Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/33498
Title: O território e as Redes Vivas de Saúde em uma comunidade flutuante no Amazonas
Advisor: Schweickardt, Júlio Cesar
Members of the board: Ferla, Alcindo Antônio
Lima, Rodrigo Tobias Souza de
Authors: Portela, Ana Paula de Carvalho
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Pesquisas Leônidas e Maria Deane. Manaus, AM, Brasil.
Abstract: Esta pesquisa teve como objetivo analisar a territorialidade e a produção de redes de saúde em uma comunidade flutuante denominada Catalão, localizada no município de Iranduba, Amazonas. Trata-se de um lugar composto por 111 casas flutuantes nas quais os moradores produzem redes vivas e existenciais neste território líquido, adaptando-se aos períodos de cheia e seca dos rios. Esta pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória, foi realizada em quatro etapas: mapeamento das casas-flutuante com o uso do GPS nos períodos de seca e cheia dos rios; identificação das famílias residentes na comunidade; entrevistas com moradores-chave; e entrevistas com profissionais de saúde que prestam assistência a esta população. Os moradores do Catalão vivenciam diariamente mudanças imposta pelo ciclo das águas, seguindo o fluxo dos rios e adaptando sua rotina aos movimentos constantes deste território líquido. Os períodos de seca afetam praticamente todos os aspectos da vida dos comunitários, sendo descrito como o que mais traz dificuldades, principalmente relacionadas à acomodação das casas-flutuante que precisam permanecer sobre as águas. O período de cheia permite que os moradores tenham facilidade quanto ao deslocamento dentro e fora da comunidade, uso da água e de atividades rotineiras. A comunidade é formada basicamente por pessoas com algum grau de parentesco que produzem redes de conexões que ultrapassam os laços consanguíneos, compondo vínculos que se estabelecem e se fortalecem nesta estreita malha de ligações que envolve trabalho, escola, religiosidade e lazer. Quanto à saúde, são atores que atuam na construção de suas próprias redes de cuidados, estabelecendo diferentes conexões que extrapolam os limites geográficos impostos. Embora estejam vinculados a uma equipe da Estratégia Saúde da Família pertencente a Iranduba, não têm recebido uma assistência contínua e resolutiva da equipe, por isso, recorrem à unidade de saúde mais próxima, em Manaus, buscando atender suas necessidades de saúde. A realidade vivenciada por esta comunidade é apenas uma pequena mostra da realidade do mundo ribeirinho e dos vários territórios líquidos que marcam a Amazônia. Nesse sentido, buscamos refletir como construir políticas públicas de saúde específicas para um território com as caraterísticas dessa comunidade flutuante. Estudos semelhantes a este podem ser ampliados e com proposição de estratégias de enfrentamento destes e outros desafios vivenciados por esta população.
Abstract: This research had as objective to analyze the territoriality and the production of health networks in a floating community denominated Catalão, located in the municipality of Iranduba, Amazonas. It is a place composed of 111 floating houses in which the inhabitants produce living and existential networks in this liquid territory, adapting to the flood and dry periods of the rivers. This qualitative, descriptive and exploratory research was carried out in four stages: mapping of floating houses with the use of GPS during periods of drought and flooding of rivers; identification of families living in the community; interviews with key residents; and interviews with health professionals who provide assistance to this population. The residents of the Catalan experience daily changes imposed by the cycle of waters, following the flow of rivers and adapting their routine to the constant movements of this liquid territory. Drought periods affect practically all aspects of community life, being described as having the most difficulties, mainly related to the accommodation of floating houses that need to remain on the water. The flooding period allows residents to have ease of movement within and outside the community, use of water and routine activities. The community is basically made up of people with some degree of kinship who produce networks of connections that transcend consanguineous bonds, forming bonds that are established and strengthened in this close network of connections that involves work, school, religiousness and leisure. As for health, they are actors who work in the construction of their own care networks, establishing different connections that go beyond the geographical limits imposed. Although they are linked to a Family Health Strategy team belonging to Iranduba, they have not received continuous and resolute assistance from the team, so they turn to the nearest health unit in Manaus, seeking to meet their health needs. The reality experienced by this community is only a small sample of the reality of the riverside world and the various liquid territories that mark the Amazon. In this sense, we seek to reflect how to build specific public health policies for a territory with the characteristics of this floating community. Studies similar to this one can be extended and with the proposition of coping strategies of these and other challenges experienced by this population.
Keywords: Health Networks
Riverside
keywords: Redes de Saúde
Ribeirinhos
Issue Date: 2017
Citation: PORTELA, Ana Paula de Carvalho. O território e as Redes Vivas de Saúde em uma comunidade flutuante no Amazonas. 2017. 79 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz, Manaus, 2017.
Date of defense: 2017-11-30
Place of defense: Manaus, AM
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Leônidas e Maria Deane
Program: Programa de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia
Copyright: open access
Appears in Collections:AM - ILMD - PPGVIDA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Ana Paula Portela.pdf3.37 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.