Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/33534
Title: Efeitos da Metformina na Disfunção Endotelial da Circulação Renal Induzida Pela Hiperglicemia em Coelhos Não Diabéticos
Other Titles: Effects of Metformin on Endothelial Dysfunction of the Renal Circulation Resulting from Acute Hyperglycemia in Non-Diabetic Rabbits
Authors: Gomes, Marília de Brito
Cailleaux, Solange
Tibiriçá, Eduardo
Affilliation: Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Departamento de Medicina. Disciplina de Diabetes. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Fisiologia e Farmacodinâmica. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Fisiologia e Farmacodinâmica. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.
Abstract: Objetivo: Avaliar o efeito da metformina (Met) na disfunção endotelial da circulação renal de coelhos não diabéticos induzida por concentrações de glicose usualmente observadas em pacientes com diabetes tipo 2 (DM2) em tratamento ambulatorial. Metodologia: Rins isolados de coelhos não diabéticos foram expostos por 3h a concentrações normais (100mg/dl) e elevadas (270mg/dl) de glicose na presença ou ausência de Met (100μM). Os níveis de glicose utilizados correspondem à mediana da glicemia pós-prandial (270mg/dl) obtida 2h após o café da manhã em 780 pacientes com DM2 atendidos em nosso serviço. A reatividade vascular (RV) dependente do endotélio (DE) foi avaliada com acetilcolina (ACh) e independente do endotélio (IE) com nitroprussiato de sódio (NPS). Resultado: Houve redução significativa na vasodilatação DE no grupo com infusão elevada de glicose em comparação ao controle (redução máxima na pressão de perfusão de respectivamente 25 ± 3 vs. 41 ± 3%; p< 0,01). No grupo de infusão com concentrações elevadas de glicose associada à infusão contínua de Met, a resposta vasodilatadora DE foi restaurada sem haver diferença significativa com o grupo controle (redução da pressão de perfusão respectivamente de 43 ± 1,5% e 41 ± 3%, p> 0,05). A Met não alterou a vasodilatação induzida pela ACh na presença de níveis normais de glicose. Finalmente, a vasodilatação renal induzida por NPS não foi modificada pela infusão conjunta de glicose e Met. Conclusão: Níveis de glicose observados em pacientes com DM2 em tratamento ambulatorial são capazes de provocar alterações agudas na RV no modelo experimental estudado, sendo estes efeitos totalmente abolidos pela Met. Os mecanismos envolvidos nesta ação protetora da Met merecem investigações específicas.
Abstract: Objective: To assess the effects of metformin (Met) on the endothelial dysfunction of the renal circulation of non-diabetic rabbits acutely induced by levels of glucose usually observed in diabetic patients in daily clinical practice. Methods: Isolated perfused kidneys from non-diabetic rabbits were exposed for 3h to normal (100mg/dl – control group) or high (270mg/dl) D-glucose with or without Met (100μM). The glucose levels used correspond to 2h post-breakfast median values (272mg/dl) obtained from a cohort of 780 type 2 diabetic (DM2) outpatients seen in our service. Vascular reactivity was evaluated with endothelium-dependent (ED) [acetylcholine - ACh] and independent (EI) [sodium nitroprusside - SNP] vasodilating agents. Results: Kidneys perfused with high glucose had ED maximal vasodilation blunted in comparison to controls (respectively 25 ± 3 and 41 ± 3%; p< 0.01). A 3h Met infusion restored the vasodilating effect of ACh in the renal circulation in the presence of high glucose, no different from controls (respectively 43 ± 1.5 vs. 41 ± 3% p> 0.05). Met did not affect maximum vasodilation induced by ACh in the presence of normal glucose levels. Finally, renal vasodilation induced by SNP was not modified by simultaneous infusion of glucose and Met. Conclusions: Acute hyperglycemia corresponding to the range observed in patients with DM2 induces endothelial dysfunction in the renal circulation of normal rabbits. Acute treatment with Met was able to protect the renal circulation against the effects of high glucose. The mechanisms involved in this protector effect deserve further investigation.
Keywords: Endothelium
Hyperglycemia
Circulation
Metformin
keywords: Endotélio
Hiperglicemia
Metformina
Circulação renal
Issue Date: 2005
Publisher: Sociedade Brasileira de Endocrinologia & Metabologia
Citation: GOMES, Marília de Brito; CAILLEAUX, Solange; TIBIRIÇÁ, Eduardo. Efeitos da Metformina na Disfunção Endotelial da Circulação Renal Induzida Pela Hiperglicemia em Coelhos Não Diabéticos. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabologia, v. 49, n. 6, p. 938-943, dez. 2005.
DOI: 10.1590/S0004-27302005000600013
ISSN: 1677-9487
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SolangeCaillaux_EduardoTibirca_etal_IOC_2005.pdf187.12 kBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.