Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/34937
Title: Fatores de risco para doenças cardiovasculares em trabalhadores de uma refinaria de petróleo e derivados
Other Titles: Risk factors for cardiovascular disease in oil refinery workers
Advisor: Ferreira, Aldo Pacheco
Godinho, Marluce Rodrigues
Authors: Carvalho, Flávia Cortines
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Ao considerar o trabalho como um condicionante para a Saúde Pública, e diante da necessidade de intervenção sobre os agravos advindos das condições do trabalho para a saúde do trabalhador, este estudo tem como objeto de investigação os fatores de risco para doenças cardiovasculares em trabalhadores de uma indústria de petróleo e derivados. Com efeito, há evidências epidemiológicas consideráveis de que o trabalho em turnos esteja associado ao aumento do risco de desenvolvimento de doenças crônicas não-transmissíveis, com destaque para as doenças cardiovasculares - principal causa de mortalidade nos países industrializados. A proposta de trabalho nesta refinaria, tem como objetivo geral identificar fatores de risco modificáveis e não modificáveis para doenças cardiovasculares em trabalhadores de turno e em escala fixa. A coleta de dados foi realizada por meio de uma busca no módulo de indicadores do sistema corporativo informatizado de gestão da saúde, utilizado pelo Serviço de Saúde da Refinaria, considerando o período de 2008 a 2017. Foi observada uma tendência linear nas prevalências dos fatores de risco para a saúde dos trabalhadores no período estudado. Observouse uma tendência crescente na hipertensão arterial (χ2 = 44,883; p<0,001) e da diabetes (χ2 = 9,138; p=0,003) nos trabalhadores ao longo do período analisado. Considerando todo o período analisado conjuntamente (n = 16.710), nos trabalhadores de turno, foi observada maior prevalência de hipertensão (37,5% vs. 31,9%; χ2 = 52,257, p<0,001) e maior LDL alto (37,8% vs. 34,6%; χ2 = 17,316, p<0,001) em comparação aos trabalhadores de trabalho fixo, respectivamente. A maior probabilidade de hipertensão e de LDL alto ocorre nos homens, maiores de 40 anos, nos maiores de 50 anos e nos trabalhadores de turno. Já a maior probabilidade de diabetes, ocorre principalmente naqueles maiores de 40 anos, nos maiores de 50 anos e nos trabalhadores que atuam sob escala fixa, independentemente do sexo. Os resultados obtidos desta dissertação serão objeto de contribuição à Refinaria, precavendo riscos por meio de programas de atenção à saúde dos trabalhadores da empresa, a fim de subsidiar o cuidado e a intervenção de adoecer dos trabalhadores.
Abstract: When considering work as a condition for Public Health, and in view of the need to intervene on the problems arising from working conditions for workers' health, this study has the objective of investigating the risk factors for cardiovascular diseases in workers of an oil industry and derivatives. Indeed, there is considerable epidemiological evidence that shift work is associated with increased risk of developing non-communicable chronic diseases, especially cardiovascular disease - the leading cause of death in industrialized countries. The purpose of this work is to identify modifiable and non-modifiable risk factors for cardiovascular diseases in shift and fixed-scale workers. The data collection was performed through a search in the indicators module of the computerized health management system used by the Health Service of the Refinery, considering the period from 2008 to 2017. A linear trend was observed in the prevalence of risk factors for workers' health in the period studied. There was an increasing trend in hypertension (χ2 = 44.883, p <0.001) and diabetes (χ2 = 9,138; p = 0.003) in the workers during the analyzed period. The highest prevalence of hypertension (37.5% vs. 31.9%, χ2 = 52.257, p <0.001) and higher high LDL (37, respectively) was observed in all shift workers (n = 16,710) 8% vs. 34.6%, χ2 = 17.316, p <0.001), respectively, compared to fixed-work workers. The highest probability of hypertension and high LDL occurs in men over the age of 40, in those over 50 and in shift workers. On the other hand, the greater probability of diabetes occurs mainly in those over 40 years of age, in those over 50 years of age and in workers who work on a fixed scale regardless of gender. The results obtained from this dissertation will be contributed to the Refinery, taking care of risks through health care programs of the company's workers, in order to subsidize the care and intervention of the workers' illness.
Keywords: Occupacional health
Cardiovascular diseases
Shift work schedule
Oil and gas industry
Risk factors
keywords: Saúde do trabalhador
Doenças cardiovasculares
Jornada de trabalho em turnos
Indústria de petróleo e gás
Fatores de risco
DeCS: Saúde do Trabalhador
Doenças Cardiovasculares
Jornada de Trabalho
Indústria de Petróleo e Gás
Fatores de Risco
Issue Date: 2019
Citation: CARVALHO, Flávia Cortines. Fatores de risco para doenças cardiovasculares em trabalhadores de uma refinaria de petróleo e derivados. 2019. 88 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2019.
Date of defense: 2019
Place of defense: Rio de Janeiro
Department: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Fundação Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:ENSP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Flavia_Cortines_ENSP_20192.51 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.