Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/34442
Title: Avaliação da técnica de vitrificação de ovários de camundongos da linhagem B6D2F1 pertencente ao Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos – ICTB/Fiocruz-RJ
Advisor: Pires, Isabella de Moura Folhadella
Ferreira, Janaína Barcelos Porto
Members of the board: Dias, Luciene Pachoal Braga
Vasconcelos, Carlos Otávio de Paula
Jesus, Vera Lúcia Teixeira de
Ramos, Alessandra de Almeida
Authors: Ferreira Sobrinho, Cristiano Magalhães
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Esta dissertação teve como objetivo testar o protocolo de vitrificação de fragmentos ovarianos de camundongos de linhagem híbrida, pertencentes ao Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos (ICTB)/Fiocruz. Para tanto, se estabeleceu o protocolo de coleta e maturação in vitro dos oócitos provenientes de ovários a fresco e vitrificados e avaliaram-se as estruturas após fertilização in vitro, com 24, 48, 72 e 96 horas de cultivo embrionário. Fêmeas da linhagem B6D2F1 foram eutanasiadas para remoção dos ovários (n=60) e foram divididas em 3 grupos: Grupo 1- (n=30 animais) Oócito provenientes de ovários vitrificados, maturados e fertilizados in vitro de ovários fragmentados (metade) (n=120). Grupo 2 (n=15 animais) (controle 1)- Oócito provenientes de ovários coletados a fresco, maturados e fertilizados in vitro. Grupo 3 (n=15)(controle 2) \2013 Oócitos maturados in vivo coletados no oviduto pós\2013ovulação e fertilizados in vitro. A viabilidade da técnica foi verificada pela desvitrificação dos ovários, coleta e seleção dos oócitos, maturação in vitro oocitária e fecundação in vitro. O resultado do desenvolvimento embrionário in vitro de cada grupo foi avaliado pelo teste de Qui-quadrado (BioStat 5.0). Recuperou-se 123, 224 e 328 oócitos nos G1, G2 e G3, respectivamente. Foram observadas diferenças significativas nas taxas de clivagem às 24 horas (embriões com 2 células ou mais) entre G1 (8%) e G2 (32%) (p<0.1) e G1 e G3 (49%) (p<0.05), mas não entre G2 e G3 (p>0.05). Para as taxas de blastocistos, às 96 horas, os grupos G1, G2 e G3 apresentaram respectivamente 6%, 11% e 46%, diferindo significativamente entre eles (p<0.05). Concluiu-se que os protocolos de vitrificação e maturação oocitária in vitro, com posterior fertilização in vitro utilizados são alternativas para a produção de embriões de camundongos in vitro.
Abstract: This work aimed test a protocol for ovarian fragments vitrification of a hybrid strain mouse, provided from Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos (ICTB)/Fiocruz. For this goal, a protocol for the collection and in vitro maturation of oocytes from fresh and vitrified ovaries was established and embryonic structures were evaluated after fertilization, at 24, 48, 72 and 96 hours of culture. Females of B6D2F1 strain were euthanized for ovarian removal (n = 60) and divided into 3 groups: Group 1 (n = 30) – ovaries were fragmented (half) (n = 120), vitrified, matured and fertilized; Group 2 (control 1/n = 15) - in vitro fertilization of oocytes matured in vitro from fresh ovaries and Group 3 (control 2/n=15) - oocytes collected from the ampulla region and in vitro fertilization of oocytes matured in vivo. The viability of the technique was verified by ovarian thawing, oocyte collection and selection, oocyte in vitro maturation and in vitro fertilization. In vitro embryo development of each group was evaluated by the Chisquare test (BioStat 5.0). A hundred twenty three, 224 and 328 oocytes were recovered from G1, G2 and G3, respectively. Significantly differences were observed in the rates of cleavage at 24 hours (embryos with 2 cells or more) between G1 (8%) and G2 (32%) (p <0.1) and G1 and G3 (49%) (p <0.05) but not between G2 and G3 (p>0.05). Blastocysts were observed at 96 hours and presented 6%, 11% and 46%, respectively for G1, G2 and G3, differing significantly (p <0.05). It was concluded that the protocols of vitrification, in vitro maturation or oocyte maturation with subsequent in vitro fertilization used were available for the production of mouse in vitro embryos.
keywords: Camundongos
Ovário
Fertilização In Vitro
Embrião
DeCS: Vitrificação
Técnicas de Maturação in Vitro de Oócitos
Estruturas Embrionárias
Issue Date: 2018
Citation: FERREIRA SOBRINHO, Cristiano Magalhães. Avaliação da técnica de vitrificação de ovários de camundongos da linhagem B6D2F1 pertencente ao Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos – ICTB/Fiocruz-RJ. 2018. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ciência em Animais de Laboratório)-Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018.
Date of defense: 2018
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência em Animais de Laboratório
Copyright: open access
Appears in Collections:ICTB - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
cristiano_sobrinho_ictb_mest_2018.pdf2.65 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.