Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/33320
Title: Trabalho e educação na estratégia de saúde da família de Pernambuco: análise a partir do segundo ciclo do PMAQ-AB
Other Titles: Work and education in the family health strategy of Pernambuco: analysis from the second cycle of PMAQ-AB
Advisor: Medeiros, Kátia Rejane de
Members of the board: Medeiros, Kátia Rejane de
Albuquerque, Paulette Cavalcanti de
Sousa, Fabiana de Oliveira Silva
Authors: Bezerra, Merielly Mariano
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil.
Abstract: A Estratégia Saúde da Família (ESF) é prioritária na organização da Atenção Primária à Saúde. Este estudo objetivou analisar as características do trabalho e da educação desenvolvidas na ESF dos municípios de Pernambuco a partir das subdimensões propostas para avaliação externa do PMAQ-AB. Realizou-se um estudo descritivo-exploratório, com recorte transversal e abordagem quantitativa em Pernambuco no ano de 2014. Os dados quantitativos foram coletados no banco de dados secundário do PMAQ-AB, referentes ao seu segundo ciclo, com uma amostra de 1.834 trabalhadores de nível superior das equipes de Saúde da Família e analisados através da estatística descritiva e inferencial. Constatou-se que o PMAQ-AB apresenta aproximação e coerência com aspectos da precarização do trabalho e valorização do trabalhador, uma concepção estreita de Educação Permanente em Saúde (EPS), mas com potencialidades de análise sobre estas ações contemplarem as demandas e necessidades das equipes e retratar a integração ensino-serviço como um padrão de qualidade. O perfil dos trabalhadores de nível superior da ESF aponta aspectos comuns aos de outros municípios brasileiros, porém com particularidades em relação aos estratos populacionais e categorias profissionais. Prevalece a inserção no trabalho através de contratos temporários (48,4%) e a indicação é a principal forma de ingresso dos trabalhadores na ESF (36,2%). Apesar de 89,4% dos entrevistados referirem participar das ações de EPS ofertadas pela gestão municipal, 36,7% responderam que estas ações “contemplam razoavelmente” ou “contemplam pouco”. O cenário de precarização do trabalho e de fragmentação da educação na ESF de Pernambuco apontam a necessidade de proposição de políticas públicas para a área, que precisam considerar as situações comuns apresentadas nos municípios, em particular nos de menor porte populacional.
Abstract: The Family Health Strategy (FHS) is a priority in the organization of Primary Health Care. This study aimed to analyze the characteristics of work and training developed at the FHS of the cities of Pernambuco from the subdimensions proposed for external evaluation of PMAQAB. A descriptive-exploratory study was performed, with a cross-sectional cut and a quantitative approach in Pernambuco in the year 2014. The quantitative data were collected through the secondary database of the PMAQ-AB, referring to its second cycle, with a sample from 1.834 graduate workers of the Family Health teams and analyzed through descriptive and inferential statistics. It was verified that the PMAQ-AB presents an approximation and coherence with aspects of the precariousness of work and valorization of the worker, a narrow idea of Health Permanent Education (HPE), but with potentialities of analysis about these actions to contemplate the demands and needs of the teams and portray the teaching-service integration as a quality standard. The profile of the graduate workers of the FHS points common aspects with another brazilian cities, yet particularities about the population strata and professional categories. Prevails the insertion in the work through temporary contracts (48,4%) and the appointment is the main way of entry of workers into the FHS (36,2%). Although 89,4% of interviewees reported participating in actions of HPE offered by city management, 36,7% answered that these actions “reasonably contemplate” or “contemplate a bit”. The scene of precariousness of work and the fragmentation of training in the FHS of Pernambuco point the need of proposition of public policies for the area, which need to consider the common situations presented in the cities, especially those of smaller population.
Keywords: Decentralization
Health Management
Health Manpower
Family Health Strategy
keywords: Descentralização
Gestão em saúde
Recursos humanos em saúde
Estratégia de Saúde da Família
DeCS: Estratégia Saúde da Família
Avaliação em Saúde
Educação em Saúde
Trabalho
Gestão em Saúde
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Brasil
Sistema Único de Saúde
Planos e Programas de Saúde
Programas Governamentais
Pessoal de Saúde
Estudos Transversais
Issue Date: 2017
Citation: BEZERRA, Merielly Mariano. Trabalho e educação na estratégia de saúde da família de Pernambuco: análise a partir do segundo ciclo do PMAQ-AB. 2017. 136f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Instituto Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2017.
Date of defense: 2017-12-18
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Aggeu Magalhães.
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: restricted access
Appears in Collections:PE - IAM - PPGSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017Bezerra-mm.pdf4.12 MBAdobe PDF    Request a copy



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.