, Av.Athos da Silveira Ramos, 149, Ilha do Fundão, CEP: 21941-909, Rio de Janeiro/RJ, Brasil.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Química, Centro de Tecnologia, Av. Athos da Silveira Ramos, 149, Ilha do Fundão, CEP: 21941-909, Rio de Janeiro/RJ, Brasil.
Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos, SENAI CETIQT, Rua Magalhães Castro,174, Riachuelo, CEP: 20961-020, Rio de Janeiro/RJ, Brasil.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Departamento de Físico-Química, Instituto de Química, Rua São Francisco Xavier 524, Maracanã, CEP: 20550-900, Rio de Janeiro/RJ, Brasil.
Abstract: O conceito de intensificação de processos (PI) foi inicialmente colocado visando minimizar os custos operacionais e de capital sem comprometer as metas de produção, através apenas da redução na escala. Os benefícios associados incluem alguns princípios da Química Verde, como a segurança intrínseca, baixo impacto ambiental e o menor consumo material, energético e hídrico. Entretanto, para alcançar drásticas reduções de tamanho são necessárias novas abordagens para o projeto dos equipamentos e processos. Os riscos associados à falta de regulamentação e de um histórico que comprove a eficácia e baixos índices de falhas têm comprometido a aceitação destas tecnologias pelo mercado. Ademais, muitas soluções em infraestrutura e no modelo conceitual dos processos intensivos ainda são necessárias para torná-los mais eficientes, flexíveis e verdes. A superação dessas barreiras permitirá que o Brasil estruture um modelo econômico altamente competitivo, baseado na comercialização de produtos de origem biológica. Dessa forma, o principal objetivo do artigo é descrever a importância da inclusão da PI na política de pesquisa, desenvolvimento e inovação nacional. Com isso, espera-se favorecer a diversificação da indústria farmacêutica, de química fina, de alimentos, e de outras indústrias de base biológica, bem como a estruturação das biorrefinarias a longo prazo.
Abstract: The concept of process intensification (PI) was initially aimed at minimizing operational and capital costs without compromising production targets by reducing the scale of processes. The associated benefits also include some principles of Green Chemistry, such as intrinsic safety, low environmental impact and lower material, energy and water consumption. However, in order to achieve drastic size reductions, new approaches to the design of equipment and processes are needed. The risks associated with a lack of regulation and a track record of efficiency and low failure rates have compromised the market's acceptance of these technologies. Moreover, many infrastructure solutions and the conceptual model of the intensive processes are still needed to make them more efficient, flexible and green. Overcoming these barriers will allow Brazil to structure a highly competitive economic model, based on the commercialization of biobased products. Thus, the main objective of this article is to describe the importance of the inclusion of IP in national research, development and innovation policy. Therefore, one expects to favor the diversification of the pharmaceutical industry, fine chemicals, food, and others biobased industries, as well as the structuring of biorefineries in the long term.
Keywords: Process Intensification
Green Chemistry
Biobased industry
Biorefinery
Sustainable Chemistry
keywords: Intensificação de Processos
Química Verde
Indústria de base Biológica
Biorrefinaria
Química Sustentável
Issue Date: 2019
Citation: BASTOS, João Bruno Valentim et al.Intensificação de processos e química verde: importância para as indústrias farmacêutica, cosméticos, alimentícia e biorrefinarias.Revista Fitos, [S.l.], v. 13, n. 1, p. 74-93, abr. 2019.
DOI: 10.17648/2446-4775.2019.704
Copyright: open access
Appears in Collections:Farmanguinhos - Revista Fitos - Volume 13 - Número 1

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
joao_bruno_valentim_et_all.pdf942.67 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.