Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/3476
Title: Valores de prediçäo da avaliaçäo neurológica neonatal pelo método de Dubowitz e Dubowitz e da ultrasonografia cerebral, em relaçäo ao desenvolvimento de prematuros de muito baixo peso
Advisor: Lopes, José Maria de Andrade
Authors: Mello, Rosane Reis de
Coadvisor: Dutra, Maria Virgínia peixoto
Silva, Kátia Silveira da
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Departamento de Ensino. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Abstract: Nas últimas décadas, o aumento da sobrevida dos prematuros de muito baixo peso é uma evidência incontestável verificada em muitos países. Os cuidados dispensados nas unidade de tratamento intensivo neonatal säo um dos fatores responsáveis por esta tendência. A medida que estes bebês recebem alta do berçário, existe uma enorme preocupaçäo dos pais e da equipe que os acompanha, com relaçäo ao desenvolvimento e a qualidade de vida futura destas crianças. Embora grande parte tenha um prognóstico favorável, um número significativo apresenta sequelas, muitas vezes incapacitantes. E importante a identificaçäo das crianças de maior risco para as alteraçoes do desenvolvimento em fases bem precoces da vida, para que sejam planejadas, näo só a vigilância do desenvolvimento, como também, as medidas de intervençäo. Este trabalho teve por objetivo principal, verificar os valores de prediçäo de dois exames (isolados e associados) realizados no período neonatal, em relaçäo ao desenvolvimento neuromotor e cognitivo de prematuros. A populaçäo foi constituída de 70 prematuros de muito baixo peso, admitidos no Departamento de Neonatologia do Instituto Fernandes Figueira entre 1992 e 1994. A média de peso de nascimento e idade gestacional foram, respectivamente, 1185g (mais ou menos 180) e 32 semanas e 2 dias ( mais ou menos 1,4). Em idade correspondente ao termo foram realizadas: avaliaçäo neurológica pelo método de Dubowitz e Dubowitz e ultra-sonografia cerebral. Após a alta do berçário, estas crianças receberam acompanhamento do desenvolvimento no ambulatório de seguimento do Departamento de Neonatologia. Foram realizados: exame físico, exame neurológico, observaçäo da aquisiçäo dos marcos do desenvolvimento e aplicaçäo da Escala de Bayley de desenvolvimento infantil. Concluímos que, o exame neurológico neonatal realizado com 40 semanas de idade corrigida mostrou baixo valor de prediçäo para anormalidade neuromotora e cognitiva; o exame ultra-sonográfico mostrou razoável valor de prediçäo para anormalidade neuromotora e, a associaçäo dos dois testes (neurológico neonatal e ultra-sonografia cerebral) com resultados anormais, apresentou valores de prediçäo mais elevados, tanto para anormalidade neuromotora quanto cognitiva.
DeCS: Unidades de Terapia Intensiva Neonatal
Recém-Nascido de Baixo Peso
Ultrassonografia
Doenças do Prematuro
Manifestações Neurológicas
Issue Date: 1996
Publisher: Instituto Fernandes Figueira
Citation: MELLO, Rosane Reis de. Valores de prediçäo da avaliaçäo neurológica neonatal pelo método de Dubowitz e Dubowitz e da ultrasonografia cerebral, em relaçäo ao desenvolvimento de prematuros de muito baixo peso. 1996. 116 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Criança)-Instituto Fernandes Figueira, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 1996.
Date of defense: 1996-04
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Departamento de Ensino
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança
Copyright: open access
Appears in Collections:IFF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSANE REIS DE MELLO.pdf27.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.