Please use this identifier to cite or link to this item: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/35467
Title: Participação dos polimorfismos em genes que codificam TLRs, citocinas e NOS2 com a susceptibilidade à toxoplasmose ocular
Advisor: Amendoeira, Maria Regina Reis
Almeida, Maria da Glória Bonecini
Authors: Magalhães, Maíra Cavalcanti de Albuquerque
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: A toxoplasmose é uma zoonose com distribuição mundial e prevalência que pode variar de 15 a 85%. Na maioria dos casos a infecção é assintomática. A toxoplasmose ocular pode ocasionar perdas visuais relacionadas à uveites. A resposta imune do hospedeiro tem um papel determinante no curso da infecção pelo Toxoplasma gondii e na evolução da doença onde, estão envolvidas citocinas como IL-12, IFN-, TNF-, TGF-, além da expressão de radicais de óxido nítrico (NO). Modificações no padrão destes fatores regulatórios da resposta imune podem acarretar no desequilíbrio da relação parasito-hospedeiro. Variações alélicas em regiões regulatórias de genes que codificam citocinas têm sido demonstradas afetando os níveis de expressão de algumas citocinas podendo assim influenciar no curso de infecções. Polimorfismos em genes que codificam citocinas têm sido associados com a susceptibilidade ou resistência a doenças infecciosas e parasitárias. O presente trabalho teve como objetivo analisar a ocorrência de polimorfismos nos genes que codificam IL-10 (–592C/A, –819C/T e –1082G/A), TNFA (–238G/A e –308G/A), NOS2A (–954G/C) e TLR4 (Asp299Gly e Thr399Ile) em indivíduos com toxoplasmose ocular e em indivíduos sororreagentes para a infecção por T. gondii sem lesão ocular com a finalidade de tentar correlaciona-los com o desenvolvimento da lesão ocular toxoplasmica. A casuística incluída nesta proposta foi oriunda de uma população rural do Estado do Rio de Janeiro. Foram incluídos no estudo 34 indivíduos com lesão ocular (grupo ocular) e 134 indivíduos no grupo controle. Não foi observada diferença estatística significativa na distribuição genotípica e na frequência alélica ou haplotípica nos polimorfismos estudados. A média dos níveis séricos de nitrito e óxido nítrico foi similar entre os grupos ocular e controle, bem como quando separados pelos genótipos de NOS2A –954G/C. Desta forma, não evidenciamos na população estudada associações entre estes polimorfismos e a suscetibilidade à toxoplasmose ocular.
Abstract: Toxoplasmosis is a worldwide zoonosis which prevalence ranges from 15 to 85%. In most cases the infection is asymptomatic. Ocular toxoplasmosis can cause vision loss associated to uveitis. Host immune response plays an important role in the course of Toxoplasma gondii infection and in disease evolutions are involved cytokines such as IL-12, IFN-, TNF-α, TGF-β, and nitric oxide (NO) radicals expression. Changes in the regulatory factors pattern of immune response can lead to a disequilibrium at host-parasite relationship. Allelic variations in regulatory regions of genes encoding cytokines have been shown to affect expression levels of some cytokines and may influence the course of infection. Polymorphisms in genes encoding cytokines have been associated with susceptibility or resistance to infectious and parasitic diseases. The aim of this study was to analyze the occurrence of polymorphisms in genes encoding IL-10 (-592C/A,-819C/T and1082G/A), TNFA (-238G/A and-308G/A), NOS2A (-954G/C) and TLR4 (Asp299Gly and Thr399Ile) in individuals with ocular toxoplasmosis and IgG serum positive individuals to T. gondii infection without ocular lesions in order to try to correlate them with the development of toxoplasmic ocular lesions. All the participants were from a rural population of Rio de Janeiro State. The study included 34 individuals with ocular toxoplasmosis (ocular group) and 134 individuals in the control group. There was no statistically significant difference in genotype distribution or allele and haplotypes frequencies from all the polymorphisms studied. Mean serum levels of nitrite and nitric oxide were similar between ocular and control groups, and when separated by NOS2-954G/C genotypes. Thus, we do not evidentiate in this studied population association between these polymorphisms and susceptibility to ocular toxoplasmosis.
keywords: Toxoplasmose Ocular
Citocinas
Óxido Nítrico
Toxoplasma
Parasitologia
DeCS: Polimorfismo de um Único Nucleotídeo
Citocinas
Issue Date: 2012
Citation: MAGALHÃES, Maíra Cavalcanti de Albuquerque. Participação dos polimorfismos em genes que codificam TLRs, citocinas e NOS2 com a susceptibilidade à toxoplasmose ocular. 2012. 127 f. Tese (Doutorado em Medicina Tropical)-Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2012.
Date of defense: 2012
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Department: Instituto Oswaldo Cruz
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical
Copyright: open access
Appears in Collections:IOC - PGMT - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
maira_magalhaes_ioc_dout_2012.pdf3.11 MBAdobe PDFView/Open



FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksBibTex Format mendeley Endnote DiggMySpace

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.