Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/34216
Title: Dançar: uma experiência de cuidado e positivação do envelhecimento em um centro de convivência público para idosos no município do Rio de Janeiro
Other Titles: Dancing: a care experience and aging assertiveness in a public community center for seniors in the Rio de Janeiro city
Advisor: Azevedo, Creuza da Silva
Authors: Oliveira, Diana Junqueira Fonseca
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: O presente trabalho aborda a prática da dança como cuidado e promoção da saúde para idosos frequentadores de uma Casa de Convivência para idosos de administração municipal na cidade do Rio de Janeiro. Como marco teórico, adotamos autores que trazem as características predominantes da sociedade contemporânea que geram um contexto de exclusão e isolamento social ao idoso; situamos a discussão da promoção da saúde através de uma perspectiva ampliada e o conceito de cuidado. Para isso, nos apoiamos principalmente em Canguillem e Winnicott. Para a teoria da dança, buscou-se teóricos da dança, filosofia e psicanálise, como José Gil, Winnicott. O estudo tem como objetivos geral e específicos: investigar a inserção da dança na vida dos sujeitos praticantes dessa atividade; se promove uma facilitação de um despertar para um corpo brincante, sensível, criativo; também são analisadas a dimensão interativa e intersubjetiva e os possíveis efeitos psicossociais da experiência de dançar para o sujeito, como atividade grupal. Utiliza-se o método qualitativo da psicossociologia francesa, a análise clínica psicossociológica francesa procura, através da valorização do sujeito e do contexto, apoiar e examinar a produção de sentido que se realiza pelos sujeitos, nos grupos e organizações. Utilizou-se como instrumentos a observação participante e entrevista não estruturada (ou aberta). As atividades analisadas foram a dança de salão e dança cigana. Foram realizadas 10 entrevistas, sendo 7 com idosos, 2 com gestores e 1 com professor. O estudo aponta a heterogeneidade sócio-cultural dos frequentadores da casa e vulnerabilidade social de parte dos idosos. Mostra uma conjuntura institucional de fragilidade e risco de ruptura por possível descontinuidade de política pública. Conclui-se que a prática da dança apresenta potencial de resistência por produzir uma positivação do envelhecimento e promover a socialização do idoso em isolamento; facilita o despertar para um corpo vital e sensível; pode ser facilitadora de processos de autonomia e empowerment grupal, sendo diretamente influenciada pela liderança do facilitador; Apesar disso, ainda é predominante o olhar biomédico para a saúde no grupo analisado.
Abstract: This study considers the practice of dancing as healthcare and health promotion strategies for elderly who attend a local public day-care nursing home in the city of Rio de Janeiro. Our theoretical framework involves authors that discuss the main features of contemporary society that induces social exclusion and isolation on elderly people. We also located the health promotion debate using a broad perspective of healthcare concept. So, we based the study mainly on Canguillem and Winnicott. For the dance chapter, we articulate subjects from dance theory, philosophy and psychoanalysis, like José Gil and, again, Winnicott. In general, the study aims to investigate how dancing works in the daily life of dance students; if the activity promotes the awakening of a bragging, sensitive and creative body. We also analysed the interactive and intersubjective dimensions and the possible psycosocial effects of group dance classes on people. The study was designed with the qualitative method of french psycosociology, wich its clinical analysis intends to support and investigate the production of sense by individuals – in groups and organizations – focused on subject and context perspectives. Participant Observation and unstructured (or open) interviews was selected as research tools. The analysed activities were ballroom dance and gypsy dance. We performed 10 interviews: 7 with elderly students, 2 with public administration manager and 1 with a dance teacher. This study appoints the vulnerability of percentual elderly people and the institucional fragility because the risk of rupture in the publics politics. We concluded that dance shows a resistence potencial because it induces a positive aging and promotes socialization of isolated eldery people. Dancing also awakes the sensitive and vital aspects of the body and encourages personal autonomy and groupal empowerment. These effects are strongly influenced by teacher´s leadership. Nevertheless, the biomedical perspective of health remains prevailing for the analysed group.
Keywords: Dance
Healthcare
Health Promotion
Aging
Enderly
keywords: Dança
Promoção da Saúde
Assistência à saúde
Idoso
Envelhecimento
DeCS: Dança
Promoção da Saúde
Assistência à Saúde
Idoso
Envelhecimento
Terapia através da Dança
Qualidade de Vida
Issue Date: 2019
Citation: OLIVEIRA, Diana Junqueira Fonseca. Dançar: uma experiência de cuidado e positivação do envelhecimento em um centro de convivência público para idosos no município do Rio de Janeiro. 2019. 146 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2019.
Date of defense: 2019
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Fundação Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Diana_Junqueira_ENSP_20191.51 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.